Rockbitch

banda musical
Rockbitch
Rockbitch performing Breathe (video)
Informação geral
Origem Reino Unido
Período em atividade 1984 - 2002
Ex-integrantes
  • Julie Worland
  • Lisa Wills ("Babe")
  • Amanda Smith-Skinner
  • Nikki Fay
  • Joanne Heeley
  • Tony ("the Beast")
  • "Luci"
  • "Chloe"
  • Suna Dasi ("Kali")
  • "Erzulie"
Página oficial rockbitch.com

Rockbitch foi uma banda de metal industrial/gótico/alternativo britânica expatriada e formada principalmente por mulheres, bem conhecida por suas performances com nudez, atos sexuais e rituais pagãos.

HistóriaEditar

 
Nikki Fay

O Rockbitch foi formado em 1984 com o nome de Cat Genetica pela baixista Amanda Smith-Skinner[1], nome alterado posteriormente para Red Abyss. Em 1989 a banda atraiu outros membros da comunidade feminista matriarcal, poliamorosa, e pagã da qual ela foi a fundadora. A banda também ficou conhecida pelo fato de em todos os shows elas jogarem preservativos, e quem os pegasse, independentemente se fosse uma mulher ou um homem, poderiam ter relações sexuais com uma das integrantes.[2][3]

Entre 1998 e 2002 a banda excursionou por diversos países da Europa, sendo proibidas de se apresentar em alguns locais. A partir de 2000 passaram a se apresentar somente com mulheres em sua formação. Um segundo disco, Psychic Attack, foi gravado mas nunca lançado devido a dissolução do grupo. Em 2005 as integrantes retornaram a ativa com outra banda, chamada MT-TV, abandonando a nudez presente na época do Rockbitch. Em 2006 a baixista Amanda Smith-Skinner e a baterista Joanne Heeley formaram nos Estados Unidos a banda Syren, que permaneceu ativa até 2014.

O site AllMusic associa a sonoridade da banda ao som praticado pelo Faith no More[4], no entando, as influências vão do punk rock ao heavy metal, passando pelo funk e jazz. A vocalista Julie Worland recebeu influência de Janis Joplin.

FormaçãoEditar

  • Julie Worland (vocal)
  • "Luci": Guitarra (de 2000, anteriormente dançarina e cantora)
  • Amanda Smith-Skinner (baixo)
  • Nikki Fay (piano e flauta)
  • Joanne Heeley (bateria) Falecida em 2012
  • Lisa Wills (guitarra e backing vocal)
  • Tony Skinner (guitarra no disco Motor Driven Bimbo e produtor)
  • "Chloe", Suna Dasi e Martina (dançarinas)

DiscografiaEditar

  • Rockbitch Live in Amsterdam (1997)
  • Motor Driven Bimbo (1999)
  • Psychic Attack (Gravado em 2002 e não lançado)

Referências