Abrir menu principal
Roberto Soares Pessoa
Vice-Prefeito de Flag of None.svg Maracanaú
Período 2017-2018 | Prefeito: Firmo Camurça
Prefeito de Flag of None.svg Maracanaú
Período 01 de janeiro de 2005
até 31 de dezembro de 2012
Vice-prefeito Firmo Camurça
Deputado Federal do  Ceará
Período 1º de fevereiro de 1995
até 31 de dezembro de 2004
(3 mandatos consecutivos)
Deputado Estadual do  Ceará
Período 1991 - 1995
Período 2019 a 2022
Dados pessoais
Nascimento 21 de abril de 1943 (76 anos)
Fortaleza-CE
Esposa Maria José "Mazé" Pessoa
Partido Partido da Social Democracia Brasileira
Profissão Empresário
linkWP:PPO#Brasil

Roberto Soares Pessoa (Fortaleza, 21 de abril de 1943) é um empresário e político brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

Economista formado pela Universidade Federal do Ceará (1964-1969) e técnico em contabilidade, tornou-se empresário do ramo agropecuário, chegando a ser Diretor da FIEC em 1986.

Carreira políticaEditar

Inicia sua carreira política em 1990 no PFL elegendo-se deputado estadual do Ceará. Em 1994 obtém a eleição para deputado federal, sendo reeleito em 1998 e 2002 sempre pelo PFL.[1] Filia-se ao PL em 2003 (que após fusão em 2006 tornou-se PR),filiou-se ao PSB em 2015, mas voltou ao PR alguns meses depois.

Em 2004, foi eleito prefeito de Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza.[2] Reelegeu-se prefeito em 2008 pelo Partido da República, tendo Firmo Camurça como vice, com mais de 87% (87.901 votos).[3] Em 2014, disputou a eleição para vice-governador na chapa que lançou Eunício Oliveira pra governador e Tasso Jereissati para o Senado, porém Eunício e Roberto Pessoa foram derrotados no segundo turno na disputa contra Camilo Santana para governador e Izolda Cela para vice.

Roberto Pessoa é conhecido por ser um dos principais políticos que fazem oposição ao grupo político da família Ferreira Gomes, tendo participado de discussões pessoais, inclusive com xingamentos, com Ciro Gomes.[4][5][6][7]

Em 2016 se torna vice-prefeito de Maracanaú, pela chapa que reelegeu Firmo Camurça com mais de 72% dos votos válidos. É pai da deputada estadual Fernanda Pessoa.[8]

Em 2018, após perder o comando do partido para a deputada federal Gorete Pereira,[9] Roberto se filiou ao PSDB para participar das eleições como candidato a deputado federal, com apoio dos ex-governadores Lúcio e Tasso.[10] Ao final da apuração, Roberto foi eleito com 102.470 votos (2,23% dos válidos) e é o único deputado federal de sua coligação (PSDB) no Ceará.[11]

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Conheça os Deputados». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 7 de abril de 2018 
  2. «Eleições Municipais 2004». apps.tre-ce.jus.br. Consultado em 7 de abril de 2018 
  3. «Eleições 2008 - Resultado - MARACANAU». apps.tre-ce.jus.br. Consultado em 7 de abril de 2018 
  4. «Bate-boca - Roberto Pessoa registra BO contra Ciro Gomes - Blog do Eliomar». Blog do Eliomar. 30 de setembro de 2010 
  5. meionorte.com, Portal. «Ciro troca insultos com Roberto Pessoa e debate quase termina em agressão no CE». Portal meionorte.com. Consultado em 7 de abril de 2018 
  6. «Roberto Pessoa reage a farpas de Ciro Gomes: "Não discuto com drogado!" - Blog do Eliomar». Blog do Eliomar. 1 de agosto de 2014 
  7. «Revista Época – Felipe Patury » Em carta, prefeito cearense chama Ciro Gomes de vagabundo e usuário de drogas » Arquivo». colunas.revistaepoca.globo.com (em inglês). Consultado em 7 de abril de 2018 
  8. Alcântara, Anísio. «Fernanda Pessoa». al.ce.gov.br. Consultado em 7 de abril de 2018 
  9. Online, O POVO. «PR é alvo de disputa interna a poucos meses da eleição». www.opovo.com.br. Consultado em 7 de abril de 2018 
  10. «Ex-filiados ao PR e ao DEM oficializam ingresso no PSDB - Política - Diário do Nordeste». Diário do Nordeste. Consultado em 7 de abril de 2018 
  11. «Senadores e deputados federais/estaduais eleitos: Apuração e resultado das Eleições 2018 CE - UOL Eleições 2018». UOL Eleições 2018. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
mandato 2019 a 2022
Precedido por
Julio Cesar Costa Lima
(1997 - 2004)
Prefeito de Maracanaú
(2005 - 2012)

Sucedido por
Firmo Camurça
(desde 2013)