Abrir menu principal

Sacra Cesárea Católica Real Majestade

Sacra Cesárea Católica Real Majestade (abreviatura SCCRM), foi um tratamento exclusivo ostentado pelo imperador Carlos V, que era também soberano do Reino da Espanha como Carlos I[1][2][3][4].

CriaçãoEditar

Quando Carlos I de Espanha assumiu o trono do Sacro Império Romano-Germânico, criou para si o referido tratamento, que numa época em que o catolicismo estava em contraste na Europa com o islamismo do Império Otomano. O mesmo tratamento serviu para realçar a posição de Carlos como soberano mais poderoso da Europa[5]. - (Quando se falava pessoalmente com imperador, ele devia ser tratado como "Vossa Majestade"[6]).

Referências

  1. «Títulos de Nobreza». ticam.com.br. Consultado em 11 de agosto de 2013 
  2. «Carta del cardenal y los del consejo a Carlos V, sobre la situación del reino» (em espanhol). 12 de setembro de 1520. Consultado em 4 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. «Carta al Emperador, de Gonzalo Díaz de Vargas, alguacil mayor y regidor de la ciudad de los Ángeles, expresando en veinte capítulos las cosas que convienen proveer para el buen gobierno de la Nueva España.» (em espanhol). 20 de maio de 1556. Consultado em 4 de fevereiro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Instituto Luis de Salazar y Castro (2001). «Tratado de genealogía, heráldica y derecho nobiliario» (em espanhol). Consultado em 4 de setembro de 2013 
  5. «Royal Styles and the uses of "Highness». heráldica.org. Consultado em 27 de julho de 2016 
  6. «Carta al Emperador, de Gonzalo Díaz de Vargas, alguacil mayor y regidor de la ciudad de los Ángeles, expresando en veinte capítulos las cosas que convienen proveer para el buen gobierno de la Nueva España.» (em espanhol). 20 de maio de 1556. Consultado em 4 de fevereiro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.