Abrir menu principal
Rosa García
vice-campeã olímpica
Voleibol
Nome completo Rosa Gisella García Rivas
Apelido La China
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 21 de maio de 1964 (55 anos)
Lima, MG
Nacionalidade peruana
Compleição Peso: 69 kg Altura: 1,75 m
Clube Aposentada
Medalhas
Competidora do Bandeira do Peru Peru
Campeonato Mundial
Prata Lima 1982 Equipe
Bronze Tchecoslováquia 1986 Equipe
Jogos Olímpicos de Verão
Prata Seul 1988 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Prata Caracas 1983 Equipe
Prata Indianópolos 1987 Equipe
Bronze Havana 1991 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Prata Santo André 1981 Equipe
Ouro São Paulo 1983 Equipe
Ouro Caracas 1985 Equipe
Ouro Montevidéu 1987 Equipe
Ouro Curitiba 1989 Equipe
Prata São Paulo 1991 Equipe
Ouro Cuzco1993 Equipe
Bronze Valencia 1999 Equipe
World Top Four
Bronze Japão 1988 Equipe
Campeonato Mundial Juvenil
Prata Cidade do México 1981 Equipe
Campeonato Mundial Infanto-Juvenil
Ouro São Paulo 1980 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Rancagua 1980 Equipe

Rosa Gisella García Rivas (Lima, 1964 -), é uma ex- voleibolista indoor peruana,que atuou na posição de levantadora e defendeu a Seleção Peruana, disputou três edições dos Jogos Olímpicos de Verão, sagrou-se medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988 em Seul, também foi semifinalista nos Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1984 e medalhista de bronze no World Top Four de 1988.

CarreiraEditar

Rosa foi considerada uma das grandes levantadoras de sua época de atleta e compôs a Seleção Peruana de Voleibol Feminino em todas as categorias: infanto, infanto-juvenil e adulta em muitas conquistas e os melhores resultados a nível sul-americano, nas Américas e mundial.Participou de três edições dos Jogos Olímpicos de Verão e dos Jogos Pan-Americanos, assim como quatro edições da Copa do Mundo, duas edições do Campeonato Mundial, obtendo a sexta posição no Mundial de Pequim de 1990 e a décima terceira posição no Mundial de São Paulo de 1994.

Na Copa do Mundo obteve pela Seleção Peruana o quinto lugar nos anos de 1985, 1989 e 1991 e a décima posição na edição de 1999.Foi semifinalista na Olimpíada de Los Angeles de 1984.Integrou a equipe peruana nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988 em Seul, evento no qual disputou a medalha de ouro contra a poderosa ex-URSS e em um jogo histórico por pouco não a derrotou, a equipe liderava o placar em 2 sets 0 , sendo derrotada pela potência europeia no tie-break e a honrosa medalha de prata marcou sua geração, a população peruana em massa parou para acompanhá-las pela televisão, e o time soviético reagiu, empatou em sets e no quinto set as peruanas tiveram a chance de fechar a partida; para as atletas foi uma tristeza, mas o país as guardam na memória pelo brio destas jogadoras.

Em 1993 defendeu passou a jogar no voleibol brasileiro e defendeu as cores do BCN/Guarujá, sendo vice-campeã na temporada 1994-95 da Superliga Brasileira, mesmo feito obtido na temporada 1995-96 da Superliga Brasileira A.[1]

Em 2000 foi a porta-bandeira da delegação peruana na Olimpíada de Sidney. ocasião que encerrou na décima primeira posição.[2] Já veterana jogou pela equipe do Blue Life/Pinheiros na temporada 2001-02.[3]

No ano de 2004 jogava pelo Club Regatas Lima e disputou o extinto torneio internacional Salonpas Cup.[4] Em 2007 assaltaram sua residência e entre os objetos furtados estava sua medalha de prata da Olimpíada de Seul.[5]

Atualmente é Presidenta da Comissão Peruana de Voleibol de Praia.Em 2012 disputou apenas uma partida devido a contusão, ao machucar o ombro no décimo Campeonato Brasileiro Open de Vôlei Master da ANE, pelo EC Pinheiros[6][7]

Títulos e resultadosEditar

Premiações individuaisEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Bradesco Esportes. «Bradesco Esportes e Educação». Consultado em 25 de setembro de 2012. Arquivado do original em 14 de agosto de 2012 
  2. Terra-Efe (25 de agosto de 2000). «Voleibolista Rosa García será abanderada de Perú en JJOO de Sydney» (em espanhol). Consultado em 25 de setembro de 2012 
  3. Mariana Lajolo (24 de março de 2002). «Para fugir de crise, estrelas peruanas vêm jogar no Brasil». Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  4. Photo&Grafia (4 de outubro de 2010). «ROSA GARCIA SE DESPEDE DOS TORNEIOS INTERNACIONAIS NO SALONPAS CUP». Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  5. Cida Santos (10 de setembro de 2007). «Folha de S.Paulo- CIDA SANTOS-Uma atacante de força-MEDALHA ROUBADA». Consultado em 25 de setembro de 2012 
  6. Esporte Clube Pinheiros. «Esporte Clube Pinheiros». Consultado em 25 de setembro de 2012. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2012 
  7. «Perú a los Mundiales de Playa en Canadá y Chipre» (em espanhol). 6 de junho de 2012. Consultado em 25 de setembro de 2012. Arquivado do original em 27 de outubro de 2017