Venâncio de Camerino

(Redirecionado de São Venâncio de Camerino)
Disambig grey.svg Nota: Para o santo do Vêneto do século VI, veja Venâncio Fortunato.

Venâncio de Camerino (em latim: Venantius; em italiano: Venanzio, conhecido também como Wigand[3]) é o padroeiro de Camerino, Itália. Segundo a tradição cristã, Venâncio tinha apenas 15 anos de idade[1] quando foi torturado e decapitado durante a perseguição de Décio. Foram martirizados com ele outros dez cristãos[1], incluindo o padre Porfírio, o tutor de Venâncio, e Leôncio, o bispo de Camerino.

São Venâncio de Camerino
Torturas de São Venâncio: pendurado de ponta cabeça sobre uma fogueira e depois atirado aos leões. Mural da Igreja de São Venâncio, Horgenzell.
Mártir
Morte  
c. 250[1]
Veneração por Igreja Católica
Igreja Ortodoxa[2]
Festa litúrgica 18 de maio
Atribuições Jovem crucificado de ponta cabeça com fumaça saindo da cabeça; jovem segurando a cidade de Camerino; jovem segurando a cidade de Camerino, a palma do martírio e um livro; jovem com um estandarte segurando o muro da cidade.
Padroeiro Camerino, Itália
Gloriole.svg Portal dos Santos

Antes de ser morto, Venâncio foi flagelado, queimado com tochas, pendurado de cabeça para baixo sobre uma fogueira, teve seus dentes arrancados e sua mandíbula, quebrada, foi atirado aos leões e jogado de um desfiladeiro. Seus "Atos" alegam, ainda, que ele conseguiu escapar por um breve período de Camerino e se escondeu em Raiano, onde também há uma igreja dedicada a ele[1].

VeneraçãoEditar

Venâncio foi enterrado fora da muralha da cidade, onde uma basílica foi construída no século V e depois reconstruída muitas vezes ao longo dos séculos. O culto de São Venâncio se popularizou: sua imagem apareceu em moedas e em litanias; fontes perto da basílica, associadas ao santo, eram utilizadas por leprosos e pessoas com úlceras pépticas na tentativa de uma cura. Venâncio depois substituiu São Ansovino como padroeiro da cidade.

Em 1259, durante a destruição e saque de Camerino pelas tropas de Manfredo da Sicília, as relíquias de São Venâncio foram transportadas em segurança para o Castel dell'Ovo, em Nápoles. Elas foram devolvidas a Camerino em 1269, por ordem do papa Clemente IV, adversário de Manfredo.

No século XVII, o papa Clemente X, que fora bispo de Camerino, contribuiu ainda mais para a disseminação do culto de São Venâncio: ele elevou a festa do santo ao nível de rito duplo e compôs hinos para o ofício litúrgico de Venâncio.

No Calendário Geral Romano de 1670 até 1969, a festa foi uma celebração de terceira classe do dia 18 de maio.

Referências

  1. a b c d «San Venanzio di Camerino» (em italiano)  Parâmetro desconhecido |publicaod= ignorado (ajuda).
  2. [http://www.synaxarion.gr/gr/sid/3237/sxsaintinfo.aspx Ὁ Ἅγιος Βενάντιος ὁ Μάρτυρας 18 Μαΐου. ΜΕΓΑΣ ΣΥΝΑΞΑΡΙΣΤΗΣ.
  3.   "Sts. Wigand" na edição de 1913 da Enciclopédia Católica (em inglês). Em domínio público.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Venâncio de Camerino