Romelu Lukaku

futebolista belga

Romelu Menama Lukaku Bolingoli mais conhecido como Romelu Lukaku ou somente Lukaku (Antuérpia, 13 de maio de 1993), é um futebolista belga que atua como centroavante. Atualmente joga na Internazionale.

Romelu Lukaku
Romelu Lukaku
Lukaku em uma partida pela Copa do Mundo de 2018.
Informações pessoais
Nome completo Romelu Menama Lukaku Bolingoli
Data de nasc. 13 de maio de 1993 (26 anos)
Local de nasc. Antuérpia, Bélgica
Nacionalidade belga
congolês[1]
Altura 1,91 m[2]
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Internazionale
Número 9
Posição centroavante
Clubes de juventude
1999–2003
2003–2004
2004–2006
2006–2009
Rupel Boom
KFC Wintam
Lierse
Anderlecht
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2011
2011–2014
2012–2013
2013–2014
2014–2017
2017–2019
2019–
Anderlecht
Chelsea
West Bromwich (emp.)
Everton (emp.)
Everton
Manchester United
Internazionale
0098 000(41)
0015 0000(0)
0038 000(17)
0033 000(16)
0133 000(71)
0096 000(42)
0032 000(21)
Seleção nacional3
2008
2011
2009
2010–
Bélgica Sub-15
Bélgica Sub-18
Bélgica Sub-21
Bélgica
0004 0000(1)
0001 0000(0)
0005 0000(1)
0084 000(52)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 16 de fevereiro de 2020.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 16 de novembro de 2019.

Apontado como uma das maiores revelações do futebol belga nos últimos tempos, Lukaku era disputado por grandes clubes europeus desde as categorias de base. Antes de se tornar profissional, ele cravou a incrível marca de mais gols marcados do que jogos disputados. No Anderlecht foram 131 gols em 93 partidas entre 2006 e 2009, com um total de mais de 180 gols contando jogos não oficiais.

Tornou-se profissional aos 16 anos, quando foi promovido ao time principal do Anderlecht, o maior clube da Bélgica. Logo em sua primeira temporada, foi o artilheiro da Jupiler Pro League com 15 gols em 33 jogos, fato que ajudou o Anderlecht na conquista do Campeonato Belga.

É um centroavante reconhecido pelo seu porte físico, tendo como principais características o cabeceio e o chute potente de perna esquerda. Já chegou a ser comparado com o brasileiro Adriano, da qual é assumidamente fã.[3]

Atualmente, Lukaku é o maior artilheiro da Seleção Belga, com 52 gols.

CarreiraEditar

ArdelechtEditar

Quando Lukaku completou 16 anos, em 13 de maio de 2009, ele assinou um contrato profissional com o Anderlecht, que durou até 2012. Onze dias depois, ele estreou na Primeira Divisão da Bélgica em 24 de maio de 2009 no play-off do campeonato contra o Standard Liège aos 69 minutos, substituindo o zagueiro Víctor Bernárdez. O Anderlecht perdeu a partida por 1-0. Lukaku tornou-se membro regular do primeiro time do Anderlecht durante a temporada 2009–10, marcando seu primeiro gol em nível sênior contra Zulte Waregem aos 89 minutos, depois de substituir Kanuem 28 de agosto de 2009. "Depois de marcar, mergulhei em um mar de felicidade", disse ele a Berend Scholten, do UEFA.com. "Você pensa que está voando e pode enfrentar o mundo inteiro".

Ele terminou a temporada como o melhor marcador da Pro League com 15 gols, enquanto o Anderlecht conquistou seu 30º título belga. Ele também marcou quatro gols durante a corrida do clube aos últimos 16 da UEFA Europa League 2009–10. Durante a temporada 2010–11, Lukaku marcou 20 gols em todas as competições, mas o Anderlecht não conseguiu manter o título da liga apesar de terminar no topo da tabela durante a temporada regular.

ChelseaEditar

 
Lukaku pelo Chelsea.

Em 6 agosto de 2011, Lukaku ingressou no Chelsea, clube da Premier League, por uma taxa estimada em cerca de € 12 milhões (£ 10 milhões), subindo para € 20 milhões (£ 17 milhões) em complementos. Lukaku recebeu a camisa número 18 e assinou um contrato de cinco anos.

Romelu Lukaku estreou em Stamford Bridge na vitória por 3 a 1 sobre o Norwich City aos 83 minutos, substituindo Fernando Torres. Ele passou a maior parte da temporada jogando pelas reservas de Fernando Torres e Didier Drogba, e começou sua primeira partida na Premier League em 13 de maio de 2012, contra o Blackburn Rovers, e se apresentou como um dos melhores jogadores, ajudando na abertura de John Terry. No entanto, Lukaku salientou que estava decepcionado com o seu envolvimento no final da sua temporada de estreia, revelando que, após a vitória da UEFA Champions League, na final de 19 de maio, recusou-se a segurar o troféu, explicando "não fui eu, mas minha equipe que venceu".

West BromwichEditar

No dia 10 de agosto de 2012, o Chelsea anunciou em seu site que o jovem atacante belga seria emprestado ao West Bromwich para ganhar mais experiência.[4][5] Mesmo sendo reserva em alguns jogos, foi o artilheiro do time na Premier League de 2012–13 com 17 gols. Foi eleito o jogador do ano do West Brom na temporada 2012–13.

Retorno ao ChelseaEditar

Ao retornar de empréstimo do West Bromwich, Lukaku jogou duas partidas da Premier League pelo Chelsea no início da temporada 2013–14. Ele também foi suplente na Supercopa da UEFA de 2013, perdendo o pênalti decisivo nos pênaltis, quando Manuel Neuer salvou seu chute e Chelsea perdeu para o Bayern de Munique.

EvertonEditar

No último dia da janela, em 03 de setembro na temporada 2013–14, Lukaku foi emprestado pelo Chelsea por uma temporada ao Everton. Pelo clube de Liverpool teve um bom inicio na Premier League, marcando 7 gols em seus 8 primeiros jogos, sendo dois deles marcados contra o Liverpool, no empate de 3 a 3 na 12ª rodada.[6] Lukaku encontrou a rede 15 vezes em 31 jogos da Premier League para ajudar o Everton ao quinto lugar, com um recorde de 72 pontos na Premier League.

Em 30 de julho de 2014, Lukaku assinou um contrato de cinco anos com o Everton por uma taxa recorde de 28 milhões de libras e recebeu a camisa número 10.

Manchester UnitedEditar

 
Lukaku pelo Manchester United.

No dia 10 de julho de 2017, assinou por cinco temporadas com o Manchester United.[7] Em sua estreia oficial, marcou o único gol do United na derrota por 2 a 1 para o Real Madrid, pela Supercopa da UEFA.[8] Em sua estreia na Premier League de 2017–18, marcou dois gols na goleada por 4 a 0 sobre o West Ham.[9]

2018–19Editar

Estreou na temporada em duelo contra o Leicester, válido pela primeira rodada da Premier League. Marcou seu primeiro gol na rodada seguinte em derrota por 3 a 2 frente ao Brighton & Hove.[10] Em 2 de setembro, Lukaku marcou dois gols na vitória por 2 a 0 contra o Burnley.[11]

Em agosto de 2019, a venda de Lukaku foi apoiada pela imprensa inglesa. Andy Mitten, da revista FourFourTwo, alegou que Lukaku começou bem no United, mas depois caiu de rendimento e não conseguiu mais se recuperar. Para Gary Neville, Lukaku estava acima do peso e a falta de profissionalismo é contagiosa.[12]

InternazionaleEditar

No dia 8 de agosto de 2019, foi anunciado como novo jogador da Internazionale.[13][14] Marcou seu primeiro gol pelos Nerazzurri no dia 26 de agosto, em goleada de 4 a contra o Lecce, na estreia da Serie A de 2019–20.[15]

Seleção BelgaEditar

 
Lukaku pela Bélgica em 2018, durante a Copa do Mundo.

Integra a Seleção Belga desde a equipe Sub-15 em 2008. Estreou pela seleção principal em 3 de março de 2010 em partida amistosa contra a Croácia aos 17 anos de idade. No mesmo ano, em 17 de novembro, anotou os dois gols da vitória por 2 a 0 também em amistoso contra a Rússia, os seus primeiros pela seleção.[16]

Na Copa do Mundo FIFA de 2014 foi decisivo nas oitavas de final contra a Estados Unidos. Substituiu Divock Origi no início da prorrogação, fez a assistência para Kevin De Bruyne abrir o placar, e ele próprio marcar o segundo e garantir a classificação belga para as quartas de final.[17]

Numa partida amistosa contra o México, no dia 10 de novembro de 2017, Lukaku igualou-se no topo da artilharia com 30 gols ao lado dos compatriotas Bernard Voorhoof e Paul Van Himst, com dois gols no empate de 3 a 3. Lukaku chegou a marca atuando durante sete anos e num total de 64 jogos.[18]

No dia 14 de novembro de 2017, em uma partida amistosa contra o Japão, Lukaku marca o gol na vitória de 1 a 0, alcançando a artilharia isolada dos Diabos Vermelhos com 31 gols em 65 jogos.[19]

No dia 18 de junho de 2018, na estreia da seleção belga na Copa do Mundo, Lukaku marcou dois gols na vitória sobre o Panamá, o primeiro ao receber assistência de Kevin De Bruyne e o segundo ao ser lançado em profundidade por Eden Hazard.[20] No segundo jogo, fez mais dois gols e se igualou a Cristiano Ronaldo, na goleada de 5 a 2 da Bélgica em cima da Tunísia. Em 2019 chegou aos 50 gols pela Seleção ao marcar na goleada de 9 a 0 contra San Marino, assegurando a Bélgica na Euro 2020.[21]

Vida pessoalEditar

É irmão do também jogador Jordan Lukaku e filho do ex-jogador Roger Lukaku.

EstatísticasEditar

Atualizadas até 16 de fevereiro de 2020.[22]

ClubesEditar

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copas
nacionais
Competições
continentais
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Anderlecht 2008–09 1 0 1 0
2009–10 33 15 1 0 11 4 45 19
2010–11 37 16 2 0 11 4 50 20
2011–12 2 2 2 2
Total 73 33 3 0 22 8 98 41
Chelsea 2011–12 8 0 4 0 12 0
2013–14 2 0 1 0 3 0
Total 10 0 4 0 1 0 15 0
West Bromwich 2012–13 35 17 3 0 38 17
Total 35 17 3 0 38 17
Everton 2013–14 31 15 2 1 33 16
2014–15 36 10 3 2 9 8 48 20
2015–16 37 18 9 7 46 25
2016–17 37 25 2 1 39 26
Total 141 68 16 11 9 8 166 87
Manchester United 2017–18 34 16 8 5 9 6 51 27
2018–19 32 12 4 1 9 2 45 15
Total 66 28 12 6 18 8 96 42
Internazionale 2019–20 25 19 2 0 5 2 32 21
Total 25 19 2 0 5 2 32 21
Total na carreira 350 165 40 17 55 26 445 208

TítulosEditar

Anderlecht
Chelsea

Prêmios individuaisEditar

ArtilhariasEditar

Referências

  1. «Perfil de Romelu Lukaku». Consultado em 13 de agosto de 2017 
  2. «Romelu Lukaku - F.C. Internazionale Milano» (em italiano). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  3. «Reforço da Inter, Lukaku cita idolatria por Adriano e revela conversa». GaúchaZH. 9 de agosto de 2019. Consultado em 4 de outubro de 2019 
  4. «Lukaku no West Brom por Empréstimo». chelseafc.com. Consultado em 10 de agosto de 2012. Arquivado do original em 12 de agosto de 2012 
  5. Leandro Stein (10 de agosto de 2012). «Encostado no Chelsea, Lukaku é emprestado ao West Brom». Trivela 
  6. «McCarthy, Lukaku and Barry in while Fellaini and Anichebe depart» (em inglês). Sítio oficial Everton FC. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  7. «United sign Romelu Lukaku» (em inglês). Sítio oficial Manchester United FC. 10 de julho de 2017. Consultado em 10 de julho de 2017 
  8. «Casemiro marca, Real Madrid vence o United e leva a Supercopa da Europa». Globoesporte.com. 13 de agosto de 2017. Consultado em 13 de agosto de 2017 
  9. «Lukaku abre o caminho, e Manchester United dá show em estreia no Inglês». Globoesporte.com. 13 de agosto de 2017 
  10. «Sonolento, Manchester United perde para o Brighton em apagadas atuações de convocados de Tite». ESPN. 19 de agosto de 2018. Consultado em 19 de agosto de 2018 
  11. «Com dois gols de Lukaku, Manchester United vence Burnley e dá 'alívio' para Mourinho». ESPN. 2 de setembro de 2018. Consultado em 3 de setembro de 2018 
  12. «Lukaku all'Inter, una leggenda dello United: 'Pesa 100 kg, è sovrappeso! La non professionalità è contagiosa...'». Calciomercato. 2 de agosto de 2019. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  13. «Inter Complete Signing of Romelu Lukaku From Manchester United on Long-Term Deal». 90min.com. 8 de agosto de 2019. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  14. «Negócio fechado: após longa novela, Lukaku veste a camisa da Inter de Milão». GloboEsporte.com. 8 de agosto de 2019 
  15. «Lukaku marca em estreia, e Inter de Conte começa Italiano com goleada sobre o Lecce». GloboEsporte.com. 26 de agosto de 2019 
  16. «Impressive Lukaku helps Belgium stun Russia» (em inglês). Supersport. 17 de novembro de 2010 
  17. «Belgium 2-1 USA match report: Romelu Lukaku breaks American hearts as Belgians reach quarter-final» (em inglês). Mirror online. 27 de junho de 2014 
  18. https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/lukaku-faz-dois-iguala-recorde-e-belgica-busca-empate-de-seis-gols-com-mexico.ghtml
  19. http://www.ogol.com.br/jogo.php?id=5837287
  20. «Lukaku faz dois gols na estreia; números pela Bélgica impressionam». Globoesporte. 18 de junho de 2018. Consultado em 20 de junho de 2018 
  21. «Lukaku atinge marca histórica, Bélgica atropela San Marino e se classifica para a Eurocopa de 2020». ESPN.com.br. 10 de outubro de 2019. Consultado em 15 de dezembro de 2019 
  22. «Perfil do R. Lukaku». Soccerway. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  23. «Romelu Lukaku» (em espanhol). Marca 
  24. «The PFA Premier League Team of the Year». The PFA. Consultado em 20 de abril de 2017. Arquivado do original em 21 de abril de 2017 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Romelu Lukaku
Precedido por
Mbark Boussoufa
Chuteira de Ébano da Bélgica
2011
Sucedido por
Dieumerci Mbokani