Rudolf Brandt

Rudolf Brandt (2 de junho de 1909, Frankfurt - 2 de junho de 1948 foi um oficial da SS.

Rudolf Brandt
Rudolf Brandt som tiltalt i Legeprosessen i Nürnberg
Nascimento 2 de junho de 1909
Frankfurt an der Oder
Morte 2 de junho de 1948 (39 anos)
Prisão de Landsberg
Cidadania Alemanha
Alma mater
Ocupação jurista, político, advogado
Lealdade Alemanha Nazista
Religião apostasia ao catolicismo
Causa da morte forca

Advogado, Brandt foi chefe do escritório do Reichsführer SS (Persoenlicher Referent von Himmler) Heinrich Himmler, e julgado nos Processo contra os Médicos, em Nuremberg. Considerado culpado por crimes contra a humanidade, foi morto por enforcamento.