Ronald Grabe

Ronald John Grabe (Nova Iorque, 13 de junho de 1945) é um ex-astronauta norte-americano, veterano de quatro missões no espaço.

Ronald Grabe
Nome completo Ronald John Grabe
Nascimento 13 de junho de 1943 (78 anos)
Nova Iorque, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Cônjuge Lynn O'Keefe
Alma mater Academia da Força Aérea
dos Estados Unidos

Universidade Técnica de Darmstadt
Ocupação
Serviço militar
Serviço Força Aérea dos Estados Unidos
Anos de serviço 1966–1994
Patente coronel
Conflitos Guerra do Vietnã
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Tempo no espaço 26d 03h 38min
Seleção Grupo 9 da NASA 1980
Missões
Insígnia da missão Sts-51-j-patch.png Sts-30-patch.png Sts-42-patch.png Sts-57-patch.png
Aposentadoria 11 de abril de 1994

BiografiaEditar

Formado em engenharia na Academia da Força Aérea dos Estados Unidos em 1966, passou os anos seguintes concluindo cursos de piloto e voando em jatos de combate. Em 1969 foi designado para o Vietnã, onde voou mais de 200 missões de combate. De volta aos Estados Unidos em 1970, pilotou caças F-100 e F-111, participando de todos os testes de avaliação do sistema de armas do último. Em 1975 graduou-se como piloto de testes pela Escola de Pilotos de Teste da Força Aérea dos Estados Unidos, na Base Aérea de Edwards, Califórnia, designado pata testes em F-111 e A-7. Entre 1976 e 1979 serviu como piloto de testes de intercâmbio com a Real Força Aérea na base de Boscombe Down, Reino Unido. Nesta função, ele trabalhou como piloto chefe de projeto para os jatos Harrier e Sea Harrier da RAF. Servia como instrutor na Escola de Pilotos de Teste da USAF quando foi selecionado para o curso de astronautas da NASA.[1]

Tornou-se astronauta em 1981 e exerceu primeiramente funções em terra por quatro anos, ligadas ao programa do ônibus espacial. Em 3 de outubro de 1985 foi ao espaço pela primeira vez como piloto da STS-51-J Atlantis, a viagem inaugural deste ônibus espacial, numa missão de quatro dias para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Segunda missão, STS-30 Atlantis, em 4 de maio de 1989, foi a primeira missão de ciência planetária norte-americana desde 1978 e a primeira vez que um ônibus espacial lançou uma sonda espacial – a Magellan, para Vênus– em órbita.[1]

Como comandante, voou na STS-42 Discovery em janeiro de 1992, que levou ao espaço o International Microgravity Laboratory-1, para a investigação dos efeitos da microgravidade em 55 experimentos científicos de onze países; e finalmente, comandou a STS-57 Endeavour, que foi ao espaço em 21 de junho de 1993 colocando o Spacehab em órbita pela primeira vez.[1]

Grabe deixou a NASA e a Força Aérea em abril de 1994 para dedicar-se à carreira na iniciativa privada, trabalhando para a Orbital Sciences Corporation, empresa de tecnologia aeroespacial na Virgínia.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Biographical Data». NASA. Consultado em 30 de novembro de 2014 
  2. «Ronald Grabes Bio». Spacefacts. Consultado em 30 de novembro de 2014