Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Abril de 2008). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sílvio Mendes
Foto oficial de prefeito de Teresina.
51° Prefeito de Teresina
Período 1º de janeiro de 2005
até 31 de março de 2010
Antecessor Firmino Filho
Sucessor Elmano Férrer
Dados pessoais
Nascimento 31 de agosto de 1949 (70 anos)
Campo Maior, PI, Brasil
Partido PP (2017–presente)
PSDB (1990–2017)
Profissão Médico

Sílvio Mendes de Oliveira Filho (Campo Maior, 31 de agosto de 1949) é um médico e político brasileiro filiado ao Progressistas (PP). Foi prefeito da cidade de Teresina, capital do Piauí.[1] No dia 31 de março de 2010, renunciou ao cargo para poder ser candidato ao Governo do Piauí.

FamíliaEditar

De família humilde do interior do Piauí, Silvio tem 15 tios pelo lado paterno, onde seu pai é o mais velho dos irmãos. O avô de Silvio, Joaquim Mendes de Oliveira, homem simples, saiu de Simplício Mendes, ao sul do Piauí, para viver em Teresina, e ajudar a criar os filhos. O tio mais jovem de Silvio, Felipe Mendes de Oliveira, foi eleito deputado federal por 3 legislaturas, tendo sido também vice-governador, além de o secretário de fazenda mais jovem do Brasil, no governo de Dirceu Arcoverde. Silvio nunca havia levado a política como profissão, tendo sido aclamado pelo PSDB à candidatura de Teresina. Em 20 de fevereiro de 2017, se filiou ao Partido Progressista (PP).

HistóricoEditar

Sílvio Mendes de Oliveira Filho nasceu em Campo Maior, cidade do Piauí localizada a 80 quilômetros ao norte de Teresina. Graduado em Medicina em 1974, pela Universidade Federal de Pernambuco. Especializado em Ortopedia na Universidade de São Paulo. Em Teresina, trabalhou no Hospital Getúlio Vargas, Clínica São Lucas e Ortoclínica. É médico do Ministério da Saúde (SUS) e membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.

Foi presidente da Fundação Municipal de Saúde nas gestões dos prefeitos Raimundo Wall Ferraz (1993/1995) e Chico Gerardo (1995/1996), e nos dois períodos de Firmino Filho (1996/2004). Implantou o Programa Saúde da Família na capital piauiense.

Eleito prefeito de Teresina em 2004,derrotando em uma disputa de segundo turno a esposa do então Senador Mão Santa, Adalgisa Moraes Sousa(PMDB), Sílvio Mendes construiu maternidades e pronto-socorros nos bairros Promorar (zona Sul), Dirceu Arcoverde (Sudeste), Cidade Satélite (Leste) e Buenos Aires (Norte), para atendimento de urgência e emergência. Entre outras obras, efetivou a construção do Hospital de Urgências de Teresina e implantou o projeto Lagoas do Norte construiu a Ponte Estaiada João Isidoro França. Em 2008 foi reeleito prefeito de Teresina com 70,36% dos votos válidos e definiu a disputa já no primeiro turno derrotando Nazareno Fonteles (PT), seu principal adversário que recebeu 25,91% dos votos válidos.

Concorreu ao governo do estado do Piauí no ano de 2010, mas foi derrotado no segundo turno pelo então governador Wilson Martins (PSB). Descartou ser candidato a qualquer cargo em 2018.[1]

Referências