Abrir menu principal

Roda Viva (programa de televisão)

programa de televisão
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o programa de televisão. Se procura por outros significados de Roda Viva, veja Roda Viva.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Roda Viva
Logotipo do Programa 2011
Informação geral
Formato Programa de variedades
Gênero talk show
jornalístico
Duração 90 minutos
Criador(es) Rodolpho Gamberini
Augusto Nunes
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Ricardo Taira
Apresentador(es) Daniela Lima
Tema de abertura instrumental Júlio Medaglia
Tema de encerramento instrumental Júlio Medaglia
Exibição
Emissora de televisão original TV Cultura
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 29 de setembro de 1986 — presente

Roda Viva é um programa de entrevistas e debates brasileiro produzido e transmitido pela TV Cultura e exibido pela emissora às segundas-feiras às 22h, com transmissão simultânea pela internet. É o mais antigo programa do gênero da televisão brasileira, no ar continuamente desde 29 de setembro de 1986. Ao longo de sua trajetória, foram entrevistados diversos líderes políticos, escritores, esportistas, filósofos, músicos e outras personalidades do Brasil e do exterior.

A cada edição, é convidada uma bancada de entrevistadores (debatedores, se o programa for sobre um tema específico), de acordo com suas áreas de atuação e conhecimento. O programa é mediado desde agosto de 2019 por Daniela Lima.[1]

Índice

FormatoEditar

Nas entrevistas, o cenário do programa, que é transmitido em rede nacional por emissoras de todos os estados brasileiros, é essencialmente diferente de outros programas do gênero: o entrevistado está sentado em uma cadeira giratória no centro de um círculo formado por seus entrevistadores, que ficam numa posição mais alta. A cada resposta, o entrevistado posiciona-se na direção de quem lhe dirigiu a pergunta. O estúdio é rodeado por câmeras, de forma que o entrevistado está sempre de frente para uma delas, não havendo preocupação com posicionamento no estúdio, reforçando a ideia de uma conversa informal. No caso de chefes de Estado, o formato é excepcional: a entrevista se realiza tradicionalmente na sede de seus respectivos governos, respeitado o protocolo de conduta.

Durante o programa, são realizadas várias caricaturas sobre o tema ou entrevistado, pelo caricaturista Paulo Caruso.[2]

HistóricoEditar

 
Jimmy Wales, fundador da Wikipedia, em entrevista ao programa em 2008

Transmitido ininterruptamente desde 1986, o Roda Viva é o mais antigo programa de entrevistas e debates da televisão brasileira.[3] Passaram pelo programa as mais relevantes personalidades brasileiras e internacionais da política, economia, cultura e esportes, como Luís Carlos Prestes, Itamar Franco, Fidel Castro, Roberto Campos, Darcy Ribeiro, José Saramago, Tom Jobim, Jimmy Wales, Mario Vargas Llosa e Ayrton Senna.

Em 2008, a TV Cultura, em parceria com a FAPESP e a Unicamp, publicou na internet, para acesso público, diversas entrevistas que ocorreram no programa ao longo de mais de vinte anos.[4]

Os mediadores que passaram pelo programa foram Rodolpho Gamberini (1986–1987),[5] Augusto Nunes (1986–1989; 2013–2018),[6] Jorge Escosteguy (1989–1994),[5] Rodolfo Konder (1990),[5] Roseli Tardelli (1994),[5] Heródoto Barbeiro (1994–1995; 2009),[5] Matinas Suzuki Jr. (1995–1998), Paulo Markun (1998–2007),[5] Lillian Witte Fibe (2008),[5] Carlos Eduardo Lins da Silva (2008),[5] Marília Gabriela (2010–2011),[7] Mario Sergio Conti (2011–2013),[8], Ricardo Lessa (2018–2019)[9] e Daniela Lima, desde agosto de 2019.[1]

Edições regionaisEditar

O Roda Viva possui uma versão regional, exibida no estado de Pernambuco pela TV Nova, emissora afiliada da Rede Cultura.[10]

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Cerimônia Categoria Resultado
1987 Troféu Imprensa Melhor programa de entrevistas Indicado
1988 Troféu Imprensa Melhor programa de entrevistas Venceu
1989 Troféu Imprensa Melhor programa de entrevistas Indicado
2001 Troféu Imprensa Melhor programa de entrevistas Venceu
2007 Troféu Imprensa Melhor programa de entrevistas Venceu

Referências

  1. a b Cristina Padiglione (4 de julho de 2019). «Nova gestão da TV Cultura mexe no comando do Roda Viva e do Jornal da Cultura». F5. Consultado em 11 de julho de 2019 
  2. «Entrevista com Caruso, Chargista do Roda Viva». TV Cultura. Consultado em 1 de agosto de 2018 
  3. Cristina Padiglione (16 de fevereiro de 2018). «Willian Waack é o nome cotado para o comando do 'Roda Viva'». Folha UOL. Consultado em 16 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2018 
  4. AGÊNCIA ESTADO (17 de junho de 2008). «Cultura coloca entrevistas do Roda Viva na internet». A Tarde. Consultado em 18 de junho de 2008. Cópia arquivada em 15 de abril de 2019 
  5. a b c d e f g h Âncoras do Roda Viva
  6. Juliotti, Camila (12 de março de 2018). «Augusto Nunes deixa Roda Viva e entrevista juiz Sérgio Moro». Portal R7. Consultado em 30 de julho de 2019 
  7. Marília Gabriela deixa o programa Roda Viva
  8. Augusto Nunes volta ao comando do ‘Roda viva’ no lugar de Mario Sergio Conti
  9. Ricardo Lessa é o novo apresentador do Roda Viva
  10. «Roda Viva Pernambuco» 

Ligações externasEditar