Abrir menu principal
STS-47
Sts-47-patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Endeavour
Astronautas Robert Gibson
Curtis Brown
Mark C. Lee
Jay Apt
Jan Davis
Mae Jemison
Mamoru Mohri
Base de lançamento Plataforma 39B, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 12 de setembro de 1992
14h23min00s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 20 de setembro de 1992
12h53min24s UTC
Centro Espacial John F.
Kennedy
, Cabo Canaveral,
Flórida, Estados Unidos
Órbitas 126
Duração 7 dias, 22 horas,
30 minutos, 23 segundos
Altitude orbital 310 por 297 quilômetros
Inclinação orbital 57 graus
Distância percorrida 5 265 523 quilômetros
Imagem da tripulação
Em pé: Davis, Lee, Gibson, Jemison e Mohri Sentados: Apt e Brown
Em pé: Davis, Lee, Gibson, Jemison e Mohri
Sentados: Apt e Brown
Navegação
STS-46
STS-52

STS-47 foi uma missão conjunta da NASA e da agência espacial japonesa NASDA, lançada na nave Endeavour em 12 de setembro de 1992, que realizou experiências dos dois países no laboratório Spacelab, em órbita terrestre.[1][2][3]

TripulaçãoEditar

Parâmetros da missãoEditar

[1][2][3]

Hora de acordarEditar

[1][2][3]

Principais fatosEditar

[1][2][3]

O Spacelab-J, uma missão conjunta entre a NASA e a Agência Nacional de Desenvolvimento Espacial do Japão (NASDA), utilizando um módulo tripulado do Spacelab, conduziu investigações sobre a microgravidade e sobre as ciências biológicas. O grupo internacional, composto pelo primeiro astronauta japonês a voar a bordo de um ônibus espacial e pelo primeiro casal casado a voar na mesma missão espacial, foi dividido nos times vermelho e azul para realizar operações constantemente. O Spacelab-J inclua 24 experimentos sobre ciência dos materiais e 20 sobre ciências biológicas, dos quais 35 foram suportados pela NASDA, 7 pela NASA e dois por esforços colaborativos.

Os investigações em ciências dos materiais incluíram campos tais como a biotecnologia, materiais eletrônicos, dinâmica dos fluidos e fenômeno do transporte, vidros e cerâmicas, metais e ligas, e medidas de aceleração. Os experimentos em ciências biológicas incluíam a saúde humana, separação de células e biologia, fisiologia e comportamento humano e animal, radiação no espaço e ritmos biológicos. As cobaias dos testes incluíam o grupo, carpas, células animais e vegetais cultivadas, embriões de galinha, moscas, fungos e sementes de plantas, sapos e ovos de sapos.

Doze recipientes Getaway Special (GAS) (10 com experimentos, 2 com contrapesos) foram carregadas no compartimento de carga. Os experimentos do compartimento mediano foram: o Israeli Space Agency Investigation About Hornets (ISAIAH), o Experimentos de Combustão em Superfície Sólida (SSCE), o Experimentos de Rádio Amador em Ônibus Espacial (SAREX II), o Air Force Maui Optical Site (AMOS), e o Ultraviolet Plume Imager (UVPI). Entre esses recipientes GAS estava o G-102, com o Projeto POSTAR uma iniciativa da Boy Scouts of America em parceria com o TRW Systems Integration Group.

ReferênciasEditar

  1. a b c d e Mark Wade. «STS-47». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. a b c d e Joachim Becker e Heinz Janssen (1 de janeiro de 2019). «STS-47». SPACEFACTS. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. a b c d e «STS-47». NASA. Consultado em 26 de julho de 2019 

Ligações externasEditar