Abrir menu principal
Sérgio Sá
Informação geral
Nome completo Sérgio Antônio Sá de Albuquerque
Nascimento 17 de janeiro de 1953
Origem Fortaleza, Ceará
País  Brasil
Morte 3 de outubro de 2017 (64 anos)
Local de morte Fortaleza, Ceará
Gênero(s) MPB, pop, romântico
Período em atividade 1969-2017
Outras ocupações Cantor, compositor, músico, arranjador, produtor musical, escritor, palestrante
Gravadora(s) RCA, Som Livre
Afiliação(ões) Fábio Júnior, Roberto Carlos, Tim Maia, Simone, Vanusa, Chitãozinho & Xororó
Página oficial http://www.geocities.ws/sousergiosa/
http://www.geocities.ws/sousergiosa/biografia.htm
http://www.tratore.com.br/um_cd.php?id=9609

Sérgio Antônio Sá de Albuquerque (Fortaleza, 17 de janeiro de 1953 - Fortaleza, 3 de outubro de 2017), artisticamente conhecido por Sérgio Sá, foi um cantor, compositor, produtor musical, arranjador e músico brasileiro.[1][2]

CarreiraEditar

Independente de sua cegueira congênita, Sérgio Sá possuía um talento incomum para a música, tendo iniciado sua carreira em 1969, cantando baladas de rock. Em 1973, aos 20 anos e usando o nome artístico de Paul Bryan, lançou seu maior sucesso como intérprete: "Listen", que integrou a trilha sonora da novela O Bem-Amado. Mas foi como compositor que Sérgio tornaria-se conhecido no Brasil, sendo autor de mais de 350 músicas, gravadas por Fábio Júnior, Roberto Carlos, Tim Maia, Vanusa, Simone, Chitãozinho & Xororó, entre outros. No universo infantil, Sérgio Sá compôs músicas para os icônicos especiais da Rede Globo: Pirlimpimpim - com a música Narizinho interpretada por Bebel Gilberto (1982) e Pluct, Plact, Zuuum - com a música Gruta das Formigas, interpretada por ele mesmo, em 1983. Além disso, foi responsável pela abertura e trilha sonora da série Mundo da Lua, da TV Cultura. Sérgio também participou do Teatro Cego, ministrava palestras despertando a consciência sobre os sentidos favorecendo assim o tema da inclusão. Foi ainda autor de livros publicados: "Fábrica de Sons" (Globo Livros), "Feche os olhos para ver melhor", "Ecos do amanhã" e "Aos olhos de um cego" (Sá Editora).

MorteEditar

Faleceu em 3 de outubro de 2017, aos 64 anos, após sofrer um infarto.[3][4]

Referências

  1. «Sérgio Sá». Dicionario Cravo Albin da MPB. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  2. «Sérgio Antônio Sá de Albuquerque (1953-2017): Mortes: Cego com orgulho, foi compositor de baladas de sucesso». Folha Online. 3 de outubro de 2017. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  3. «Sérgio Sá morre em Fortaleza após infarto». G1 Música. 3 de outubro de 2017. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  4. «Morre Sérgio Sá, compositor de músicas gravadas por Tim Maia e Fábio Jr». Diário de Pernambuco. 3 de outubro de 2017. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.