Abrir menu principal
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2015).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rosa Villa
Nascimento 17 de maio de 1963 (56 anos)
Portugal
Nacionalidade portuguesa
Ocupação atriz
Atividade 1984-presente

Rosa Villa (17 de maio de 1963) é uma actriz portuguesa.[1]

BiografiaEditar

Estreou-se como actriz em 1984 no Teatro Aberto. Participou em vários espectáculos encenados por João Lourenço, Júlio César, Ivone Silva, Carlos Cruz, Carlos Areia, Nicolau Breyner, Filipe La Féria e Castro Guedes. No Parque Mayer, ela trabalhou com Henrique Santana, Francisco Nicholson, Marina Mota, entre outros. Na Expo 98, Rosa Villa participou também em Peregrinação, encenação de João Brites. No Teatro da Malaposta ela participou de Mulheres Mix, de Ivo Bender, bem como As Estrelas São A Nossa Casa e Amor Perfeito de Abel Neves, encenados por Jorge Estreia.

No cinema participou dos filmes Uma Borboleta na Gaiola, de Luís Filipe Rocha, em A Maldição de Marialva, de António Macedo, em Mustang e Zona J, de Leonel Vieira e em António, Um Rapaz de Lisboa, de Jorge Silva Melo.

Em televisão, Rosa Villa participou em vários programas, séries, telenovelas e sitcoms.

TelevisãoEditar

  Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.

TeatroEditar

  Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.

Referências

Ligações externasEditar