Abrir menu principal
Rosa baiana
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Lauro César Muniz
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Antonino Seabra, Waldemar de Moraes e Sérgio Galvão
Elenco Nancy Wanderley
Gianfrancesco Guarnieri
Rafael de Carvalho
Edgard Franco
Maria Luiza Castelli
ver mais
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Bandeirantes
Transmissão original 9 de fevereiro - 31 de julho de 1981
Cronologia
Um Homem muito Especial

Rosa Baiana foi uma telenovela escrita por Lauro César Muniz, produzida e exibida pela Rede Bandeirantes no ano de 1981, com direção de David José, Antonino Seabra, Waldemar de Moraes e Sérgio Galvão, com supervisão de Walter Avancini.

Índice

TramaEditar

Na Bahia, nos campos petrolíferos, vive Rosa com os problemas de seus sete filhos – Agenor, Ivan, Orestes, Walter, Edinho, Bráulio e Cláudia – e a esperança de que Edmundo Lua Nova, seu companheiro e pai de seus filhos, retorne mais uma vez para casa. A atriz protagonista, Nancy Wanderley, é a primeira esposa do humorista Chico Anysio.

Elenco principalEditar

CuriosidadesEditar

  • Inteiramente rodada na Bahia, a telenovela teve 90 capítulos totalmente gravada em locação, sem estúdios. Primeira experiência em telenovela sem cenários de estúdio. Tudo natural, nas regiões dos campos petrolíferos.
  • Totalmente realizada na Bahia, sem o auxílio de estúdio, Rosa Baiana só pecava ao enfatizar excessivamente as crises conjugais de dois filhos de Rosa, tornando-se a espinha dorsal da trama.
  • Mesmo com diversos problemas entre direção, valeu a experiência.
  • A novela, que tinha os campos petrolíferos da Bahia como pano de fundo, teve o patrocínio da Petrobras.
  • O ator Rafael de Carvalho faleceu em 3 de maio de 1981, enquanto a novela estava sendo rodada. Lauro César Muniz descartou a hipótese de matar o personagem ou substituir o ator. Assim sendo, ele fez com que o personagem Edmundo Lua Nova abandonasse sua família, deixando a trama, retornando ao final em um show circense, gravado antes do falecimento do ator.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.