Safir, que significa "brilho", foi uma, de um grupo de cidades mencionadas em Miqueias 1:10-15. Da união com Aczibe (de Judá), Gate e Maressa, estes lugares aparentemente estavam no sudoeste da Palestina. De acordo com Eusébio, em sua obra Onomasticon, houve uma cidade chamada Safeir, "na terra de montanhas" (de uma confusão com Samir - Josué 15:48, onde a Septuaginta possui Safeir) entre Eleuterópolis e Ascalão.