S-400

Sistema russo de defesa antiaérea e de ataque ao solo

O S-400 Triunfo (em russo: C-400 «Триумф») conhecido anteriormente como S-300PMU-3, é uma nova geração de sistema de mísseis antiaéreos desenvolvido pelo Almaz Central Design Bureau da Rússia na década de 1990 como uma atualização da família de mísseis S-300. Está em serviço nas Forças Armadas da Rússia desde 2007.

S-400
С-400 «Триумф».JPG
O S-400 russo
Tipo Sistema de Míssil terra-ar móvel
Local de origem  Rússia
História operacional
Em serviço 28 de Abril de 2007[1]
Utilizadores Rússia
Histórico de produção
Criador Almaz/Antei Concern of Air Defence (PVO Kontsern)
Fabricante Fakel Machine-Building Design Bureau
Variantes 152+ (2015)[2]
Especificações
Alcance
Operacional
400 km (míssil 40N6)
250 km (míssil 48N6)
120 km (míssil9M96E2)
40 km (míssil 9M96E)
Velocidade Mach 6.2 (48N6)
Mach 2.9 (9M96E2)
Mach 2.3 (9M96E)

O S-400 utiliza três mísseis diferentes para cumprir seu envelope de desempenho, cada um com suas características. Estes são:

  • 40N6 - Extremo longo alcance
  • 48N6 - Longo alcance
  • 9M96 - Médio alcance

DesenvolvimentoEditar

O desenvolvimento do sistema do S-400 começou no final da década de 1990. O sistema foi anunciado formalmente pela Força Aérea Russa em Janeiro de 1999. Em 12 de Fevereiro de 1999, os primeiros testes foram realizados com sucesso no Kapustin Yar em Astracã. Como resultado, o S-400 estava com entrada prevista no exército russo em 2001.

Em 2003, tornou-se aparente que o sistema não estava pronto para uso, mas em Agosto, dois oficiais militares de alto-escalão expressaram suas preocupações de que o S-400 estava sendo testado utilizando interceptadores obsoletos do S-300P e concluíram que não estava pronto para produção.

Enfim, a finalização do projeto foi anunciada em Fevereiro de 2004. Em Abril, um míssil balístico foi interceptado com sucesso em um teste do míssil interceptador atualizado 48N6DM.[3][4] Aceito oficialmente em serviço em 2007.[5]

De acordo com a mídia o preço do 1º Batalhão (divisão (cerca de 7-8 lançadores) em 2014 é de US$200 milhões.[6]

OperadoresEditar

Futuros operadoresEditar

  •   Arábia Saudita – Contrato assinado em outubro de 2017 durante visita oficial do rei saudita Salman I à Moscou. O valor de mais de US$ 3 bilhões e também inclui equipamentos terrestres para as Forças Terrestres Reais Sauditas. [12]
  •   Índia – Contrato assinado em outubro de 2018 durante uma reunião oficial entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, em Nova Delhi. O valor negociado de US$ 5,43 bilhões inclui a entrega de cinco regimentos do sistema de defesa aérea S-400 para a Força Aérea da Índia até 2020. [13]

Referências

  1. «ЗРС С-400 Триумф». S400.ru. Consultado em 25 de Novembro de 2015. Arquivado do original em 31 de outubro de 2001 
  2. «Россия готовится к новым звездным войнам». vpk.name 
  3. «Russia: New S-400 Air Defense System Coming Soon». Periscope Daily Defense News Capsules. 4 de Abril de 2001 
  4. «Russia Trumpets New S-400 Missile System». BBC Monitoring. 21 de Março de 2001 
  5. «-400,». Consultado em 25 de Novembro de 2015 
  6. «С-400 против MEADS». Правда.Ру. Consultado em 25 de Novembro de 2015 
  7. «Западный военный округ получил дивизион комплексов С-400». Consultado em 12 de Julho de 2019 
  8. «Belarus asks Russia for S-400 SAM systems by 2010 - source». Consultado em 12 de Julho de 2019 
  9. «Russia starts shipping S-400 air defense missile system to China: TASS cites source». Consultado em 12 de Julho de 2019 
  10. «Algeria might have begun deploying new Russian SAM systems». Consultado em 12 de Julho de 2019 
  11. «Turquia anuncia chegada do 1º lote dos sistemas russos S-400 nesta sexta-feira». Consultado em 12 de Julho de 2019 
  12. «Russia confirms sale of S-400 missile systems to Saudi Arabia». Consultado em 12 de Julho de 2019 
  13. «India Russia S-400 missile deal: All you need to know». Consultado em 12 de Julho de 2019 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre S-400
  Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.