Rudolfo I de Genebra

Rudolfo I de Genebra
Nascimento Desconhecido
Condado de Genebra
Morte 1265
Progenitores Pai:Guilherme II de Genebra
Filho(s) Amadeu II de Genebra, Aymon II de Genebra
Ocupação conde
Título conde
Blason comte Geneve ancien.svg

Rudolfo I de Genebra nasceu em cerca de 1220 e morreu em 1265. Filho de Guilherme II de Genebra, foi considerado por historiadores como "o mais brigão dos filhos de um pai brigão" [1].

LutasEditar

Foi Conde de Genebra entre 1252 e 1265 e cerca de 1234 Aymon de Faucigny fez-se protector de Chamonix em violação dos direitos da Condado de Genebra, na altura Guilherme II de Genebra seu pai, o que provocou a guerra entre os senhores de Genebra, e os de Faucigny aliados aos da casa de Saboia e que foi prejudicial aos de Genebra que vieram a perder possessões. Depois da morte do seu pai, Rudolfo tenta recuperar os bens e pela força obriga Simon de Joinville, senhor de Gex, a prestar-lhe homenagem ocupando um dos seus castelos, enquanto recusa prestar homenagem a qualquer Saboiardo.

As consequências são terríveis e entre guerras e decisões dos tribunais de Genebra perde quase todas os litígios que tinha com um primo chamado Henrique que tinha vendido os direitos do condado a Pedro de Saboia. Perde quase tudo e obrigam-no a pagar uma enorme indemnização 2'000 viennois. No final do imensos territórios que tinham só "lhes resta" o condado de Genebra [1].

DescendênciaEditar

Casou-se com Maria de la Tour-du-Pin Dame de Varey, irmã de Alberto III de la Tour-du-Pin, de quem terá seis filhos: Aimon II de Genebra, Guy, Henrique que será Arcebispo de Bordeaux em 1289, Amadeu II de Genebra, João e Margarida.


Antecessor Rodolfo I de Genebra
(1220 - † ?1265)
Sucessor
Guilherme II de Genebra  
Conde de Genebra
1252 - 1265
Aymon II de Genebra

Referências

  1. a b Emmanuel-Philibert de Pingon (1525–1582), Chronique de Savoie, quoted in Cox (1974), 83–86. Versão inglesa deste artigo

Ver tambémEditar