Rui Simões (cineasta)

realizador e produtor cinematográfico português

Rui Simões (Lisboa, 20 de Março de 1944) é um cineasta português que se caracteriza pela prática do documentário histórico, visto como cinema militante, de intervenção política, e ainda pela realização de documentários em vídeo e de gravações de peças de teatro e de bailado.

Rui Simões
Nascimento 20 de março de 1944
Lisboa
Cidadania Portugal
Ocupação produtor cinematográfico, diretor de cinema

BiografiaEditar

Terminados os estudos secundários, frequentando depois um curso de ballet no Teatro Nacional São Carlos, em Lisboa, deixa o país (1966), evitando o serviço militar e a mobilização para a guerra colonial. Fixa-se em Paris e depois em Bruxelas, onde frequenta a École Ouvriére Supérieure e um curso de História na Université Libre de Bruxelles. Em 1970 é aluno no curso de Realização Cinema e Televisão do IAD (Institut des Arts de Diffusion em Bruxelas).

Regressa a Portugal depois da Revolução dos Cravos. Trabalha para a firma Animatógrafo de António da Cunha Telles como director de produção. Exerce funções pedagógicas em cursos de formação de várias instituições, tais como o Núcleo de Cineastas Independentes, em escolas superiores de educação, na Quaser-Centro, na Academia de Artes e Tecnologias, na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade Independente. Lecciona também nos Estados Unidos, nas universidades de Harvard (Carpenter Center), Cornell (Departamento de História e de Antropologia) e em Berkeley (Pacific Films Archives).

RealficçãoEditar

Rui Simões é responsável pela produtora Realficção (Lisboa), onde também desenvolve actividades pedagógicas no audiovisual e multimédia. A empresa dedica-se não só a produzir obras suas mas também de realizadores que se preocupam com a injustiça social de grupos desfavorecidos ou marginais, quer em Portugal quer nas ex-colónias portuguesas. [1] [2] [3] [4]

FilmografiaEditar

Longas-metragensEditar

Curtas-metragensEditar

VídeosEditar

Referências

  1. As propriedades revolucionárias das imagens em movimento. A propósito de alguns filmes de Rui Simões realizados em Portugal – artigo de Mickaël Robert-Gonçalves, Comunicação & Inovação, São Caetano do Sul, v. 14, n. 27:(3-9) jul-dez 2013
  2. Entrevista ao realizador Rui Simões (38 min.) na Stv Moçambique a propósito de uma mostra de filmes em Moçambique (Maputo e Inhambane) em novembro 2015
  3. Episódio 30 do magazine Rumos da RTP África dedicado às culturas lusófonas (Rumos)
  4. Cruzamentos cinematográficos – mostra de filmes de Rui Simões em Moçambique, 18 a 28 de novembro 2015 – noticia do ICA
  5. 'Ensaio sobre Teatro' na Cinemateca - notícia de Elisabete França no Diário de Notícias, 13 de novembro 2006
  6. Ruas da amargura – documentário sobre os sem abrigo, 2007 (111 min.). Exibido no Cineclube de Viseu, fevereiro 2011
  7. Guerra ou Paz – notícia no Cinecartaz, Jornal Público
  8. Guerra ou Paz – notícia em Guerra ou Paz, 3 de março 2017
  9. Guerra ou Paz na pág. do Bloco de Esquerda
  10. São Pedro da Cova, a revolução e o cinema, 40 anos depois – notícia de Abel Coentrão no jornal Público, 21 de abril 2017

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar