Abrir menu principal

Ronny Levy - em hebraico, רוני לוי (Netanya, 14 de novembro de 1966) é um ex-futebolista e treinador de futebol israelense. Atualmente, é o técnico do Anorthosis Famagusta.

Ronny Levy
Ronny Levy.jpg
Informações pessoais
Nome completo Ronny Levy
Data de nasc. 14 de novembro de 1966 (52 anos)
Local de nasc. Netanya,  Israel
Informações profissionais
Equipa atual Chipre Anorthosis Famagusta
Posição Treinador (Ex-volante)
Clubes de juventude
Israel Maccabi Netanya
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1985–1992
1990–1991
1992–1997
Israel Maccabi Netanya
Israel Bnei Yehuda (emp.)
Israel Maccabi Haifa
156 (12)
20 (3)
144 (18)
Seleção nacional
1993–1995 Flag of Israel.svg Israel 16 (0)
Times/Equipas que treinou
1999–2000
2000
2000–2003
2003–2008
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2011
2011–2013
2013–2014
2015
2015–2016
2016–
Israel Maccabi Haifa (auxiliar-técnico)
Israel Maccabi Haifa (interino)
Israel Maccabi Haifa (categorias de base)
Israel Maccabi Haifa
Israel Maccabi Petah-Tikva
Romênia Unirea Urziceni
Israel Beitar Jerusalém
Romênia Steaua Bucareste
Chipre Anorthosis Famagusta
Israel Beitar Jerusalém
Israel Maccabi Netanya
Israel Maccabi Haifa
Chipre Anorthosis Famagusta

8
100
250
19
27
17
14
52
24
16
40

Carreira de jogadorEditar

Como jogador, Levy atuava como volante, defendendo 3 clubes durante sua carreira: o Maccabi Netanya, o Bnei Yehuda (por empréstimo) e Maccabi Haifa, onde venceu a maioria de seus 4 títulos como atleta. Uma grave lesão no joelho forçou sua aposentadoria prematura, em 1997.

Pela Seleção Israelense, jogou 16 vezes entre 1992 e 1995, não marcando nenhum gol.

Carreira como treinadorEditar

Já aposentado, Levy tornou-se auxiliar-técnico no Maccabi Haifa em 1999, sendo promovido a técnico dos juniores no ano seguinte. Seria no mesmo clube que ele faria sua estreia como treinador, em 2003. Durante sua gestão, o Maccabi venceu 3 vezes o Campeonato Israelense e a Copa Toto em outras 3 oportunidades, além de ter levado o clube à classificação para a fase de grupos da Copa da UEFA de 2006–07[1]. Foi, ainda, pioneiro em usar softwares personalizados para realização de análises táticas de rivais e do próprio time. Após um desempenho modesto em 2007-08, onde ficou em quinto lugar, deixou o comando técnico, sendo substituído por Elisha Levy, com quem não possui parentesco. Voltaria ao Maccabi em 2015, sem o mesmo êxito da primeira passagem.

Treinou ainda Maccabi Petah-Tikva, Unirea Urziceni[2], Beitar Jerusalém (2 passagens), Steaua Bucareste, Anorthosis Famagusta (2 passagens) e Maccabi Netanya.

Referências