Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Rosário (Argentina).
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Ivaí (desambiguação).
Searchtool.svg
Esta página ou seção foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2013). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Rosário do Ivaí é um município brasileiro do estado do Paraná, localizado na Região do Vale do Ivaí e do Norte Novo. A cidade é conhecida por ser a capital da Uva Niágara.

Município de Rosário do Ivaí
Bandeira de Rosário do Ivaí
Brasão de Rosário do Ivaí
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 30 de outubro
Fundação 1989 (30 anos)
Gentílico rosariense
Prefeito(a) Ilton Shiguemi Kuroda (PSC)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Rosário do Ivaí
Localização de Rosário do Ivaí no Paraná
Rosário do Ivaí está localizado em: Brasil
Rosário do Ivaí
Localização de Rosário do Ivaí no Brasil
24° 16' 40" S 51° 16' 30" O24° 16' 40" S 51° 16' 30" O
Unidade federativa Paraná
Mesorregião Norte Central Paranaense IBGE/2008[1]
Microrregião Ivaiporã IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Ortigueira, Reserva, Cândido de Abreu, Rio Branco do Ivaí e Grandes Rios
Distância até a capital 402[2] km
Características geográficas
Área 371,248 km² [3]
População 4 786 hab. estimativa populacional — IBGE/2019[4]
Densidade 12,89 hab./km²
Altitude 675 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,662 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 48 209 000 mil IBGE/2010[6]
PIB per capita R$ 8 630 36 IBGE/2010[6]
Página oficial
Prefeitura http://www.rosariodoivai.pr.gov.br

Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2019, era de 4 786 habitantes.[4]

HistóricoEditar

A região em que se encontra o atual município, recebeu seus primeiros habitantes na década de 1920, quando fixaram residência migrantes das cidades de Cândido de Abreu e Reserva. Entre os anos de 1920 e a décadas de 1940, a evolução populacional caracterizou por núcleos dispersos ou pequenas aglomerações de residências e seus habitantes de praticavam a caça, a pesca, a agricultura de subsistência e a criação de porcos.[7]

Na década de 1960, a agricultura local já possuía áreas substanciais do cultivo do arroz, feijão e milho com características de plantações para transações comerciais, e não apenas de subsistência, aonde a produção era transportada por caminhões para a cidade de Ponta Grossa. É neste período que a localidade começa a receber uma infraestrutura básica, com abertura de ruas e o início de funcionamento de casas comerciais, como farmácias, açougue, hotel e armazém de secos e molhados, tornando-se uma pequena vila.[7]

Em 17 de novembro de 1979, é criado o distrito de Rosário, subordinado ao município de Grandes Rios e em 30 de outubro de 1986, é elevado a categoria de município com o nome de Rosário. Somente em 1987, o município foi renomeado para Rosário do Ivaí.[7]

Existem duas teorias para o nome da cidade, sendo que uma refere-se a religiosidade do primeiro prefeito de Grandes Rios, João Leandro Barbosa, e a outra teoria tem como base a abundância da monocotiledônea em lagos e córregos da região, cujos frutos eram usados como contas de rosário pelos fiéis católicos.[7]

Lista de ex-prefeitosEditar

  • 1ª eleição, José Augusto Barbosa, 1989-1992;
  • 2ª eleição, Carlos Roberto Wosiack,1993-1996;
  • 3ª eleição, Arildo Brito Simões, 1997-2000;
  • 4ª eleição, Alcione Wosiack, 2001-2004;
  • 5ª eleição, Celso Antunes Ribeiro, 2005-2008;
  • 6ª eleição, Orlando Alves de Almeida, 2009-2012;
  • 7ª eleição, Ademar Alves da Silva, 2013-2016.

Tecnologia e comunicaçãoEditar

O município de Rosário do Ivaí é abrangido pelo sinal de duas antenas de emissoras do Brasil e do Paraná, são elas:

  • Rede Globo: RPC TV Cultura de Maringá
  • SBT: Rede Massa TV Tibagi de Apucarana

A cidade também conta com o sinal das operadoras de celular OI Brasil Telecom e TIM.

AgriculturaEditar

O esgotamento das reservas do solo em algumas áreas e o mal direcionamento dos recursos de financiamentos das safras foram causadores de muitas famílias, que iniciaram nesse período um longo processo de êxodo rural no início dos anos de 1980. A cotonicultura que remunerava o agricultor e ocupava boa parte da mão-de-obra ociosa sofre um duro golpe com a chegada do bicudo do algodoeiro. Com isso interrompe-se em 1992 a prática dessa cultura que tanto representou ao município, intensifica-se portanto o êxodo rural que ao final de 12 anos reduziu em mais de 50% o contingente populacional.

Com relação à produção de uva, Rosário do Ivaí vem destacando-se como o maior produtor de uva niágara no Paraná. Sua produção teve leve declínio nos anos de 1999 a 2005 devido à doença denominado "podridão da uva madura". Agora, com a doença quase totalmente superada, Rosário do Ivaí esta retomando as rédias da produção de uva niágara no Paraná. De acordo com os dados do IBGE 2000 (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística),no município produz-se em média 1.048 toneladas de uva por ano, obtendo uma receita de R$ 1.624.000,00 por safra colhida, numa área de 131 hectares, com rendimento médio de 8.000 Kg por hectare. Já segundo estatísticas levantadas pelo Jornal Tribuna do Norte(Apucarana)no ano de 2011 o município colheu uma Safra Recorde de 4 mil toneladas, diferenciando do ano de 2010 que colheu 2,4 mil toneladas, sendo a de 2011 a maior registrada nos quatro anos anteriores. Também com base nessas informações nesta época eram cerca de 145 agricultores nesta atividade, que ocupava uma área plantada de 142 hectares em produção, o que correspondia a 1 milhão de pés e com mais outros 150 mil pés novos estão em fase de formação.

GeografiaEditar

Possui uma área é de 371,248 km² representando 0,1863 % do estado, 0,0659 % da região e 0,0044 % de todo o território brasileiro. Localiza-se a uma latitude 24°16'40" sul e a uma longitude 51°16'30" oeste, estando a uma altitude de 675 m.

RelevoEditar

O Município caracteriza-se por um relevo bastante acidentado, em que aproximadamente 50% da área do Município está sob as fases do relevo forte ondulado e montanhoso, 29% esta sob relevo suave ondulado e 21% sob relevo ondulado.

ClimaEditar

O clima do Município de Rosário do Ivaí caracteriza-se por apresentar uma temperatura média anual de 19,5º C na maior parte do Município e de 18,5º C em área de maior altitude.Os meses mais frios são Junho e Julho com temperatura média de 15,5º C e os meses mais quentes são Dezembro e Janeiro com temperatura média anual de 23,5º C. A precipitação média anual é de 1750 mm; a classificação climática de Köppen é Cfa, ou seja, clima mesotérmico úmido, sem estação seca e com verões quentes.

AltitudeEditar

A altitude varia de 500 metros próximos ao Rio Alonso, até 1000 metros no ponto mais alto na Serra dos Porongos. Altitude média: 675 metros.

SolosEditar

Os solos predominantes no Município são os lipódicos (+ou- 60% da área do Município) e os solos podzolicos (+ ou – 30% da área do Município). As demais áreas são ocupadas por associação de solos entre os anteriormente citados e entre estes e os Latossolos.

HidrografiaEditar

O Município é delimitado a Nordeste pelo Rio Alonso e possui em seu interior inúmeros rios, podendo ser citados os Rio Limeira, Ribeirão da Escrita, Rio Água Amarela, Rio Campineiro, Rio Sete Quedas entre outros.

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2010 IBGE

População total: 5.588

  • Urbana: 2.721
  • Rural: 2.867
  • Homens: 2.831
  • Mulheres: 2.757

Índice de Desenvolvimento Humano PNUD/2010(IDH-M): 0,662

  • IDH-M Renda: 0,638
  • IDH-M Longevidade: 0,788
  • IDH-M Educação: 0,577

Observação: O município ocupa a posição nº 2.846 no Ranking dos 5.565 municípios brasileiros, ficando a frente de municípios vizinhos como Grandes Rios nº 2.946, Rio Branco do Ivaí nº 3.291, Ortigueira nº 3.927, Reserva nº 3.735 e Cândido de Abreu nº 3.501.

Durante os anos 1990 e anos 2000, houve uma diminuição significativa da população do município, devido a diminuição de oportunidades de emprego, devido ao grande crescimento industrial e econômico a maioria foi para a cidade de Arapongas no Norte do Estado (156 km de distância )e outra parcela de migrantes foram para os grandes centros como Curitiba, Londrina e São Paulo.

RodoviasEditar

A principal Rodovia de Rosário do Ivaí é a Rodovia José Miguel Lino, no trecho entre Rosário do Ivaí e Grandes Rios, que foi criada a partir de acordo com a Lei Estadual 9.083 de 27 de setembro 1989, sendo pavimentado o trecho de 18,2 Km. A mesma Rodovia PR-082 faz entrocamento com a PR-535 Rodovia Ary Borba Carneiro que liga ao Município de Rio Branco do Ivaí. Também há planejamento para um futuro entrocamento com a BR-376/PR-160 (Imbaú) em um trecho de 65 Km. Em 2018, foi inaugurada uma ponte no Rio do Peixe na região chamada de "Ilha", fazendo ligação do município com o distrito Vista Alegre (Ortigueira), localidade próxima a BR-376, que é caminho para a cidade de Curitiba, capital do estado.

AdministraçãoEditar

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. «Distâncias entre a cidade de Curitiba e todas as cidades do interior paranaense». EmSampa. Consultado em 22 de setembro de 2017 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. a b «estimativa_dou_2019.xls». ibge.gov.br. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 6 de Agosto 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 1999-2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 [ligação inativa]
  7. a b c d «História». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 8 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar