Ronald Fonseca

músico brasileiro

Ronald Fonseca da Silva, mais conhecido como Ronald Fonseca[1] (Nova Iguaçu, 6 de fevereiro de 1975) é um produtor musical, arranjador, multi-instrumentista e compositor brasileiro, notório por seus trabalhos na música cristã contemporânea.

Ronald Fonseca
Ronald Fonseca
Ronald Fonseca durante um evento com o Trazendo a Arca em 2010.
Informação geral
Nome completo Ronald Fonseca da Silva
Nascimento 6 de fevereiro de 1975 (49 anos)
Origem Nova Iguaçu, Rio de Janeiro
País  Brasil
Gênero(s) Música cristã contemporânea
Instrumento(s) piano, teclado, violão, guitarra, baixo
Modelos de instrumentos Roland, Made in Brazil
Afiliação(ões) Toque no Altar, Trazendo a Arca, Davi Sacer, Unção de Deus, Aliança do Tabernáculo, Jamba, Altos Louvores

Iniciou sua carreira na década de 1990 como produtor musical e instrumentista e, no início da década de 2000, como produtor de músicos da gravadora Zekap Gospel. Logo após isso, Ronald foi convidado a ingressar banda Toque no Altar, da qual foi um dos fundadores. Ronald ganhou notoriedade como tecladista um dos principais compositores do grupo, também sendo responsável pela composição de várias músicas da banda, como "Deus de Promessas". No final de 2006, deixou o Toque no Altar para fundar o Trazendo a Arca, banda na qual permaneceu até 2012. Em 2020, Ronald participou da reunião da formação original do Trazendo a Arca.

Fora os seus trabalhos com o Trazendo a Arca e colaborações ocasionais com a carreira solo do cantor Davi Sacer, Ronald também fundou a banda Sing Out em 2016. Em seu crédito, também estão obras de artistas e bandas como Altos Louvores, Sérgio Lopes, Marquinhos Gomes, Carlinhos Felix, Rose Nascimento, Pamela e Unção de Deus. Ronald Fonseca foi premiado no Troféu Talento 2006, na categoria Melhor Compositor.[2]

História

editar

Ronald foi auto-didata depois estudou na Unirio e na Berklee College of music. Aos 17 anos, começou a trabalhar profissionalmente e realizou sua primeira gravação profissional juntamente com o grupo Altos Louvores no álbum Lágrima no Olhar (1993). Neste disco, além de tocar os pianos, participou de vários arranjos e a partir daí, começou a se interessar na área de produção musical.[3]

Não muito tempo depois, Ronald Fonseca produziu obras de vários nomes da música evangélica, como Ludmila Ferber, Carlinhos Felix, Davi Sacer,[4] Rose Nascimento, Eyshila e Sérgio Lopes. Produziu também todos os CDs do Unção de Deus[5] e produziu álbuns notáveis, como Marca da Promessa, do Trazendo a Arca, Olha pra Mim e Deus de Promessas, do Toque no Altar.

Em 2012, durante a produção do álbum Na Casa dos Profetas e a comemoração dos dez anos do Trazendo a Arca, saiu da banda. Após sua saída do Trazendo a Arca, Ronald passou a produzir outros artistas, incluindo seu ex-colega de banda Davi Sacer no disco Meu Abrigo (2015). No ano seguinte, Ronald Fonseca reuniu Davi Sacer e Luiz Arcanjo para gravar uma nova versão da música "Se a Nação Clamar", que contou com a participação de outros intérpretes como Fernandinho, Daniela Araújo, Marcus Salles e Nívea Soares. Foi a primeira gravação de Ronald com Davi e Luiz músicos juntos desde 2009.[6]

Em julho de 2016, Ronald fundou a banda Sing Out, formada pelo tecladista com os vocalistas Pedro Henrique e Maressa Cruz.[7] Como um trio, a banda lançou apenas um álbum, chamado Grande É o Senhor, lançado em 2017.[8] A banda encerrou suas atividades em 2019.[9]

Em maio de 2020, durante a pandemia de COVID-19, Ronald Fonseca se reuniu com os integrantes da formação original do Trazendo a Arca para um show virtual. Foi a primeira vez de Ronald com a banda desde 2012.[10]

Vida pessoal

editar

Relacionamentos

editar

Ronald Fonseca é casado com Viviane Guimarães.[11] Ela foi responsável pelo trabalho fotográfico de obras do Trazendo a Arca, como as fotografias de Entre a Fé e a Razão.[12] Igor Fonseca, filho do casal, é baterista.[6]

Saúde

editar

Ao longo de sua carreira no Trazendo a Arca, Ronald Fonseca passou por problemas de saúde mental. Em 2007, com os conflitos judiciais entre o álbum Marca da Promessa, o Trazendo a Arca entrou em uma rotina intensa de shows e apresentações pelo Brasil. Segundo Ronald em uma série de vídeos publicados em 2021, a nova rotina e as tensões das disputas judiciais o desregulou emocionalmente, e o tecladista passou a lidar com crises depressivas, com ideação suicida, sempre que o grupo passasse por períodos com menos agendas. Segundo ele, a rotina de viagens e compromissos interferia no tratamento, de forma que a situação foi piorando ao longo dos anos. Fonseca disse mais tarde que a sua saída da banda, durante as gravações de Na Casa dos Profetas, ocorreu entre uma dessas crises de ideação suicida. O músico também contou que sua saúde só começou a se regular anos depois de deixar o Trazendo a Arca.[13][14][15]

Discografia

editar

Referências

  1. «APL 00049811220078190038». Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Consultado em 22 de maio de 2020. Cópia arquivada em 22 de maio de 2020 
  2. Troféu Talento. «Confira a lista completa dos vencedores do Troféu Talento 2006». Super Gospel. Consultado em 29 de outubro de 2011 
  3. «Entrevista com Ronald Fonseca - Portal Supergospel». Supergospel.com.br 
  4. «Análise CD Deus não Falhará - Davi Sacer». Supergospel.com.br 
  5. «Release Ministério Unção de Deus». Gracamusic.com.br 
  6. a b «Em reencontro, Davi Sacer, Luiz Arcanjo e Ronald Fonseca se unem em música - Se a Nação Clamar». Super Gospel. Consultado em 9 de abril de 2017 
  7. «"Sign Out" é o novo trabalho de Ronald Fonseca». Revista Comunhão. Consultado em 27 de abril de 2020 
  8. «CD Grande É o Senhor (Sing Out) - Análise». Super Gospel. 28 de agosto de 2017. Consultado em 27 de abril de 2020. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2017 
  9. «Maressa Cruz, ex-vocalista do Sing Out, lança primeira música em carreira solo». Super Gospel. Consultado em 27 de abril de 2020 
  10. «20 Lives que agitaram e emocionaram o mundo gospel nesse primeiro mês de quarentena». Super Gospel. Consultado em 24 de abril de 2020 
  11. «Sing Out lança o álbum Grande É O Senhor». Alfa Vip. Consultado em 6 de agosto de 2023 
  12. (2010) Créditos do álbum Entre a Fé e a Razão por Trazendo a Arca. Graça Music.
  13. Ronald Fonseca (6 de dezembro de 2021). Por que saí do Trazendo a Arca?. Ronald Fonseca. Consultado em 17 de julho de 2023 – via YouTube 
  14. Ronald Fonseca (7 de dezembro de 2021). Por que saí do Trazendo a Arca - EP 2. Ronald Fonseca. Consultado em 17 de julho de 2023 – via YouTube 
  15. Ronald Fonseca (16 de dezembro de 2021). Porque saí do Trazendo a Arca - EP. Final. Ronald Fonseca. Consultado em 17 de julho de 2023 – via YouTube 

Ver também

editar

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.