Abrir menu principal

São Brás (Praia da Vitória)

freguesia de Praia da Vitória
Portugal Portugal São Brás 
  Freguesia  
Igreja Paroquial de São Brás
Igreja Paroquial de São Brás
Localização no concelho de Praia da Vitória
Localização no concelho de Praia da Vitória
São Brás está localizado em: Açores
São Brás
Localização de São Brás nos Açores
Coordenadas 38° 45' 49" N 27° 7' 55" O
País Portugal Portugal
Região Flag of the Azores.svg Açores
Concelho VPV1.png Praia da Vitória
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Nuno Miguel Aguiar de Meneses (PS)
Área
 - Total 5,30 km²
Altitude 1 m
População (2011)
 - Total 1 088
    • Densidade 205,3 hab./km²

São Brás é uma freguesia portuguesa do concelho da Praia da Vitória, com 5,30 km² de área e 1 088 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 205,3 hab/km².

Esta localidade foi elevada a freguesia em 1951 e é bastante conhecida pela sua Igreja paroquial, dedicada a São Brás, que data do século XV.

Índice

PopulaçãoEditar

População da freguesia de São Brás [1]
1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 351 1 260 1 067 1 021 1 012 1 088

Criada pelo Decreto Lei nº 38.173, de 17/02/1951, com lugares da freguesia de Lajes (Praia da Vitória)

Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 210 164 508 130 20,8% 16,2% 50,2% 12,8%
2011 173 152 634 129 15,9% 14,0% 58,3% 11,9%

Trilho pedestre: Relheiras da Fonte do CãoEditar

 
Relheiras de São Brás

Este trilho pedestre foi inaugurado no dia 25 de Abril de 2005. Tem uma extensão que se aproxima dos 5 quilómetros, ao longo dos quais foram colocados sinais de orientação e placas de informação sobre as plantas endémicas, típicas das florestas da Laurissilva características Macaronésia que acompanham grande parte deste percurso.

Existem e também placas informativas sobre os vários tipos de relheiras, que são marcas antigas dos Carros de bois e de outros meios de transporte primitivo e que provem desde o inicio do povoamento da ilha.

Estas marcas, raríssimas no seu género, tem vários formatos conforme o meio de transporte que as fazia. As mais primitivas tem a forma de um V, fruto das passagens dos carros de bois com rodados pregados e as relheiras em forma de U causadas pela circulação de carros de chapa lisa.

Tanto os pregos como as chapas metálicas, eram postas em volta das rodas de madeira, como forma de aumentar a sua durabilidade.

Este antigo trilho perdido na memória dos homens foi encontrado em 1994 por um agrupamento de escuteiros que acampava no local.

Foi a partir dai que o Corpo Nacional de Escutas deu inicio ao processo de estudo, limpeza e conservação das relheiras e também de proceder a um inventário das espécies vegetais existentes ao longo do caminho.

Só depois de concluído este trabalho, a Junta de Freguesia, já no ano 2005 deu inicio à criação deste percurso pedestre.

Dada a importância do achado e da flora que o percurso atravessa a Câmara Municipal da Praia da Vitória juntou-se aos trabalhos e através do Projecto de Coesão Rural apresentado pelo Corpo Nacional de Escutas da freguesia de São Brás e pela Junta de freguesia para financiar o trilho pedestre, tendo o projecto sido avalizado pela Secretaria da Economia, com o empenho da Delegação do Turismo da ilha Terceira e os Serviços Florestais.

Património construídoEditar

Património naturalEditar

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes


  Este artigo sobre geografia dos Açores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.