Saad Esporte Clube

Saad Esporte Clube foi um clube de futebol de São Caetano do Sul, posteriormente mudou-se para Campo Grande e, após isso, para Águas de Lindóia, onde disputou campeonatos de futebol feminino.

MS/Saad
Nome Saad Esporte Clube
Alcunhas Raposa do ABC
Sequiano
A Família Sequiana
Torcedor(a)/Adepto(a) Sequiano
Mascote Raposa Azul
Fundação 28 de abril de 1961
Extinção 2013
Estádio Estádio Municipal Leonardo Barbieri
Capacidade 7 200 lugares
Presidente Romeu Carvalho de Castro
Website saadec.com.br
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Fundado pelo empresário Felício José Saad em 28 de abril de 1961[1][2][3][4], suas cores são azul e branco.

O time que teve craques como Dorval, Coutinho e o folclórico Rui Ramos.[5]

História

editar
 
Elenco do Saad em partida contra o Rio Branco-SP em Americana, 1983.

Há várias décadas, o município de São Caetano do Sul manifestava grande pujança através das grandes empresas que lá se estabeleceram. Prevaleciam por lá os clubes sociais e varzeanos. Em uma viagem que fez à cidade de Campinas, o senhor Felício voltou impressionado com o interesse e a paixão clubística dos torcedores campineiros pela Associação Atlética Ponte Preta e pelo Guarani Futebol Clube. Ele achou que faltava à população do grande ABC a alegria de poder se mobilizar em torno de um time profissional de futebol.

Havia em São Caetano do Sul uma equipe que participara por quatro anos seguidos da Primeira Divisão do Campeonato Paulista de Futebol, era a Associação Atlética São Bento[1], oriunda da fusão do São Caetano Esporte Clube com o Comercial Futebol Clube de São Paulo. Todos encerraram suas atividades, embora o São Caetano EC tenha se tornado um clube social de grande êxito. Assim, ao ser visitado pelo então Prefeito de São Caetano do Sul, Walter Braido, o senhor Felício fez a promessa de implantar em São Caetano do Sul uma equipe profissional de Futebol, promessa que cumpriu com grande êxito.

A partir de 1966, o Saad Esporte Clube inicia sua jornada profissional[1], chegando rapidamente à Primeira Divisão do futebol paulista, em 1974.[1] No ano seguinte, repetiu o feito, mas em 1976 a entidade retomou a fórmula do acesso e descenso e o Saad caiu para a segundona.[1]

Em 1985, o time abriu as portas para o futebol feminino[1] quando sofreu o preconceito do futebol para mulheres.

Em 1989, o Saad Esporte Clube fechou as portas por brigas políticas em São Caetano do Sul. No mesmo ano foi fundado a Associação Desportiva São Caetano. Se transferiu para Águas de Lindóia onde jogou os campeonatos de 91 e 92, mas, por causa da falta de apoio, pediu licenciamento no masculino à Federação Paulista em 1993.[5]

A partir do final dos anos 1990, o Saad Esporte Clube desenvolveu um projeto bastante audacioso, implantando uma equipe brasileira de futebol na liga profissional feminina dos Estados Unidos, a WUSA. A viabilidade dessa ousadia só foi possível através de um convênio com a National American University (NAU), que cedeu suas instalações para os treinamentos e hospedagem da equipe na bela cidade de Rapid City. Lá, o Saad manteve equipes femininas em três modalidades distintas de competição: futebol de campo, futebol indoor e futebol de campo “Co-ed”, que reúne homens e mulheres lado a lado no mesmo time.

A agremiação possuiu em sua equipe feminina cinco atletas da seleção brasileira que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004.[5]

O futebol feminino do Saad posteriormente foi sediado em Mato Grosso do Sul, sob o nome de MS/Saad, sendo campeão da Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2007. O time de futebol profissional masculino disputou em 2009 a segunda divisão do Campeonato Sul-Mato-Grossense e em 2010 foi promovido para a primeira divisão do estadual de Mato Grosso do Sul.

O clube encerrou atividades em 2013.[3]

Em 2016, um grupo de meninas disputou a Liga de Desenvolvimento da Conmebol pelo Saad.

Em 2019, é lançado o livro “Almanaque do Saad Esporte Clube: 1961-1992”, de Julio Bovi Diogo, Renato Donisete Pinto e Rodolfo Pedro Stella Jr.[2][3]

Em 2022, uma nova camisa foi feita pelo jornalista William Castro em comemoração aos 61 anos do clube, que coincidiram também com seu ano de fundação, junto a empresa Filacom Golkiper. O novo uniforme carrega uma estrela no vão do número seis em homenagem a Felício José Saad, e um patch que celebra a conquista da Copa do Brasil Feminina de 2007.

Escudos

editar
Evolução do Escudo do Saad Esporte Clube
1961-2005 2006-Presente
   

Títulos

editar

Futebol feminino

editar

Campanhas de destaque

editar

Jogadores de destaque

editar

Notas

  1. Saad jogando pelo estado do Mato Grosso do Sul

Referências

  1. a b c d e f «Saad - Que fim levou?». Terceiro Tempo. Consultado em 24 de julho de 2022 
  2. a b «No dia do futebol, o Saad... - Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: dia nacional do futebol,sport clube rio grande,futebol,memória,coluna,ademir medici,dgabc,setecidades». Jornal Diário do Grande ABC. Consultado em 24 de julho de 2022 
  3. a b c «O Saad fez história. A memória preserva o Saad - Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: dgabc,setecidades,ademir medici,memória». Jornal Diário do Grande ABC. Consultado em 24 de julho de 2022 
  4. «Saad Esporte Clube - Futebol Feminino». www.saadec.com.br. Consultado em 24 de julho de 2022 
  5. a b c «Saad projeta volta aos gramados após 13 anos - 17/03/2006 - Pelé.Net - Revista». www.uol.com.br. Consultado em 24 de julho de 2022 
  6. * Capitalnews. «MS Saad vai brigar pelo bi-campeonato da Copa do Brasil de Futebol Feminino». 4 de setembro 2009. Consultado em 8 de abril de 2020 
  7. * Folha Online. «Mato Grosso do Sul/Saad leva a primeira Copa do Brasil de futebol feminino». 8 dezembro de 2007. Consultado em 8 de abril de 2020 
  8. *Futebol Interior. «Saad/Avaré é campeão Feminino dos Jogos Regionais de São Roque». 6 de julho de 2009. Consultado em 9 de abril de 2020 

Ligações externas

editar
   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.