Russ Tamblyn

Russell Irving Tamblyn (Los Angeles, 30 de dezembro de 1934) é um ator e dançarino estadunidense.

Russ Tamblyn
Nascimento 30 de dezembro de 1934
Los Angeles
Cidadania Estados Unidos
Progenitores
  • Eddie Tamblyn
Cônjuge Venetia Stevenson
Filho(s) Amber Tamblyn
Ocupação ator, ator de teatro, ator de televisão, ator de cinema
Página oficial
http://www.russtamblyn.com

BiografiaEditar

Nascido e criado em Los Angeles, Tamblyn foi ginasta quando jovem. Ele começou sua carreira como ator na Metro-Goldwyn-Mayer. Apareceu no musical Sete Noivas para Sete Irmãos (1954).[1] Posteriormente, interpretou Norman Page no drama A Caldeira do Diabo (1957), pelo qual foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Isso levou Tamblyn a ser escalado para papéis principais, como no filme policial Escola do Vício (1958), e no papel-título de O Pequeno Polegar (1958).

Seu talento como dançarino foi demonstrado em vários outros musicais, incluindo Amor, Sublime Amor (1961), no qual ele interpretou Riff, o líder da gangue dos Jets. O sucesso de West Side Story levou a papéis posteriores, incluindo papéis no filme de terror Desafio do Além (1963), dirigido por Robert Wise, e no filme de ficção científica japonês A Invasão dos Gargântuas (1966).

Ao longo da década de 1970, Tamblyn apareceu em vários outros projetos no cinema e trabalhou como coreógrafo na década de 1980. Em 1990, ele estrelou como Dr. Lawrence Jacoby no drama televisivo Twin Peaks de David Lynch, reprisando o papel durante seu revival de 2017.

Vida pessoalEditar

Tamblyn se casou com a atriz Venetia Stevenson em 1956, mas o casal se divorciou no ano seguinte. Ele se casou com Elizabeth Kempton, uma showgirl, em Las Vegas em 1960.[2][3] Ele e Kempton tiveram um filho, antes de se divorciarem em 1979. Seu segundo filho, a atriz Amber Tamblyn, nasceu em 1983 com sua terceira esposa Bonnie Murray.

Referências

  1. Hopper, Hedda (23 de outubro de 1955). «Russ tamblyn rose fast the slow way». Los Angeles Times 
  2. «People: Marriages». The Cincinnati Enquirer. 10 de maio de 1960. p. 3 – via Newspapers.com 
  3. «Milestones». Time. 23 de maio de 1960. Consultado em 9 de junho de 2021 

Ligações externasEditar