Abrir menu principal

São Francisco (São Paulo)

município brasileiro no estado de São Paulo

São Francisco é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 20º21'33" sul e a uma longitude 50º41'48" oeste, estando a uma altitude de 402 metros. A cidade tem uma população de 2.793 habitantes (IBGE/2010) e área de 75,6 km².[2]

Município de São Francisco
"A cidade criança"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 3 de maio de 1958 (61 anos)
Gentílico são-francisquense
Prefeito(a) Mauricio Honório de Carvalho (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de São Francisco
Localização de São Francisco em São Paulo
São Francisco está localizado em: Brasil
São Francisco
Localização de São Francisco no Brasil
20° 21' 32" S 50° 41' 49" O20° 21' 32" S 50° 41' 49" O
Unidade federativa São Paulo
Mesorregião São José do Rio Preto IBGE/2008[1]
Microrregião Jales IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Urânia, Dirce Reis, Jales, Palmeira d'Oeste
Distância até a capital 608 km
Características geográficas
Área 75,6 km² [2]
População 2 793 hab. Censo IBGE/2010[2]
Densidade 36,94 hab./km²
Altitude 402 m
Clima tropical aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,758 alto PNUD/2000[3]
PIB R$ 26 443 mil IBGE/2009[4]
PIB per capita R$ 9 137,01 IBGE/2009[4]

HistóriaEditar

No dia 3 de maio de 1958 foi fundado o patrimônio de São Francisco, pelo senhor Euphly Jalles, juntamente com o Sr. José Pinheiro Neto (co-fundador), cujo nome foi dado em homenagem a seu pai Francisco Jalles.

O patrimônio fora planejado com o intuito de ser cidade. O dia 3 de maio fora escolhido por ser o dia de santa cruz, cuja manhã foi chuvosa, obrigando o padre a rezar a missa campal sob um guarda-chuva, o homem que segurava o guarda-chuva chamava João Mantovani.

Ali compareceram alguns moradores que haviam adquirido lotes e construído suas casas por intermédio do Senhor José Pinheiro Neto, o primeiro habitante que tinha a função de administrar o patrimônio e vender os lotes, o qual também exercia a função de prático em farmácia, sendo a sua farmácia a primeira de São Francisco.

Assistiram a missa e presenciaram o ato de fundação os senhores: Antônio Galoni, Juvenal Câmara, Manoel Rocha da Silva, Aloísio Rocha da Silva, Alfredo Buzzo, João Mantovani e muitos outros. nesta data levantou-se o cruzeiro. Ainda neste dia foi lavrada a ata de fundação.

O local onde se realizou a missa estava destinado à futura capela. falou na ocasião Euphly Jalles, esclarecendo os objetivos da fundação e enaltecendo o trabalho até então realizado. frisou que na periferia do patrimônio haveria o loteamento de pequenas propriedades rurais, não devendo ultrapassar a dois alqueires.

No ano de 1959 o patrimônio de São Francisco foi elevado à categoria de distrito, pertencente ao município de Jales.

Pela lei estadual nº 8.092 de 28 de fevereiro de 1964, São Francisco foi elevado à categoria de município.

Existia no município de São Francisco o então distrito de Dirce Reis que em 9 de janeiro de 1990 obteve autonomia político-administrativa, tornando-se município.

GeografiaEditar

HidrografiaEditar

  • Ribeirão dos Coqueiros

ClimaEditar

  • São Francisco possui um clima tropical semiúmido com inverno seco e verão chuvoso, com precipitações médias em torno de 1362mm. As temperaturas médias mínimas e máximas atingem, respectivamente, 17°C e 33,5°C, com oscilações bruscas durante o ano.

RodoviasEditar

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2010[2]

População total: 2.793

  • Urbana: 2.167
  • Rural: 626
  • Homens: 1.400[5]
  • Mulheres: 1.393

Densidade demográfica (hab./km²): 36,94

EconomiaEditar

  • A Agropecuária é a base da economia local. O Município conta com vários pequenos e médios produtores rurais, o cultivo de frutas cítricas (laranja e limão) e sementes para pastagem se destacam junto com a criação de bovinos e suínos para a indústria de alimentos e laticínios.

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1973, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu em 1985 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[7][8][9].

Prefeitos anterioresEditar

  • 1965 a 1968 - Edson Steluti
  • 1969 a 1972 - João José de Paula
  • 1973 a 1976 - José Nunes Pires
  • 1977 a 1982 - Oscar Antônio da Costa / Guilhermino de Souza Lima (Dirce Reis)
  • 1983 a 1988 - Reinaldo dos Santos
  • 1989 a 1992 - Guilhermino de Souza Lima (Dirce Reis)
  • 1993 a 1996 - Natanael Valera
  • 1997 a 2000 - José Carlos Sabadini
  • 2001 a 2004 - Natanael Valera
  • 2004 a 2008 - Natanael Valera
  • 2009 a 2012 - Sebastião de Oliveira Baptista
  • 2013 a 2016 - Mauricio Honório de Carvalho
  • 2017 a 2020 - Mauricio Honório de Carvalho

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. a b c d «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 1 de setembro de 2011 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 31 de dezembro de 2011. Arquivado do original (PDF) em 5 de agosto de 2012 
  5. «SIDRA IBGE - Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo». IBGE. Consultado em 1 de setembro de 2011 
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Convênio de incorporação da COTESP pela TELESP em 25 de outubro de 1973». Portal da Câmara dos Deputados 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar