San Giuda Taddeo delle Suore Carmelitane

Disambig grey.svg Nota: San Giuda Taddeo redireciona para cá. Não confundir com a igreja de San Giuda Taddeo ai Cessati Spiriti, no quartiere Appio-Latino de Roma.

San Giuda Taddeo delle Suore Carmelitane, conhecida erroneamente como Cappella di San Giuda Taddeo, é uma igreja conventual localizada na Via Rovereto, no quartiere Trieste de Roma, a oeste da esquina entre a Via Nomentana com a Viale 21 Aprile[1]. É dedicada a São Judas Tadeu.

San Giuda Taddeo delle Suore Carmelitane
Tipo igreja
Inauguração 1931 (90 anos)
Website oficial
Geografia
Coordenadas 41° 55' 15.240" N 12° 30' 46.987" E
Localização Roma
País Itália

HistóriaEditar

Esta igreja serve ao convento das Irmãs Carmelitas de Santa Teresa de Florença (em italiano: Suore carmelitane di Santa Teresa), uma congregação carmelita ativa que se dedica a ajudar crianças e adolescentes de baixa renda e também mães solteiras. Ela foi fundada pela beata Teresa Manetti em 1872. O complexo é conhecido como Piccola Casa di San Giuda foi fundado como uma instituição de caridade privada em 1907 por uma senhora do Tirol chamada Carolina Tozzi. As irmãs assumiram a administração em 1922 e reconstruíram o complexo em 1930, consagrando a igreja no ano seguinte.

Canonicamente, a igreja é uma subsidiária da paróquia de Sant'Agnese fuori le Mura e não uma capela.

DescriçãoEditar

 
Vista do interior.

ExteriorEditar

Completada em 1931, esta pequena igreja branca de nave única tem um estilo neobarroco, com uma pequena nave ligada, na extremidade do altar-mor, ao edifício do convento, que circunda completamente a abside. A parede da direita se abre em quatro janelas de topo arqueado, cujas molduras continuam lateralmente formando uma cornija. A parede da esquerda tem o mesmo estilo, mas com apenas três janelas por causa do campanário, encostado na estrutura justamente onde a quarta janela ficaria.

Este campanário apresenta alguns detalhes pouco usuais. As aberturas arqueadas para os sinos são cercadas por balaustradas com pilastras e o topo piramidal tem uma pequena persiana em cada face com seu próprio frontão triangular.

A fachada é dominada por um arco semicircular que envolve o portal e cujo interior é recuado; o topo deste arco chega até a arquitrave do entablamento. Este arco é flanqueado por dois pares de pilastras coríntias, com o par mais externo formando os cantos da fachada. Elas suportam um entablamento com uma cornija e um frontão triangular, ambos com dentículos.

Nos cantos da fachada está um par de estátuas, provavelmente os santos carmelitas Santa Teresa de Ávila e São João da Cruz.

InteriorEditar

A nave tem quatro baias e a decoração é simples. Sobre a entrada está uma imagem da fundadora. Sob as duas janelas do fundo estão altares dedicados a Nossa Senhora, abrigando um ícone de Ettore Ballerini, e ao Sagrado Coração. Abaixo das duas mais próximas estão um crucifixo e um retrato de Santo Antônio de Pádua.

O presbitério é uma abside com um arco triunfal e uma concha. Ela é mais estreita que a nave e revestida parcialmente em mármore cor-de-rosa. Ela se abre em duas pequenas janelas retangulares inseridas logo abaixo da cornija, de frente para o convento. A peça de altar é uma pintura de Ettore Ballerini (1940) representando um evento lendário na vida do santo padroeiro da igreja, a cura milagrosa de Abagar, rei de Edessa, utilizando a famosa "Imagem de Edessa" (Mandylion).

Referências

  1. «Cappella di San Giuda Taddeo» (em italiano). InfoRoma 

Ligações externasEditar