Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro

(Redirecionado de SMTU)
Brasão da cidade do Rio de Janeiro.svg
Secretaria Municipal de Transportes
Rua Dona Mariana, nº 48, 5º ao 7º andar - Botafogo
Município do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, RJ
Site oficial
Atual secretário Maína Celidonio

Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) é uma das secretarias da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. É o órgão responsável de formular e executar a política municipal de transportes, pela melhoria da qualidade dos projetos de transporte público de passageiros que visam a melhoria da segurança e conforto das pessoas.[1]

EstruturaEditar

A estrutura organizacional da secretaria compreende, além das três subsecretarias, Subsecretaria de Planejamento (SUBP), Subsecretaria de Licenciamento e Fiscalização em Transportes e Subsecretaria de Gestão (SUBG), uma Coordenadoria Geral de Monitoramento e uma Coordenadoria de Regulamentação e Infrações Viária.[2]

Lista de secretáriosEditar

A tabela abaixo lista os nomes dos titulares da Secretaria Municipal de Transportes desde 2017, bem como as datas do início e do fim do mandato e o(a) prefeito(a) do município do Rio de Janeiro no período:

Nome Início do mandato Fim do mandato Prefeito(a)
Fernando Luiz Cumplido Mac Dowell da Costa 1º de janeiro de 2017[3] 23 de janeiro de 2018[4][5] Marcelo Crivella
Rubens Teixeira 23 de janeiro de 2018[4][5][6] 5 de abril de 2018[6]
Diógenes Dantas Filho 5 de abril de 2018[6] 18 de julho de 2018[6][7][8]
Virginia Maria Salerno Soares 18 de julho de 2018[6][7] 18 de outubro de 2019[9]
Paulo Cesar Amêndola de Souza 18 de outubro de 2019[9] 26 de maio de 2020[10]
Paulo Jobim Filho 26 de maio de 2020[11] 30 de dezembro de 2021[12]
Maína Celidonio de Campos 1º de janeiro de 2021[13][14] Em exercício Eduardo Paes

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Conheça a Secretaria». Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Secretaria Municipal de Transportes. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  2. «SMTROrganograma» (PDF). www.rio.rj.gov.br. 18 de fevereiro de 2021. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  3. Pitasse, Mariana (12 de janeiro de 2017). «Secretariado de Crivella comprova relação com a velha política, diz professor da UFF». Brasil de Fato. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  4. a b Rodrigues, Renan (1 de fevereiro de 2018). «Rubens Teixeira tomará posse como secretário de Transportes do Rio nesta sexta-feira». O Globo. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  5. a b Redação Veja Rio (24 de janeiro de 2018). «Fernando Mac Dowell deixa secretaria de transportes de Crivella». VEJA RIO. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  6. a b c d e FM, Band News Fluminense. «Crivella muda mais uma vez o comando da Secretaria de Transportes». Band News FM - Em 20 minutos tudo pode mudar. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  7. a b Ernesto Magalhães, Luiz (18 de julho de 2018). «Secretário municipal de transportes, coronel Dantas Filho, é a nova baixa do governo Crivella». Extra Online. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  8. G1 Rio (18 de julho de 2018). «Crivella nomeia quarto secretário de Transportes em sete meses». G1. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  9. a b «DECRETO RIO P Nº 832». Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro. 18 de outubro de 2019. p. 3 a 3. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  10. FM, Band News Fluminense. «Prefeitura do Rio realiza mudanças em cargos do executivo». Band News FM - Em 20 minutos tudo pode mudar. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  11. FM, Band News Fluminense. «Prefeitura do Rio realiza mudanças em cargos do executivo». Band News FM - Em 20 minutos tudo pode mudar. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  12. «DECRETOS RIO P Nº 475 a 481». Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro. 1 de janeiro de 2021. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  13. Redação (3 de dezembro de 2020). «Maína Celidonio é a nova Secretaria de Transportes do Rio». Estação Rio. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  14. Ernesto Magalhães, Luiz (2 de dezembro de 2020). «Paes convida economista Maína Celidonio para assumir Secretaria de Transportes». O Globo. Consultado em 2 de janeiro de 2022 

Ligações externasEditar