Sírinx

ninfa

Na mitologia clássica, Syrinx ou Sírinx e Siringe (em grego clássico: Συρινξ, transl. Syrinx[1]) é uma ninfa e uma seguidora de Artemis, conhecido por sua castidade. Por quem apaixonou-se. Quando este a perseguiu, ela, cansada de fugir, pede às divindades para livrá-la do sofrimento. Estas a transformam em um caniço. Assim, Pan, ao abraçar Sírinx, viu-se abraçando um caniço. Então, Pan montou um instrumento com o caniço — a siringe ou flauta de Pã.

Syrinx
Hacker Arthur Syrinx.jpg
Syrinx, por Arthur Hacker

Safo, em seu poema a Euneica, de Salamina, diz que ela era tão esbelta quanto Sírinx, que foi violada por Pã, e que gostaria de beijar Euneica assim como Pã beijou Sírinx.[2]

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sírinx
  Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.