Ruth Shady

Ruth Shady
Nascimento 24 de dezembro de 1946 (73 anos)
El Callao
Cidadania Peru
Alma mater Universidade Nacional Maior de São Marcos
Ocupação antropólogo, arqueólogo, professora universitária
Prêmios 100 Mulheres
Empregador Universidade Nacional Maior de São Marcos

Ruth Martha Shady Solís (Callao, 29 de dezembro de 1946) é uma antropóloga e arqueóloga peruana. Ela é a fundadora e diretora do projeto arqueológico de Caral.

BiografiaEditar

Ao longo de sua carreira, dirigiu diversos projetos de investigação arqueológica na costa, nas montanhas e nas florestas tropicais do Peru, colocando ênfase no estudo do desenvolvimento das complexas organizações sócio-políticas da antiguidade. Foi diretora do Museo Nacional de Arqueología y antropologia del Perú (Museu Nacional de arqueologia e Antropologia do Peru), e diretora do Museu de arqueologia e Antropologia da Universidade Nacional de São Marcos. Ela trabalha no sítio de Caral desde 1994 e é creditada com a descoberta da primeira civilização conhecida do Peru; Shady nomeou a civilização de "After Caral", enquanto o termo Norte Chico foi adotado na língua inglesa.

Em 2001, Shady e outros arqueólogos publicaram uma datação por radiocarbono do sítio de Caral no vale do Peru, indicando que a arquitetura corporativa monumental, assentamento urbano e agricultura de irrigação começou nas Américas 4090 anos antes do presente (2627 anos antes de cristo) a 3640 anos antes do presente (1977 anos antes de cristo). O Caral está localizado a 23 km da costa do Pacífico e contém uma zona central de arquitetura monumental, residencial e não-residencial que abrange uma área de 65 hectares (160 acres). O Caral é um dos 18 grandes sítios no Supe Valley.

A Dr. Shady detém o cargo de Presidente da ICOMOS-Peru, e é a principal professora e coordenadora do Mestrado em arqueologia pela Universidade Nacional de São Marcos. É a diretora do projeto arqueológico Caral-supe/ Inc.[1]

Referências

  1. Solis, Ruth Shady; Haas, Jonathan; Creamer, Winifred (27 de abril de 2001). «Dating Caral, a Preceramic Site in the Supe Valley on the Central Coast of Peru». Science (em inglês). 292 (5517): 723–726. ISSN 0036-8075. PMID 11326098. doi:10.1126/science.1059519 


Ligações externasEditar