Sancho de Faro

Sancho de Faro (Portugal, 1590 — Flandres, 1645), Senhor de Alcoentre e Tagarro, foi um nobre português, filho de D. Francisco de Faro, Conde do Vimieiro, e de D. Mariana de Sousa Guerra, neta de Martim Afonso de Sousa.

Mesmo depois da Restauração da Independência de 1 de Dezembro de 1640, que pôs fim à monarquia dualista da Dinastia Filipina iniciada em 1580, permaneceu fiel a Filipe IIIi de Portugal (IV de Espanha), vindo a morrer na Flandres ao serviço do mesmo rei em 1645,

Casou ca. 1632 com D. Isabela de Luna (morta depois de 1646) e foi pai de:

(1) D. Diogo de Faro e Sousa (Bruxelas, 1633 —Lisboa, 1698). Senhor de Vimieiro, casado em 1658 com Francisca de Menezes de Noronha (morta em 1668).
(2) D. Mariana de Faro e Sousa, casada com Luís Carneiro de Sousa,  primeiro Conde da Ilha do Príncipe, (ca. 1610 — ca. 1653)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.