Abrir menu principal
Ronaldo Jacaré Souza
Ronaldo Jacaré Souza.jpg
Informações
Nome
completo
Ronaldo Souza dos Santos
Nascimento 7 de dezembro de 1979 (40 anos)
Vila Velha, Espírito Santo
Nacionalidade brasileiro
Outros nomes Jacaré
Altura 1,85 m[1]
Peso 84 kg
Divisão Peso-médio
Envergadura 182 cm
Modalidade Jiu-jítsu, Grappling, Judô, Muay Thai
Equipe Fusion X-Cel Performance
Graduação      Faixa preta em Jiu-jítsu brasileiro

     Faixa preta em Judô

Período em
atividade
2003–presente (MMA)
Cartel nas artes marciais mistas
Total 35
Vitórias 26
Por nocaute 8
Por finalização 14
Por decisão 4
Derrotas 8
Por nocaute 3
Por decisão 5
Sem resultado 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 28 de novembro de 2019

Ronaldo de Souza dos Santos, mais conhecido como Ronaldo Jacaré (Vila Velha, 7 de dezembro de 1979) é um lutador brasileiro de artes marciais mistas (MMA) e de Jiu-Jitsu.

BiografiaEditar

Souza começou treinando judô e jiu-jitsu quando tinha 17 anos na ASLE, em Manaus, treinado pelo Sensei Henrique Machado até obter faixa preta. Foi 8 vezes campeão mundial de Jiu-Jitsu, pela IBJJF. Souza iniciou sua carreira no MMA em 9 de setembro de 2003 no evento Jungle Fight, quando perdeu para Jorge Patino (também conhecido como "Macaco") por nocaute com 3:13 do primeiro round. Ele voltou a lutar MMA oito meses depois no Jungle Fight 2 conseguindo a vitória por submissão em cima de Victor Babkir com menos de um minuto do primeiro round. Sua próxima luta seria em Abril de 2006 no Jungle Fight 6 quando conseguiu a vitória por triângulo em cima de Alexander Shlemenko. Ele ainda lutaria mais duas lutas em 2006, conseguindo vitórias por submissão no primeiro round nas duas. Em 2006, Souza lutou e conseguiu o empate contra o campeão do UFC, Randy Couture em um torneio de Wrestling. Após a luta, Souza foi convidado por Couture para treinar em sua academia, Souza aceitou e começou a treinar na Xtreme Couture em Las Vegas. Depois desse background, Jacaré foi contratado pelo UFC.

Carreira no jiu-jitsuEditar

Souza foi duas vezes campeão mundial absoluto de jiu-jitsu, em 2004[2] e 2005,[3] campeão do ADCC 2005 (77–87 kg) e vice-campeão absoluto do ADCC 2005, só perdendo para Roger Gracie, que pesou um pouco mais de 11 quilos do que Ronaldo.

Carreira no MMAEditar

DreamEditar

Em 2008, Jacaré entrou para a promoção de MMA japonesa — o DREAM — e era esperado para participar no Torneio de Médios do Dream de 2008. No primeiro round do torneio, no Dream 2 em 29 de abril de 2008, derrotou Ian Murphy por finalização com um mata leão no primeiro round. Isso deu um lugar a ele nas quartas de final, que aconteceram no Dream 4 em 15 de junho, onde lutou contra o ex-Campeão Peso-Médio do ICON Sport Jason "Mayhem" Miller. Na luta, Jacaré constantemente tentava finalizar Miller, escapando de múltiplos mata leões, chaves de perna e chaves de braço. Jacaré foi premiado com a vitória por decisão unânime e garantiu sua vaga na semifinal do Torneio de Médios.

Na semifinal que aconteceu no Dream 6 em 23 de setembro, Jacaré derrotou Zelg Galesic no começo do primeiro round por finalização, com uma chave de braço. A vitória deu a ele um lugar na final do torneio e uma chance pelo Título Peso Médio contra Gegard Mousasi que aconteceu nesse mesmo card. Na luta, Jacaré foi nocauteado no começo do primeiro round por uma pedalada enquanto tentava entrar na guarda de Mousasi. Após deixar o torneio, Jacaré deixou a Xtreme Couture e foi para San Diego treinar com Saulo e Xande Ribeiro, antes de sair para treinar com Anderson Silva e André Galvão na Black House, na preparação de Silva para a luta contra Thales Leites no UFC 97.

Jacaré lutou pelo Título Peso-Médio do Dream em uma revanche com Jason Miller no Dream 9 após Gegard Mousasi vagar o título para ir para os meio-pesados. A luta foi declarada "No contest" (Sem Resultado) devido a um chute na cabeça ilegal que abriu um corte na cabeça de Jacaré.

StrikeforceEditar

A estreia de Jacaré foi no Strikeforce em 19 de dezembro de 2009, no Strikeforce: Evolution, com uma vitória por finalização no primeiro round sobre Matt Lindland, com um triângulo de braço. Nessa luta, Souza mostrou evolução no seu jogo em pé. Posteriormente, Ronaldo enfrentou Joey Villaseñor em 15 de maio de 2010 no Strikeforce: Heavy Artillery. Ele venceu a luta por decisão unânime, dominando o primeiro round, sendo bem agressivo, conseguindo a posição de montada e quase finalizando a luta, mas abrandou no segundo e terceiro round.

Jacaré enfrentou Tim Kennedy em 21 de agosto de 2010 no Strikeforce: Houston pelo Cinturão Peso-Médio Vago do Strikeforce, e venceu uma luta disputada [4] por decisão unânime.

A primeira defesa do seu cinturão foi contra Robbie Lawler em 29 de janeiro de 2011, no Strikeforce: Diaz vs. Cyborg. Ronaldo venceu o combate por finalização no terceiro round.

Em sua segunda defesa, Jacaré perdeu o cinturão para o lutador da American Kickboxing Academy Luke Rockhold por decisão unânime.

Em 3 de março de 2012, Jacaré fez sua sexta aparição no Strikeforce contra a substituição tardia Bristol Marunde. Souza venceu por finalização com um triângulo de braço, aos 2:43 do terceiro round.

Jacaré enfrentou o veterano do UFC Ed Herman no card final do Strikeforce, Strikeforce: Marquardt vs. Saffiedine, em 12 de janeiro de 2013. Ele venceu a luta por finalização no primeiro round.

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Em janeiro de 2013, Jacaré assinou um contrato de cinco lutas com o UFC.

Era esperado que Jacaré fizesse sua estreia em 18 de maio de 2013, no UFC on FX: Belfort vs. Rockhold, contra Costa Philippou. Porém, uma lesão tirou Philippou do evento, e seu substituto foi Chris Camozzi. Ele venceu a luta com uma finalização por katagatame no primeiro round.

No UFC Fight Night: Teixeira vs. Bader, em 4 de setembro de 2013, Ronaldo Jacaré enfrentou Yushin Okami. Ele venceu a luta por nocaute técnico no primeiro round.

Jacaré enfrentou o francês Francis Carmont no dia 15 de fevereiro de 2014, no UFC Fight Night: Machida vs. Mousasi. Ele venceu por decisão unânime.

A revanche com armênio-holandês Gegard Mousasi estava programada para 2 de agosto de 2014, no UFC 176. No entanto, devido a uma lesão de José Aldo, que faria o evento principal, o evento foi cancelado[5] e a luta movida para o evento principal UFC Fight Night: Jacaré vs. Mousasi II em 5 de Setembro de 2014.[6] Ele venceu a luta por finalização no terceiro round. Jacaré levou o prêmio de Performance da Noite.

Jacaré enfrentaria Yoel Romero em 18 de abril de 2015 no UFC on Fox: Machida vs. Rockhold. Contudo, uma lesão tirou Romero da luta, e ele foi substituído por Chris Camozzi. Essa luta foi uma revanche da luta que Jacaré venceu por finalização no UFC on FX: Belfort vs. Bisping, e ele novamente venceu por finalização no primeiro round.

Em seguida, Ronaldo Jacaré enfrentou Yoel Romero no UFC 194: Aldo vs. McGregor e perdeu por decisão dividida em um resultado que dividiu opiniões. Alguns especialistas marcaram 29-28 para Romero[7], outros para o brasileiro[8] e muitos outros viram um empate.[9]

No UFC 198, Ronaldo Jacaré não tomou conhecimento de Vitor Belfort e, com um ground and pound nocauteou o "Fenômeno" aos 4m38s do primeiro round.

Em sua luta seguinte, no UFC 208, Jacaré finalizou Tim Boetsch ainda no primeiro round, conquistando o prêmio de performance da noite.

No UFC on Fox: Johnson vs. Reis, Robert Whittaker nocauteou o brasileiro aos 3:28 do segundo round.[10]

Após passar por duas cirurgias, Ronaldo voltou a vencer. Ele derrotou Derek Brunson por nocaute no primeiro round no UFC on Fox: Jacaré vs. Brunson 2.[11]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 26-8 (1)   Jan Blachowicz Decisão (dividida) UFC Fight Night: Blachowicz vs. Jacaré 16/11/2019 5 5:00   São Paulo Estreia nos Meio Pesados.
Derrota 26-7 (1)   Jack Hermansson Decisão (unânime) UFC Fight Night: Jacaré vs. Hermansson 27/04/2019 5 5:00   Sunrise, Florida
Vitória 26-6 (1)   Chris Weidman Nocaute Técnico (socos) UFC 230: Cormier vs. Lewis 03/11/2018 3 2:46   Nova Iorque, Nova Iorque Luta da Noite.
Derrota 25-6 (1)   Kelvin Gastelum Decisão (dividida) UFC 224: Nunes vs. Pennington 12/05/2018 3 5:00   Rio de Janeiro Luta da Noite
Vitória 25-5 (1)   Derek Brunson Nocaute (chute na cabeça e socos) UFC on Fox: Jacaré vs. Brunson II 27/01/2018 1 3:50   Charlotte, Carolina do Norte Performance da Noite.
Derrota 24-5 (1)   Robert Whittaker Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) UFC on Fox: Johnson vs. Reis 15/04/2017 2 3:28   Kansas City, Missouri
Vitória 24-4 (1)   Tim Boetsch Finalização (kimura) UFC 208: Holm vs. de Randaime 11/02/2017 1 3:41   Brooklyn, Nova Iorque Performance da Noite.
Vitória 23-4 (1)   Vitor Belfort Nocaute Técnico (socos) UFC 198 Werdum vs. Miocic 14/05/2016 1 4:38   Curitiba Performance da Noite.
Derrota 22-4 (1)   Yoel Romero Decisão (dividida) UFC 194: Aldo vs. McGregor 12/12/2015 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 22-3 (1)   Chris Camozzi Finalização (chave de braço) UFC on Fox: Machida vs. Rockhold 18/04/2015 1 2:32   Newark, New Jersey
Vitória 21-3 (1)   Gegard Mousasi Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Jacaré vs. Mousasi II 05/09/2014 3 4:30   Ledyard, Connecticut Performance da Noite.
Vitória 20-3 (1)   Francis Carmont Decisão (unânime) UFC Fight Night: Machida vs. Mousasi 15/02/2014 3 5:00   Jaraguá do Sul
Vitória 19-3 (1)   Yushin Okami Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Teixeira vs. Bader 04/09/2013 1 2:47   Belo Horizonte
Vitória 18-3 (1)   Chris Camozzi Finalização (katagatame) UFC on FX: Belfort vs. Rockhold 18/05/2013 1 3:37   Jaraguá do Sul Estreia no UFC; Finalização da Noite
Vitória 17-3 (1)   Ed Herman Finalização (kimura) Strikeforce: Marquardt vs. Saffiedine 12/01/2013 1 3:10   Oklahoma City, Oklahoma
Vitória 16-3 (1)   Derek Brunson Nocaute (socos) Strikeforce: Rousey vs. Kaufman 18/08/2012 1 0:41   San Diego, Califórnia
Vitória 15-3 (1)   Bristol Marunde Finalização (katagatame) Strikeforce: Tate vs. Rousey 03/03/2012 3 2:43   Columbus, Ohio
Derrota 14-3 (1)   Luke Rockhold Decisão (unânime) Strikeforce: Barnett vs. Kharitonov 10/09/2011 5 5:00   Cincinnati, Ohio Perdeu o Cinturão Peso-médio do Strikeforce.
Vitória 14-2 (1)   Robbie Lawler Finalização (mata-leão) Strikeforce: Diaz vs. Cyborg 29/01/2011 3 2:00   San Jose, Califórnia Defendeu o Cinturão Peso-médio do Strikeforce.
Vitória 13-2 (1)   Tim Kennedy Decisão (unânime) Strikeforce: Houston 21/08/2010 5 5:00   Houston, Texas Ganhou o Cinturão Peso-médio do Strikeforce.
Vitória 12-2 (1)   Joey Villaseñor Decisão (unânime) Strikeforce: Heavy Artillery 15/05/2010 3 5:00   St. Louis, Missouri
Vitória 11-2 (1)   Matt Lindland Finalização (katagatame) Strikeforce: Evolution 19/12/2009 1 4:18   San Jose, Califórnia
NC 10-2 (1)   Jason Miller Sem Resultado (chute ilegal) Dream 9 26/05/2009 1 2:33   Yokohama Pelo Cinturão Peso-médio Vago do Dream.
Derrota 10-2   Gegard Mousasi Nocaute (pedalada) Dream 6 23/09/2008 1 2:15   Saitama Pelo Cinturão Peso-médio Vago do Dream.
Vitória 10-1   Zelg Galesic Finalização (chave de braço) Dream 6 23/09/2008 1 1:27   Saitama
Vitória 9-1   Jason Miller Decisão (unânime) Dream 4 15/06/2008 2 5:00   Yokohama
Vitória 8-1   Ian Murphy Finalização (mata-leão) Dream 2 29/04/2008 1 3:37   Saitama
Vitória 7-1   Wendel Santos Nocaute Técnico (golpes) HTJ – Hero's The Jungle 13/10/2007 1 1:40   Manaus
Vitória 6-1   José Ribamar Finalização (chave de braço) AC – Amazon Challenge 29/09/2007 1 3:28   Manaus
Vitória 5-1   Bill Vucick Nocaute Técnico (golpes) Gracie Fighting Championships: Evolution 19/05/2007 1 3:01   Columbus, Ohio
Vitória 4-1   Haim Gozali Finalização (mata-leão) JF 7: Jungle Fight Europe 17/12/2006 1 1:34   Ljubljana
Vitória 3-1   Alexey Prokofiev Finalização (triângulo) Fury Fighting Championship 1 27/09/2006 1 2:30   São Paulo
Vitória 2-1   Alexander Shlemenko Finalização (katagatame) Jungle Fight 6 29/04/2006 1 2:10   Manaus
Vitória 1-1   Victor Babkir Nocaute Técnico (golpes) Jungle Fight 2 15/05/2004 1 0:56   Manaus
Derrota 0-1   Jorge Patino Nocaute (soco) Jungle Fight 1 13/09/2003 1 3:13   Manaus

Referências