Samuel Barber

Samuel Osborne Barber II (West Chester, 9 de Março de 1910Nova Iorque, 23 de Janeiro de 1981) foi um compositor norte-americano de música erudita.[1][2]

Samuel Barber
'
Nascimento Samuel Osmond Barber II
9 de março de 1910
West Chester
Morte 23 de janeiro de 1981 (70 anos)
Manhattan
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação compositor, musicólogo, pianista, piano
Prêmios
Obras destacadas Cello Concerto, Adagio for Strings, Agnus Dei, Violin Concerto, Antony and Cleopatra, Capricorn Concerto, Hermit Songs, Knoxville: Summer of 1915, Medea's Dance of Vengeance, Piano Concerto, Piano Sonata, Prayers of Kierkegaard, Second Essay for Orchestra, String Quartet, The School for Scandal, Third Essay, Vanessa, The Lovers
Causa da morte câncer
Assinatura
Samuel Barber autograph.png

Uma de suas obras mais conhecidas é "Adagio for Strings". Começou a compor com sete anos de idade; os seus estudos formais foram feitos no "Instituto de Música Curtis", em Filadélfia. Aos 25 anos tornou-se membro da Academia Americana em Roma.[3]

Compôs o conhecido "Concerto para Violino" Opus 14 sendo este interpretado pelo grande violinista Isaac Stern, e a obra "Music for a Scene from Shelley", Opus 7, esta última baseada num poema de Percy Bysshe Shelley. É o autor de um Concerto para Piano e Orquestra e de uma Sonata para Piano. Sua ópera "Vanessa" (1957) ganhou o Prémio Pulitzer de Música.[4] Em 1963 voltou a receber o Prémio por Piano Concerto.[2]

Referências

  1. Henahan, Donal (24 de janeiro de 1981). «Samuel Barber, Composer, Dead; Twice Winner of Pulitzer Prize». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  2. a b Wentzel, Wayne (2010). Samuel Barber: A Research and Information Guide (em inglês). [S.l.]: Routledge. p. 15-19 
  3. «String Quartet (Samuel Barber)». Hollywood Bowl (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2020 
  4. «Vanessa, by Samuel Barber» (em inglês). Pulitzer. Consultado em 29 de junho de 2020