Roseira

município brasileiro no estado de São Paulo
Disambig grey.svg Nota: Para a flor e seu pé, veja Rosa.
Roseira
  Município do Brasil  
Igreja Nossa Senhora da Piedade
Igreja Nossa Senhora da Piedade
Símbolos
Bandeira de Roseira
Bandeira
Brasão de armas de Roseira
Brasão de armas
Hino
Gentílico roseirense
Localização
Localização de Roseira em São Paulo
Localização de Roseira em São Paulo
Roseira está localizado em: Brasil
Roseira
Localização de Roseira no Brasil
Mapa de Roseira
Coordenadas 22° 53' 52" S 45° 18' 18" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária[1] São José dos Campos
Região imediata[1] Guaratinguetá
Região metropolitana Vale do Paraíba e Litoral Norte
Municípios limítrofes Norte:Potim;
Leste:Aparecida;
Sul: Lagoinha;
Sudoeste: Taubaté;
Oeste: Pindamonhangaba.
Distância até a capital 155 km
História
Fundação 18 de fevereiro de 1959 (60 anos)
Emancipação 21 de março de 1965 (54 anos)
Aniversário 21 de março
Administração
Prefeito(a) Jonas Polydoro (PSD, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 130,654 km²
População total (Censo IBGE/2019[2]) 10 712 hab.
Densidade 82 hab./km²
Clima tropical de altitude
Altitude 551 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,777 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 166 243,250 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 17 599,33

Roseira é um município brasileiro do estado de São Paulo, na microrregião de Guaratinguetá. Localiza-se a uma latitude 22º53'53" sul e a uma longitude 45º18'19" oeste, estando a uma altitude de 551 metros. Sua população estimada em 2019 era de 10.712 habitantes.[2]

HistóriaEditar

Em 1901, é construída a "Igreja de Nossa Senhora da Piedade" no então distrito de Roseira, que na ocasião fazia parte de Guaratinguetá.
Em 1910, é construída a "Igreja de Sant'Ana", Atualmente igreja matriz da cidade.
Em 17 de dezembro de 1928, Guaratinguetá perde o território de Aparecida, consequentemente Roseira passa a ser distrito da mesma.
Em 30 de novembro de 1944, é criado o distrito de Roseira, a partir do desmembramento das terras dos distritos sedes de Aparecida e Pindamonhangaba.
E em 21 de março de 1965, se emancipa politica-administrativamente de Aparecida.

GeografiaEditar

Possui uma área de 130 km². A densidade demográfica é de 74,96 hab/km².

Os municípios limítrofes são Potim a norte, Aparecida e Guaratinguetá a leste, Lagoinha a sul, Taubaté a sudoeste e Pindamonhangaba a oeste.

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2000

População total: 8.577

  • Urbana: 8.013
  • Rural: 564
  • Homens: 4.366
  • Mulheres: 4.211

Densidade demográfica (hab./km²): 65,88

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 14,38

Expectativa de vida (anos): 72,03

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,16

Taxa de alfabetização: 91,64%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,777

  • IDH-M Renda: 0,669
  • IDH-M Longevidade: 0,784
  • IDH-M Educação: 0,877

(Fonte: IPEADATA)

HidrografiaEditar

  • Rio Paraíba do Sul
  • Rio Parapitingui
  • Ribeirão dos Surdos
  • Ribeirão dos Pombos
  • Ribeirão Roseira
  • Ribeirão Roseira Velha
  • Ribeirão Veloso
  • Ribeirão Boa Vista
  • Córrego dos Índios
  • Córrego Santa Maria
  • Córrego do Mato Dentro
  • Córrego do Rosário
  • Córrego de Mello
  • Córrego Branco
  • Córrego Matão
  • Córrego do Macuco
  • Córrego do Vaticano
Profundidade do lençol freático

Nível estático: 20m Nível dinâmico: 50m

ClimaEditar

Roseira possui clima temperado e inverno seco. Temperaturas: máxima (35º) e mínima (9º). Precipitação: de 1.500mm.

BairrosEditar

Rurais
  • Veloso
  • Pindaitiba
  • Rancho Alegre
  • Vargem Grande
Suburbanos
  • Barretinho
  • Roseira Velha
  • Pedro Lemes
Residenciais
  • Nova Era
  • Jardim Primavera
  • Vila Velha
  • Pasin
  • Parque das Rosas
  • Vila Roma
Urbanos
  • Vila Prado

Redes de transportesEditar

  • Pela Rede Ferroviária Federal (Estrada de Ferro Central do Brasil), com estação na cidade de Roseira;
  • Pela Rodovia Washington Luiz (antiga Rodovia Rio-São Paulo);
  • Pelo Caminho do Imperador (antigo Caminho Real) datando do século XVIII;
  • Pela Rodovia Presidente Dutra e por uma nova estrada ligando Roseira ao município de Aparecida.

Estações ferroviáriasEditar

  • E. F. do Norte (1877-1890);
  • E. F. Central do Brasil (1890-1957);
  • RFFSA (1957-1998)

RodoviasEditar

  • SP-62
  • Vias de acesso - Rodoviário
  • Distância da Rodovia Tronco (Via Dutra): 500m
  • Distância da sede Região (Guaratinguetá): 20 km

Possui 65,5 km de estradas municipais, ligando a sede aos demais bairros, com ramificações para Aparecida, Guaratinguetá e Lagoinha, dos quais 14,5 km são asfaltadas.

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973[5], quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[6], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[7] para suas operações de telefonia fixa.

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. a b c «Censo Populacional 2010». Estimativa 2019. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Julho de 2019 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  6. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  7. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar