Roschdy Zem

Roschdy Zem
Nascimento 27 de setembro de 1965 (55 anos)
Gennevilliers
Cidadania França
Ocupação ator, diretor de cinema, roteirista, ator de cinema, produtor cinematográfico, ator de televisão
Prêmios César de melhor ator, oficial das Artes e das Letras

Roschdy Zem (nascido a 27 de setembro de 1965) é um actor e cineasta francês de origem marroquina. Compartilhou o prémio ao Melhor Actor pelo seu papel no filme Dias de Glória no Festival de Cinema de Cannes, em 2006.[1]

CarreiraEditar

Roschdy Zem determinou não deixar-se ficar em papéis de imigrante africano, desenvolvendo uma carreira com personagens muito diferentes, interpretando um General de Napoleão em Monsieur N. (2003), um pai judeu em Va, vis et deviens (Viver e ser, 2005), e um travesti em Cambio moi ma vie (Mudar Minha Vida, 2001) junto a Fanny Ardant. Ele também apareceu em papéis que põem em relevo as dificuldades na corrente dominante da sociedade francesa, bem como em filmes de promoção dos aspectos da história francesa e do Norte de África como em Indigènes (Dias de Glória, 2006) e Camping à la ferme (2005), baseada num guião de Azouz Begag.

Em 2011, dirigiu o filme Omar Killed Me, o qual foi seleccionado como o concorrente marroquino para competir como Melhor Filme Estrangeiro na 84ª entrega dos Prémios Óscar.[2]

Filmografia seleccionadaEditar

Como actorEditar

* 1987: Les keufs
  • 1991: I Don't Kiss
  • 1993: My Favorite Season
  • 1995: Don't Forget You're Going to Die
  • 1996: The Best Job in the World
  • 1997: L'autre côté de la mer
  • 1998: Those Who Love Me Can Take the Train
  • 1998: Alice et Martin
  • 1998: For Sale
  • 1998: Louise (Take 2)
  • 2000: Stand-by
  • 2001: Change moi ma vie
  • 2001: My Wife Is an Actress
  • 2002: The Race
  • 2003: Merci Docteur Rey
  • 2003: Sansa
  • 2004: 36
  • 2005: Va, Vis et Deviens
  • 2005: Camping à la ferme
  • 2005: Le Petit Lieutenant
  • 2006: Indigènes
  • 2006: La Californie
  • 2006: Mauvaise foi (también escritor y director)
  • 2007: Game of Four
  • 2008: La fille de Monaco
  • 2008: Go Fast
  • 2008: La très très grande entreprise
  • 2009: Commis d'office
  • 2009: London River
  • 2010: Outside the Law
  • 2010: Point Blank
  • 2010: Turk's Head
  • 2010: Happy Few
  • 2012: The Cold Light of Day, por Mabrouk El Mechri, como Zahir
  • 2012: Une nuit, de Philippe Lefebvre, como Simon Weiss
  • 2012: Mains armées, de Pierre Jolivet, como Lucas Scali
  • 2012: Just like a Woman, de Rachid Bouchareb
  • 2012: Collision, de David Marconi
  • 2014: Bird People, de Pascale Ferran, como Simon
  • 2014: La Rançon de la gloire
  • 2014: On a failli être amies
  • 2015: Alaska
  • 2017: Les hommes du feu por Pierre Jolivet
  • 2017: The Price of Success
  • 2018: Nothing to Hide

Como cineastaEditar

Ano Título Creditado como Notas
Director Roteirista
2006 Má Fé       Também creditado como actor
2011 Omar Matou-me       Também co-produtor
2014 Culturista       Também actor e produtor
2016 Chocolat      

Prémios e nomeaçõesEditar

Ano Prémio Trabalho nomeado Resultado
2008 Prémio César ao Melhor Actor secundário My little business Nomeado
2006 Prémio César ao Melhor Actor secundário O Jovem Tenente Nomeado
2006 Festival de Cinema de Cannes - Melhor Actor Dias de Glória Vencedor
2007 Prémio César à Melhor Primeira longa-metragem Má Fé Nomeado
2007 Balões de Cristal, Prémio ao Melhor Actor Má Fé Nomeado
2009 Prémio César ao Melhor Actor secundário A Garota de Mónaco Nomeado
2009 Balões de Cristal, Prémio ao Melhor Actor A Garota de Mónaco Nomeado
2012 Prémio César à Melhor Adaptação Omar Matou-me Nomeado
2017 Balão de Cristal ao Melhor Filme Chocolat Vencedor

ReferênciasEditar

  1. «Festival de Cannes: Days of Glory». festival-cannes.com 
  2. «Le film "Omar m'a tuer" candidat aux Oscars 2012». aufaitmaroc.com. Consultado em 3 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 26 de agosto de 2011 

Ligações externasEditar