Abrir menu principal
Insígnia da RIC.

A Royal Irish Constabulary (abreviado RIC; ou em português: Real Polícia Irlandesa) foi a principal força policial irlandesa dos séculos XIX e XX.[1] Uma força policial civil separada, a desarmada Polícia Metropolitana de Dublin controlava a capital e as cidades de Derry e Belfast, que originalmente tinham sua própria força policial, mas mais tarde passaram a ser subdivisões da RIC.[1] Cerca de 75% da RIC era formada por católicos romanos e os outros 25% eram de várias denominações protestantes, o que era similar à demografia da Irlanda. O sucesso do sistema policial da RIC foi influênciada pela Real Polícia Montada canadense, da Polícia de Vitória na Austrália e da Royal Newfoundland Constabulary de Terra Nova.[2] A RIC foi extinguida em 1922 e substituida pela Guarda Siochána no sul e pela Royal Ulster Constabulary no norte.[3]

Durante a Guerra pela Independência da Irlanda, a RIC foi um dos alvos principais dos rebeldes do IRA (o Exército Republicano Irlandês) devido a polícia real ser uma das mais importantes fontes de informações e espionagem para o Reino Unido.[4]

Referências

  1. a b Tobias, J.J. (1975). "Police and the Public in the United Kingdom" in "Police Forces in History". [S.l.]: SAGE Publications. ISBN 0803999283 
  2. Jim Herlihy, The Royal Irish Constabulary, Four Courts Press, 1997, ISBN 1851823433, pp. 87-91
  3. BBC Northern Ireland: A Short History
  4. Aengus O Snodaigh (21 de janeiro de 1999). «Gearing up for war: Soloheadbeg 1919». An Phoblacht. Consultado em de junho de 2007  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externasEditar