Rodney Gomes

ator brasileiro
Rodney Gomes
Nascimento 3 de agosto de 1936
Sorocaba, SP
Nacionalidade brasileiro
Morte 15 de setembro de 2006 (70 anos)
Niterói, RJ
Ocupação Ator, dublador e diretor de dublagem
Atividade (1959-2006; dublador)

Rodney Gomes (Sorocaba, 3 de agosto de 1936Niterói, 15 de setembro de 2006) foi um ator, dublador e diretor de dublagem brasileiro. Ele é mais conhecido por dublar Robin (interpretado por Burt Ward na série da década de 60, Batman), a Formiga Atômica, o papagaio Iago da franquia Aladdin e o Cameron de Curtindo a Vida Adoidado.[1]

BiografiaEditar

Rodney Gomes nasceu no dia 3 de agosto de 1936 em Sorocaba, São Paulo. Se mudou com os pais para o Rio de Janeiro, ainda criança.

Rodney começou sua carreira como ator aos 10 anos no Rio, atuando nos filmes Pinguinho de Gente e Obrigado Doutor, entre 1947 e 1948. Pouco depois, trabalhou na Rádio Mauá e no Teatro do Sesi. Em 1949, ingressou na Rádio Nacional e em 1957, na televisão. Em 1959, começou a dublar.[2]

Seu primeiro papel de notoriedade foi Little Joe de Bonanza, em 1961; logo após dublou o personagem que lhe consagraria, Robin no seriado Batman. Foi também o dublador oficial dos atores Roddy McDowall, Jack Lemmon e Mickey Rooney. Dublou ainda, John de Seres do Amanhã, Walter de Automan, Louis Gossett Jr. em Inimigo Meu, Iago de Aladdin e Yoda de Star Wars - Guerras Clônicas.[1] Como diretor, ficou a cargo de trabalhos como CatDog, a redublagem de Speed Racer e o filme A Máquina do Tempo.[2]

Atuando, participou de filmes, como O Escorpião Escarlate, dirigido por Ivan Cardoso, e da série A Pequena Órfã, de Dionísio Azevedo.[3]

Por volta de 1948, foi para a Rádio Mauá, aonde seguiu como radioator. Começou no programa Boca de Forno (1948).

Em 1949, vai para a Rádio Tupi, levado por Silveira Lima, aonde atua no Programa do Guri (1949).

Em julho de 1949, faz teste para radioator na Rádio Nacional com Isis de Oliveira, e entra para o cast da emissora. Atuou em muitas novelas e séries na emissora, além dos programas infantis, Clube Juvenil Toddy (1954), e Tapete Mágico (1954). Em 1964, é demitido da Rádio Nacional junto a outros 35 artistas, por conta de um decreto assinado pelo presidente Castelo Branco do Governo Militar, referente a uma investigação. Retorna a Rádio Nacional em 1980, após a anistia feita pelo governo.

Em 1965, vira diretor artístico da Rádio Guanabara, no lugar de Teixeira Filho.

Em 1949, fez parte da inauguração do Teatro Infantil do Sesi, aonde participava de peças com fantoches e marionetes. Na estreia do teatro estava presente o presidente da república, Eurico Gaspar Dutra.

Na TV, estreou em 1957 na TV Rio, participando, entre outros do programa da Rádio Nacional, Novo Show (1957), ao lado de Zezé Macedo, Bruno Netto, e grande elenco.

Em 1957, também atuou na TV Tupi do Rio, no programa Câmara Um. Posteriormente vai para São Paulo trabalhar na TV Tupi, aonde adapta a novela A Pequena Órfã (1968), na qual também atua.

Nos anos de 1980, participa de episódios das séries Carga Pesada e Caso Verdade na Rede Globo.

Na dublagem, iniciou em 1959, na na Herbert Richers. Posteriormente, passou por empresas como, CineCastro, Peri Filmes, entre outras.

Por volta de 1968, transfere-se para São Paulo para atuar na TV Tupi, e começa a trabalhar na AIC. Fica poucos anos, e retorna para o Rio. Poucos anos depois, no início da década de 1970, retorna para a AIC, ficando novamente poucos anos, quando transfere-se em definitivo para o Rio.

No Rio de Janeiro, retorna a Peri Filmes, e começa também a trabalhar na Telecine, VTI, e Herbert Richers. Atua como diretor de dublagem em todas essas empresas. Nos anos de 1980, dirige principalmente na Herbert Richers. Nos anos de 1990, entra para a Sincrovídeo, aonde começa também a dirigir dublagem. Nessa ocasião, também atua em outros estúdios, como na Delart, aonde também dirige dublagem.

Como diretor de dublagem, dirigiu na Peri Filmes, AIC, Telecine, VTI, Herbert Richers, Sincrovídeo, e Delart.

MorteEditar

Nos últimos anos de vida, Rodney ficou cego de uma vista, por conta do glaucoma, além de sofrer dos rins, e fazer hemodiálises, e ter diabetes.

Morreu, em 15 de setembro de 2006, em decorrência de problemas causados por diabetes,[1] sendo cremado três dias depois.[3] Foi homenageado no chamado Oscar da Dublagem, de 2007.[4]

TrabalhosEditar

  • Formiga Atômica em Formiga Atômica
  • Tor (segunda voz) em O Poderoso Mightor
  • Chuck (1ª voz) em Shazzan
  • Robin (1ª voz) em Super-Amigos
  • Robin em As Aventuras de Batman e Robin O Garoto Prodígio (1ª dublagem)
  • Greg em O Vale dos Dinossauros
  • Iago em Aladdin (Longa-Metragem), O Retorno de Jafar (Longa-Metragem), Aladdin e os 40 Ladrões (Longa-Metragem), Os Vilões da Disney (Longa-Metragem), Aladdin (Série Animada) e O Point do Mickey
  • Rocky Brita e Pedregulho em Os Flintstones Nos Anos Dourados
  • Dog em CatDog
  • Fagin em Oliver e sua Turma (Longa-Metragem)
  • Grifo em Hércules (Série Animada)
  • Tigre em Um Conto Americano: Fievel Vai Para o Oeste (Longa-Metragem)
  • Mestre Yoda em Star Wars: Guerras Clônicas (Desenho - 2003)
  • Abílio em Bernardo e Bianca na Terra dos Cangurus (Longa-Metragem)
  • Bartolomeo em As Peripécias do Ratinho Detetive (Longa-Metragem)
  • Pedro e Juca em A Pequena Sereia (Longa-Metragem)
  • Jace em Space Ghost (2ª Dublagem)
  • Lord Sampson em Cavalo de Fogo
  • Joseph Cartwright ''Little Joe'' (Michael Landon) em Bonanza
  • Cameron Frye (Alan Ruck) em Curtindo a Vida Adoidado
  • Emil Antonowsky (Paul McCrane) em Robocop - O Policial do Futuro
  • Robin (Burt Ward) (1ª voz) em Batman (Série - 1966)
  • Mestre Yoda (Frank Oz) em Star Wars Episodio I: A Ameaça Fantasma (1ª dublagem), Star Wars Episodio II: Ataque dos Clones, (1ª dublagem) Star Wars Episodio III: A Vingança dos Sith (1ª dublagem)
  • Jack Tripper (2ª voz) em Um é Pouco - Dois é Bom - Três é Demais
  • Romeu (Leonard Whiting) em Romeu & Julieta (1968)
  • Bud Elder (Michael Anderson Jr.) em Os Filhos de Katie Elder
  • Emil Antonowsky (Paul McCrane) em Robocop - O Policial do Futuro
  • Jonathan (Doug McKeon) em A Primeira Transa de Jonathan
  • Piloto (Carl Reindel) em Os Pára-Quedistas Estão Chegando
  • Peter Lorre em Casablanca e O Falcão Maltês
  • Freddie (Denis Green) em O Médico e o Monstro
  • Franck Eggelhoffer (Martin Short) - O Pai da Noiva
  • Cornelius (Roddy McDowall) em A Fuga do Planeta dos Macacos, A Conquista do Planeta dos Macacos, A Batalha do Planeta dos Macacos e O Planeta do Macacos (Série)
  • Lucius (Lou Wagner) em O Planeta dos Macacos e em De Volta Ao Planeta dos Macacos
  • Edward Simmons "Eddie" (Steve Guttenberg) em Quando os Jovens Se Tornam Adultos
  • Rodney (Chris Rock) em Doutor Dolittle
  • Brad Jr. (Sean Penn) em Caminhos Violentos (At Close Range, 1986)

Direção de DublagemEditar

  • Nós Somos Campeões 2
  • Vida de Artista
  • A Ultima Chance
  • Blossom (Delart)
  • M.A.S.H.
  • Dr. Kildare (Peri Filmes e AIC)
  • Bonanza (AIC, Rio Som e Peri Filmes)
  • Batman (AIC)
  • A Maquina do Tempo
  • CatDog (2ª Direção)
  • Speed Racer (2ª Dublagem)
  • Carangos e Motocas (2ª Dublagem)
  • Império de Cristal
  • A Força de Uma Mulher
  • Canavial de Paixões

Referências

  1. a b c Rossi, Jones (19 de setembro de 2006). «Morre Rodney Gomes, dublador brasileiro de Robin». G1. Consultado em 23 de janeiro de 2013 
  2. a b Furquim, Fernanda (18 de setembro de 2006). «Morre Rodney Gomes». Veja. Consultado em 23 de janeiro de 2013 
  3. a b Gusman, Sidney (19 de setembro de 2006). «Faleceu o ator e dublador Rodney Gomes». Universo HQ. Consultado em 23 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 23 de dezembro de 2010 
  4. «Morre o dublador do Mestre Yoda». ohaYO!. 15 de setembro de 2006. Consultado em 23 de janeiro de 2013 
  Este artigo sobre um(a) dublador(a), integrado ao projeto sobre dublagem é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.