Abrir menu principal

São José do Cerrito

São José do Cerrito
  Município do Brasil  
Igreja da Paróquia São Pedro Apóstolo – São Jose do Cerrito, SC.jpg
Símbolos
Bandeira de São José do Cerrito
Bandeira
Brasão de armas de São José do Cerrito
[[Brasão|Brasão de armas]]
Hino
Lema Trabalha e Confia
Gentílico cerritense
Localização
Localização de São José do Cerrito em Santa Catarina
Localização de São José do Cerrito em Santa Catarina
São José do Cerrito está localizado em: Brasil
São José do Cerrito
Localização de São José do Cerrito no Brasil
Mapa de São José do Cerrito
Coordenadas 27° 39' 46" S 50° 34' 48" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Municípios limítrofes Lages, Correia Pinto, Curitibanos, Brunópolis, Vargem, Abdon Batista, Cerro Negro e Campo Belo do Sul
Distância até a capital 269 km
História
Fundação 7 de dezembro de 1961 (58 anos)
Administração
Prefeito(a) Arno Tadeu Marian (PSD, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 946,243 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 9 273 hab.
Densidade 9,8 hab./km²
Clima Mesotérmico úmido, com temperatura média de 16,1°C, e pluviosidade de 1.570 mm/ano (cfb)
Altitude 910 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,636 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 90 880,958 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 8 564,79

São José do Cerrito é um município brasileiro do estado de Santa Catarina.

Município localizado no planalto serrano catarinense. Sua colonização por não indígenas nativos iniciou no século XIX através dos bandeirantes paulistas que exploravam os campos de Lages. Seu primeiro nome em português foi em torno de 1927, junto à capela São José, próxima ao Rio Caveiras: localidade de Caru, que pelos moradores locais significa: “terra fértil” e pelos indígenas significa “forte e corajoso como o rio”. Mas em 1953 passou a se chamar São José do Cerrito. Passou por anos sendo chamada de Caru em referências a profecias de João Maria de Agostinho, um dos monges ¨João Maria”, da história do Contestado.

Portal de entrada de São José do Cerrito via BR-282

TurismoEditar

Passo dos Fernandes

Local onde existe a Ponte sobre o Rio Caveiras, com lindas cascatas. Aprazível para passeios e banhos de rio. Fica a 15 km do Centro, na divisa com Lages.

Pesque e Pague Herman Motta

Local próprio para pesca, localizado a 15 km do Centro, na localidade de Santo Antônio.

Piscina natural Marcos Wernner

Além dos banhos, o local é próprio para passeios. Fica a 8 km do centro, na localidade de Bom Jesus.

Festa do Feijão

É realizada bienalmente em anos pares, no mês de abril no Parque Municipal de Exposições, com gastronomia à base de feijão, Encontro Tradicionalista, Rodeio Crioulo e exposição de produtos agrícolas.

Feira do Terneiro e Gado Geral

Ocorre anualmente, no mês de abril no Parque Municipal de Exposições. Exposição e comércio de animais.

Festa de São Pedro

Padroeiro do Município. Ocorre anualmente na Praça da Igreja Matriz, no dia 29 de junho, com atividades religiosas, gastronomia e festejos populares.

 
Capela e salão de festas em Salto dos Marianos, São José do Cerrito, às margens da BR-282

Importância históricaEditar

Casas subterrâneas

Uma equipe de pesquisadores coordenados pelo padre jesuíta Pedro Ignácio Schmitz da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos-RS) vem trabalhando numa série de estruturas subterrâneas que foram encontradas na região, segundo os arqueólogos trata-se do maior conjunto de casas ou abrigos subterrâneos localizados até agora no país. As estruturas que foram datadas em cerca de 1000 anos guardam vestígios das populações nativas que habitaram o planalto catarinense em tempos pré-colombianos, uma verdadeira "cidade perdida " que está sendo desenterrada desde 2007 quando o padre Ignácio começou os trabalhos de investigação no local. Já foram encontradas mais de 200 estruturas algumas medindo 7 metros de profundidade por 20 de diâmetro, e ainda há muito mais a se descobrir afirmam os pesquisadores que são financiados pela UNISINOS-RS e pela UNISUL-SC.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar