São Lucas (distrito de São Paulo)

distrito da cidade de São Paulo

São Lucas é um distrito situado na Zona Leste do município de São Paulo, no Brasil. O distrito foi dissociado do distrito de Vila Prudente em 1986, ocasião em que houve uma grande alteração nas subdivisões do município.

São Lucas
São Lucas (distrito de São Paulo)
Área 9,9 km²
População (29°) 136.175 hab. (2010)
Densidade 137,55 hab/ha
Renda média R$ 2.402,85
IDH 0,864 - elevado (42°)
Subprefeitura Vila Prudente
Região Administrativa Leste
Área Geográfica 5 Sudeste
Distritos de São Paulo

Bairros de São Lucas: Jardim Silveira (parte); Vila Charlote; Vila Rosa; Vila Raquel; Vila Ivone; Vila Margarida; Jardim Sofia; Vila Florinda; Vila Ema; Vila Santo Antônio; Vila Angelina; Vila Norma; Jardim Theália; Vila Amadeu; Vila São Domingos; Vila Carmem; Parque Tomás Saraiva; Jardim Independência; Jardim Tereza; Vila Darli; Jardim Central; Jardim Otília; Vila Mercedes; Vila Mirtes; Jardim São Lourenço; Jardim Dias; Vila Paulo Silas; Vila Santa Virgínia; Vila Moça; Vila Central; Vila Divina Pastora; Parque São Lucas; Sítio Pinheirinho; Vila Anadir; Cidade Continental; Jardim Guairacá; Vila Heloísa; Jardim Redenção; Vila Cleonice; Vila Moderna; Vila Arlinda; Vila Nova Pauliceia; Parque Residencial Oratório; Vila Merly; Vila Nair; Vila Ivg; Vila Lavínia; Vila Ana Clara; Vila Else; Vila Miami; Vila Rosicler; Jardim Panorama; Vila Industrial; Vila São Nicolau; Vila Mendes; Vila Cunha Bueno; Vila Iguaçu; Vila Nova Utinga; Parque Pereira.

História

editar

O Parque São Lucas não teve um grande povoamento até meados do século XX, se comparados com o município de São Caetano do Sul e o distrito de Vila Prudente, pois suas terras alagadiças não eram muito propícias para a moradia e agricultura. A partir da Década de 1930, houve uma reversão dessas inundações com a canalização de um rio que hoje está localizado abaixo da Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, e com a intensa imigração e migração para São Paulo, a região do Parque São Lucas passou a ser uma localidade dormitório recebendo uma população oriunda principalmente do sul de Minas Gerais e do interior do Estado de São Paulo que vieram para a capital para trabalhar nas indústrias da Família Matarazzo na várzea do Rio Tamanduateí, (Mooca, Vila Prudente, Ipiranga e a região do ABC Paulista).

Antes disso, as terras pouco exploradas do São Lucas, pertenciam aos irmãos Antônio, Luís e Domingo de Luccas. São Lucas, o santo padroeiro de sua família, veio a dar nome a essas terras.

O alemão Francisco Fett chegou ao Brasil depois da Segunda Guerra Mundial e, com o capital que havia reservado, comprou terras na região do Parque São Lucas. Começou assim o loteamento das terras.

O padre italiano Aldo Giuseppe Maschi (1920-1999) chegou ao Parque São Lucas por acaso, já que fora enviado em missão para outra região de São Paulo, mas se encantou com a população local e decidiu ficar no distrito, onde existia uma pequena capela (Capela de Santo Antônio). O Padre Aldo construiu no lugar dessa capela uma grande paróquia (Paróquia São Filipe Neri) em homenagem a São Filipe Neri, fundador da Congregação do Oratório. Fundou, então, junto à paróquia, o Oratório de São Filipe Neri do Parque São Lucas. Esta congregação hoje é composta de 4 padres, 3 irmãos, 2 noviços e 2 postulantes, como também ampliou sua fundação trazendo para o distrito um convento feminino, as Irmãs Auxiliadoras do Oratório, que já possui 6 irmãs. Estas irmãs mantém uma padaria que ajuda no sustento das vocações oratorianas. O distrito de São Lucas tem uma forte predominância de imigrantes Italianos e Judeus que se instalaram na região.

Todos os anos, a paróquia São Filipe Néri realiza durante os finais de semana de Maio a tradicional festa em homenagem a São Filipe Néri. Em janeiro comemora-se o aniversário do Parque São Lucas.

O dia de São Lucas é comemorado em 20 de janeiro, de acordo com a lei municipal 14.485, de 19 de julho de 2007. Anteriormente, o Dia do Parque São Lucas era comemorado em 16 de maio, de acordo com a lei municipal 11.758/1995, mas essa lei foi revogada.

O Parque São Lucas é muito procurado pelos moradores de bairros vizinhos, tais como Vila Prudente, Vila Alpina, Vila Zelina e Jardim Avelino, por possuir um famoso centro comercial nos arredores da Avenida São Lucas e da Avenida do Oratório, com uma diversidade de lojas, escritórios e empresas, atendendo a diversos bairros do município. A administração pública regional fica a cargo da Subprefeitura da Vila Prudente.

Panorâmica do distrito

editar
360 graus sobre São Lucas

Acesso

editar

Sua área se dá em torno das vias: Avenida do Oratório, Avenida Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Rua Costa Barros.

O distrito é atendido pelas estações Oratório, São Lucas, Camilo Haddad e Vila Tolstói (esta última no limite com Sapopemba) da Linha 15–Prata do Metrô de São Paulo, que está em construção e ligará a estação do Metrô de Vila Prudente ao distrito Cidade Tiradentes, por via elevada, que deveria estar em completa operação até o fim de 2019,[1] porém encontra-se com as obras atrasadas e sem previsão de conclusão.

O terreno de 180 mil m² localizado na Avenida do Oratório, onde existia uma fábrica da empresa Coats Corrente (Linhas Corrente), foi desapropriado pela Prefeitura de São Paulo, que destinou 90 mil m² para a construção do pátio de manobras para o monotrilho e 85 mil m² para a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, que implantará o Parque Municipal São Lucas.[2]

Demografia

editar

A demografia do distrito é composta por:

|-

| Classe A ||

28 %

|-

| Classe B ||

58 %

|-

| Classe C ||

12 %

|-

| Classe D ||

2 %

|-

| Classe E ||

0 %

Atrações

editar

Fontes

editar

Referências

  Este artigo sobre geografia do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.