Abrir menu principal
Mosteiro do Salvador de Paço de Sousa, um dos 58 monumentos inseridos na rota.

A Rota do Românico é uma rota turístico-cultural, composta por 58 monumentos de estilo românico na região do Tâmega e Sousa, em Portugal.

A Rota do Românico surgiu a partir da necessidade de aproveitar o potencial de qualificação cultural e turística e desenvolver de forma sustentável a região. Foi criada graças ao Plano de Desenvolvimento Integrado do Vale do Sousa, em colaboração com o Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR) e a Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN). Nesta altura, a 19 monumentos inicialmente identificados juntam-se mais dois e contratualizam-se os direitos e deveres de todas as entidades envolvidas, bem como o conjunto base de acções necessárias para a sua dinamização.

Graças à criação desta rota turística, os monumentos a ela pertencentes foram alvo de várias obras de restauro e de conservação.

Em Março de 2010, deu-se o alargamento da Rota do Românico a todos os municípios da sub-região do Tâmega, passando de seis para doze membros. Aos concelhos pertencentes à Associação de Municípios do Vale do Sousa, juntaram-se os concelhos de Amarante, Baião, Celorico de Basto, Marco de Canaveses, da Associação de Municípios do Baixo Tâmega, e ainda Cinfães e Resende.[1]

A Rota do Românico recebeu, também, inúmeros prémios a nível nacional e internacional.[2]

Igreja Românica de Cete, um dos 58 monumentos inseridos na rota.

Índice

MonumentosEditar

 
esta secção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

FelgueirasEditar

LousadaEditar

Paços de FerreiraEditar

ParedesEditar

PenafielEditar

Castelo de PaivaEditar

CinfãesEditar

ResendeEditar

BaiãoEditar

Marco de CanavesesEditar

AmaranteEditar

Celorico de BastoEditar

PrémiosEditar

  • Prémio Turismo de Portugal 2009, na categoria "Requalificação de Projecto Público", na BTL 2010 – Feira Internacional de Turismo
  • Prémio no XXXV Troféu Internacional de Turismo, Hotelaria e Gastronomia, na Feira Internacional de Turismo - FITUR 2010
  • Prémios Novo Norte – Boas Práticas de Desenvolvimento Regional, na categoria “Norte Civitas”
  • Medalha de Mérito Turístico, atribuída pelo Governo Português

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 5 de janeiro de 2011. Arquivado do original em 23 de dezembro de 2014 
  2. [1][ligação inativa]
  Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.