Abrir menu principal

Sacramento (Minas Gerais)

município brasileiro do estado de Minas Gerais
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Sacramento, veja Sacramento.
Sacramento
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Sacramento
Bandeira
Brasão de armas de Sacramento
Brasão de armas
Hino
Lema Sacramento: Paz e Amor
Gentílico sacramentano
Localização
Localização de Sacramento em Minas Gerais
Localização de Sacramento em Minas Gerais
Sacramento está localizado em: Brasil
Sacramento
Localização de Sacramento no Brasil
Mapa de Sacramento
Coordenadas 19° 51' 54" S 47° 26' 24" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Norte: Perdizes;
Nordeste: Araxá e Tapira;
Sudeste: São Roque de Minas e Delfinópolis;
Sul: Ibiraci;
Sudoeste: Pedregulho (SP) e Rifaina (SP);
Oeste: Conquista e Uberaba e
Noroeste: Nova Ponte e Santa Juliana.
Distância até a capital 480 km
História
Fundação 24 de agosto de 1820 (199 anos) (criação do povoado)

03 de julho de 1857 (162 anos) (criação da freguesia)

Emancipação 13 de setembro de 1870 (149 anos) (criação da vila)

03 de junho de 1876 (143 anos) (criação da cidade)

Aniversário 24 de agosto
Administração
Prefeito(a) Wesley de Santi de Melo (MDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 3 073,268 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 23 896 hab.
Densidade 7,78 hab./km²
Clima Tropical e Tropical de Altitude
Altitude 832 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 38190-000 [1]
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,732 alto
PIB (IBGE/2016[5]) R$ 1 345 656,90 mil
PIB per capita (IBGE/2016[5]) R$ 52 118,86
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião[6]
www.sacramento.mg.gov.br (Prefeitura)
www.sacramento.cam.mg.gov.br (Câmara)

Sacramento é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, na microrregião de Araxá. Localiza-se a uma latitude 19º51'55" sul e a uma longitude 47º26'24" oeste, estando a uma altitude de 832 metros. Sua população estimada em 2005 era de 22.000 habitantes. Possui uma área de 3.080,44 km². A densidade demográfica é de 7,78 hab./km².

GeografiaEditar

Seus limites são os municípios de Perdizes a norte, Araxá e Tapira a nordeste, São Roque de Minas e Delfinópolis a sudeste, Ibiraci a sul, os paulistas Pedregulho e Rifaina a sudoeste, Conquista e Uberaba a oeste e Nova Ponte e Santa Juliana a noroeste.

O município de Sacramento localiza-se na região sudoeste do estado de Minas Gerais na Zona do Alto Paranaíba, limitando-se a região do Triângulo Mineiro. Possui uma área total de 3.071 km², fazendo limite com os municípios de Nova Ponte, Santa Juliana, Perdizes e Araxá ao Norte; Conquista e Uberaba a Oeste; Tapira e São Roque a Leste e por último o estado de São Paulo ao Sul. Tem como latitude 19:61:55, longitude 47:26:25 e altitude 850 m.

Dados demográficosEditar

Segundo o IBGE (2010) o município possuía uma população de 23.896 habitantes, dos quais 12.129 correspondiam ao gênero masculino e 11.767 ao gênero feminino. A distribuição étnica por autodeclaração apontou 14.400 (60,26%) brancos, 7.418 (31,04%) pardos, 1.716 (7,18%) pretos e 362 (1,51%) amarelos. No que se refere às expressões religiosas, Sacramento se destaca como uma cidade tradicionalmente católica com uma expressiva população espírita, religiões que correspondem respectivamente a 75,5% e 11,8% dos moradores do município. As denominações evangélicas ocupam o terceiro lugar com 8,9%, seguidos das pessoas sem religião 2,9%, Testemunhas de Jeová 0,74% e pessoas que professam religiões afro-brasileiras ou de múltiplo pertencimento 0,5%.

ClimaEditar

Com clima ameno, as temperaturas médias no mês mais frio – julho - chegam a 17 °C e nos meses mais quentes – janeiro e fevereiro - a 23 °C.

TurismoEditar

O município integra o circuito turístico da Canastra.[7]

Parque Nacional da Serra da CanastraEditar

O Parque Nacional da Serra da Canastra é situado na região sudoeste do Estado, nos municípios de Sacramento, Delfinópolis e São Roque de Minas. O parque abriga a nascente do rio São Francisco, no Vale dos Cândidos. Criado através de Decreto Federal nº 70.355, em 1972, o Parque, com 71.525 ha, possui esse nome devido à semelhança apresentada pelo imenso chapadão que, ao ser avistado de longe, parece ter a forma de uma canastra ou baú.

No Canastra há, ainda, ocorrência dos campos de altitude, uma variação do cerrado, com capões de mata nas grotas e vales. Este tipo de vegetação é habitat natural de espécies como o cachorro-do-mato, veado-campeiro, ema, siriema, codorna, perdiz, gavião, curiango e coruja. Nas partes mais altas é possível visualizar o lobo-guará e o tamanduá-bandeira, espécies raras e ameaçadas de extinção.

Gruta dos PalharesEditar

A Gruta dos Palhares é considerada a maior gruta de arenito das Américas. Ramificando-se em outros compartimentos, tem uma profundidade explorada de aproximadamente 450 metros que, por questão de segurança, só pode ser visitada ou estudada com autorização especial. A formação rochosa é de arenito Botucatu, e sua descoberta deu-se na metade do século XIX. A área de visitação é rica de belezas naturais, com sua altura de 22 metros, abrigando em cada dobra da rocha centenas de ninhos de maritacas, papagaios, andorinhas e outras aves que ali encontram tranquilidade para reprodução.

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE; IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Perfil do Município - Sacramento (MG)». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 6 de dezembro de 2019 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 5 de dezembro 2019 
  6. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 2. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  7. «Listagem dos Circuitos Turísticos» (PDF). Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. p. 9. Consultado em 11 de fevereiro de 2013. Arquivado do original (PDF) em 12 de maio de 2013 

Ligações externasEditar