Abrir menu principal

Saldanha Marinho (Rio Grande do Sul)

município do Rio Grande do Sul
Disambig grey.svg Nota: Para jornalista e político pernambucano, veja Joaquim Saldanha Marinho.

Saldanha Marinho
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Saldanha Marinho
Bandeira
Brasão de armas de Saldanha Marinho
Brasão de armas
Hino
Lema Um oásis de amor e civismo
Gentílico saldanhense
Localização
Localização de Saldanha Marinho no Rio Grande do Sul
Localização de Saldanha Marinho no Rio Grande do Sul
Saldanha Marinho está localizado em: Brasil
Saldanha Marinho
Localização de Saldanha Marinho no Brasil
Mapa de Saldanha Marinho
Coordenadas 28° 23' 34" S 53° 05' 42" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Municípios limítrofes Carazinho, Colorado, Ibirubá e Santa Bárbara do Sul.
Distância até a capital 326 km
História
Fundação 9 de maio de 1988 (31 anos)
Aniversário 9 de maio de 1988
Administração
Prefeito(a) Volmar Telles do Amaral (PP, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 221,605 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 2 869 hab.
Densidade 12,95 hab./km²
Clima subtropical úmido
Altitude 525 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,818 muito alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 68 262,536 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 22 469,56

Saldanha Marinho é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

HistóriaEditar

Oficialmente, a ocupação de Saldanha Marinho ocorreu em 1895, com a vinda de imigrantes alemães das colônias velhas. Os primeiros que adquiriram lotes e se estabeleceram foram as famílias Limberger, Keller, Balz, Barden, Birkhann, Metz, Dorf, Kuhn, Hermann, Neuwald, entre outras.

O nome do novo município, Saldanha Marinho, foi escolhido pela empresa colonizadora, em homenagem a Joaquim Saldanha Marinho, pernambucano de Olinda, nascido em 4 de maio de 1816.

O desenvolvimento do município baseou-se no trabalho e na dedicação de seu povo. No início a área era de mato, rico em pinheirais, e logo instalaram-se engenhos. O primeiro foi de Evaristo de Castro, membro da empresa colonizadora. Os imigrantes, dedicavam-se basicamente a agricultura e pecuária de subsistência.

O Município foi criado pela lei 8593 de 09/05/1988 e instalado em 01/01/1989. O município é formado pelos distritos de Campinas, Esquina Bom Jesus, Santa Teresa, São Miguel, São Lourenço, Passo da Felipa, Alto Jacuí, São Roque, Mato Branco e Colonia Nova.

Com 2982 habitantes em 2007, sua taxa de crescimento populacional foi de -1,03% ao ano entre 2000 e 2007 (Dados do IBGE)

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 28º23'36" sul e a uma longitude 53º05'41" oeste, estando a uma altitude de 525 metros.

Possui uma área de 220,72 km² e sua população estimada em 2004 era de 3 126 habitantes.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar