Abrir menu principal
Sérgio Vieira Chapelin
Chapelin (esq.) nos anos 1970
Nascimento Valença, RJ
Ocupação jornalista
apresentador
repórter
locutor
Nacionalidade brasileiro

Sérgio Vieira Chapelin (Valença, 12 de maio de 1941) é um jornalista, repórter, locutor e apresentador de televisão brasileiro.[1]

CarreiraEditar

Sérgio iniciou a carreira como locutor de rádio, passando pela Rádio Nacional, Rádio MEC e Rádio Jornal do Brasil. Estreou na Rede Globo em 1972 como âncora do Jornal Hoje substituindo Ronaldo Rosas, e no mesmo ano passou a ancorar o Jornal Nacional ao lado de Cid Moreira.

Em 1983, Sérgio deixou a Rede Globo para apresentar o Show sem Limite, no SBT, mas a experiência não deu certo, pois o então presidente das Organizações Globo Roberto Marinho boicotou em sua emissora as propagandas em que Sérgio apresentava — tais propagandas eram as principais fontes de renda de Sérgio, e assim logo retornou à Rede Globo em 1984 para ancorar novamente o Jornal Nacional a partir de 1989 e como âncora exclusivo do Fantástico até 1992.[2]

Sérgio tornou-se também o primeiro apresentador do Globo Repórter, programa que apresentou durante 23 anos, até 27 de setembro de 2019, quando se despediu do programa e da emissora. Depois de quase cinquenta anos na Globo, o jornalista decidiu se aposentar.[1][3] Chapelin tem uma fazenda em Itamonte, na região de São Lourenço, sul de Minas Gerais.[4]

TrabalhosEditar

  • Jornal Nacional (1969) telejornal diário (âncora) (1972–1983) e (1989–1996)
  • Fantástico (1973) programa de variedades (âncora)
  • Isto É Pelé (1975) (versão em português)
  • Samba da Criação do Mundo (1978) (voz) Narrador
  • Nas Ondas do Surf (1978) (voz) Narrador
  • Copa 78 - O Poder do Futebol (1979) (voz) Narrador
  • Show sem Limite (1983–1984)
  • Uma Canção Brasileira (1986)
  • Fantástico 30 Anos - Grandes Reportagens (2004) (V)
  • Globo Repórter (1973–1983) e (1986–1989) e (1996–2019)

Referências

  1. a b «Sérgio Chapelin se despede com emoção do "Globo Repórter" nesta sexta-feira (27)». Diário do Nordeste. 27 de setembro de 2019. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  2. «O dia em que Sérgio Chapelin trocou a Globo pelo SBT». Tribuna do Paraná. 27 de setembro de 2019. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  3. Balles, Alessandra (9 de agosto de 2019). «Sandra Annemberg e Maju Coutinho mudam de jornal». MSN. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  4. «Sérgio Chapelin cai do cavalo e se afasta do "Globo Repórter"». Folha de S.Paulo. 19 de junho de 2008. Consultado em 12 de janeiro de 2013 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Citações no Wikiquote
  Imagens e media no Commons
Precedido por
Hilton Gomes
Apresentação do Jornal Nacional
1972 — 1983
Sucedido por
Celso Freitas
Precedido por
Celso Freitas
Apresentação do Jornal Nacional
1986 — 1996
Sucedido por
Lillian Witte Fibe
  Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.