Abrir menu principal
Ruf Automobile GmbH
RUF Logo pt.jpg
Pública
Atividade Indústria automobilística
Fundação 1939
Sede Pfaffenhausen,  Alemanha
Pessoas-chave Alois Ruf
Produtos Automóveis
Website oficial http://www.ruf-automobile.de/

Ruf Automobile GmbH é um fabricante de automóveis alemão. Os seus carros, são construídos a partir de chassis da Porsche. Quando chega um chassi as mãos da Ruf, por exemplo, esta constrói o seu próprio carro, independente sobre o carro. Pelo motivo da Ruf instalar muitas das suas peças feitas por ela, a empresa é reconhecida como uma fabricante pelo governo alemão. A Ruf é sobretudo conhecida pelo modelo CTR Yellowbird. A Ruf é considerada a maior customizadora atualmente de Porsche, sendo a sua principal rival a Gemballa de Leonberg, Alemanha.

Índice

HistóriaEditar

 
Alois Ruf (jun.) 2010

A empresa foi fundada em 1923 em Pfaffenhausen, na Alemanha como "Auto Ruf" por Alois Ruf. Inicialmente Alois possuía somente uma garagem, que acabou por ser expandida para incluir um completo serviço de posto de gasolina. A Ruf começou a experimentar os projectos dos seus próprios veículos no final de 1940, e em 1955, projectou e construiu um autocarro de turismo, que comercializou em toda Alemanha. A resposta positiva que a Ruf recebeu, levou a expandir o seu negócio mais uma vez, iniciando a sua própria empresa de autocarros de propriedade distinta.

Ao contrário do seu pai, Alois Ruf Jr, que era um entusiasta por carros desportivos começou a restaurar automóveis Porsche na garagem de seu pai, em 1960. Em 1974, quando o seu pai - Alois Ruf - morreu, Alois Jr. assumiu o controle do negócio e rapidamente decidiu acabar com a empresa de autocarros, garagem de serviço e posto de gasolina, a comutação da companhia para ser exclusivamente centrado no trabalho com os veículos Porsche. Um ano depois, em 1975, a Ruf passou a comercializar os seus próprios veículos.

Ruf estreou seu primeiro modelo completo em 1977, sendo uma versão ajustada do Porsche 930 com um motor de 3,3 litros. Isto foi seguido em 1978 quando a Ruf, lançou um veículo aspirado, a partir do Porsche 911 com um motor de 3,2 litros produzindo 217 HP.

Nos anos seguintes, a empresa fez uma marca importante no mundo auto-motivo, produzindo veículos excepcionalmente poderosos e exclusivamente baseados na Porsche, incluindo o CTR de 1987, que estabeleceu o recorde como o automóvel de produção mais rápido do mundo, na época do seu lançamento, e depois o CTR2 que foi novamente reconhecido como um dos mais rápidos veículos rodoviários legais disponíveis em qualquer lugar do mundo.

Em Abril de 2007, a Ruf lançou o protótipo CTR3 para comemorar a nova fábrica da empresa no Bahrein e como uma celebração do 20º aniversário do CTR original.

ModelosEditar

 
Ruf RGT
 
Ruf CTR3
 
Ruf CTR Yellow Bird
  • Ruf CTR (também conhecido como CTR Yellowbird)
  • Ruf CTR2
  • Ruf CTR3
  • Ruf RGT
  • Ruf BTR
  • Ruf Turbo R
  • Ruf R Kompressor
  • Ruf RTurbo
  • Ruf Rt 12
  • Ruf 3400S
  • Ruf 3600S
  • Ruf RK Coupe
  • Ruf worldcustom

Carros ElétricosEditar

O eRuf Model A é um modelo de carro, alimentado por energia elétrica, feito pela Ruf Automobile. O carro é alimentado por um sistema de propulsão UQM e um PowerPhase UQM 150.[1] O carro tem uma velocidade máxima de 225 km/h sendo capaz de fornecer 150 kW (201 cv) e 479 lb-pés de torque (650 Nm).[2][3] O intervalo estimado por carga é de 250 km para 320 km, dependendo do nível de desempenho, utilizando-fosfato de ferro, lítio-íon, estes construídos pela AXEON da Grã-Bretanha.[4] A inércia do motor funciona como um gerador produzindo eletricidade para carregar as baterias

ReferênciasEditar

  1. «UQM Technologies». Uqm.com. Consultado em 29 de abril de 2009 
  2. Nick Hall (13 de novembro de 2008). «eRuf Model A (electric Porsche 911)». MSN Cars. Consultado em 17 de janeiro de 2009 
  3. Jake Holmes (outubro de 2008). «Ruf eRuf Concept Model A - Car News». Car and Driver. Consultado em 17 de janeiro de 2009 
  4. «Electric Drive Transportation Association». Electricdrive.org. Consultado em 29 de abril de 2009 

Ligações ExternasEditar