Abrir menu principal

Síndrome de Löffler

Síndrome de Löffler
Vermes intestinais podem entrar no sangue e invadir os pulmões para re-infectar o intestino de um hospedeiro.
Especialidade pneumologia
Classificação e recursos externos
CID-10 J82
CID-9 518.3
DiseasesDB 7580
MedlinePlus 000105
eMedicine ped/1322
MeSH D011657
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Síndrome de Löffler ou de Loeffler é uma doença caracterizada pelo acúmulo de eosinófilos no pulmão, em resposta a uma infecção por um verme parasita, como as lombrigas. Pode causar tosse, dificuldade para respirar, respiração acelerada, vômito e febre.

Foi descrita, pela primeira vez, em 1932 por Wilhelm Löffler,[1] em casos de pneumonia eosinofílica causada por parasitas, como o Ascaris lumbricoides,[2] o Strongyloides stercoralis e os causadores da ancilostomíase, Ancylostoma duodenale e Necator americanus.[3]

Apesar de Löffler ter descrito somente a pneumonia eosinofílica no contexto da infecção, muitos autores atribuem o termo "síndrome de Löffler" a qualquer forma de aumento da atividade dos eosinófilos nos pulmões (eosinofilia pulmonar) de início agudo, independente de sua causa básica. Se a causa for desconhecida, isso é especificado e chamado de "eosinofilia pulmonar simples". Os problemas cardíacos causados por lesões provocadas pelas proteínas secretadas pelos eosinófilos (por exemplo, a proteína básica principal) são conhecidos como endocardite de Loeffler e podem ser causados por eosinofilia idiopática ou por eosinofilia em resposta a infecção parasitária.

Diagnóstico e tratamentoEditar

O diagnóstico é feito com radiografia pulmonar mostrando uma área de infecção pulmonar e um hemograma completo mostrando mais de 500 eosinófilos por microlitro. Um exame de parasitas em fezes pode revelar o verme responsável, o que permite selecionar o antiparasitários mais adequado para matar os vermes responsáveis.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Löffler, W (1932). «Zur Differential-Diagnose der Lungenifiltrierungen. I. Frühfiltrate unter besonerer Berücksichtigung der Rückbildungszeiten». Beiträge zum Klinik der Tuberkulose. 79. pp. 338–367 
    Löffler, W (1932). «Zur Differential-Diagnose der Lungenifiltrierungen. II. Über flüchtige Succedan-Infiltrate (mit Eosinophilie)». Beiträge zum Klinik der Tuberkulose. 79. pp. 368–382 
    Löffler, W (1935). «Flüchtige Lungeninfiltrate mit Eosinophilia». Klinische Wochjenschrift. 14 (9). Berlin. pp. 297–9. doi:10.1007/BF01782394 
  2. 463077386 no GPnotebook
  3. https://www.medindia.net/medical-syndromes/pulmonary-conditions/loefflers-syndrome.htm


  Este artigo sobre Patologia (doença) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.