Sankt Georgen bei Salzburg

Sankt Georgen bei Salzburg
Kath. Filialkirche hl. Nikolaus in Holzhausen.JPG
Igreja católica de Sankt Georgen bei Salzburg
Brasão Mapa
Brasão de Sankt Georgen bei Salzburg
[[Imagem:
Sankt Georgen bei Salzburg está localizado em: Áustria
Sankt Georgen bei Salzburg
|108x180px|Mapa da Áustria, posição de Sankt Georgen bei Salzburg acentuada]]
Dados gerais
País:  Áustria
Estado: Flag of Salzburg.svg Salzburgo
Distrito: Salzburg-Umgebung
Coordenadas geográficas: 47° 59' N 12° 53' E
Altitude: 403 metros acima
do nível do mar
Área: 24,64 km²
População: 2.838 (1/1/2011)
Densidade populacional: 115 18 hab./km²
Placa de veículo: SL
Nº oficial de comunidade 5 03 29
Código postal: 5113
Código telefônico: 06272
Endereço da prefeitura: Gemeindeweg 6
Website: sítio oficial
Prefeito: Friedrich Amerhauser
Partido no poder: ÖVP
NUTS: 323
Fuso horário: CET/CEST (UTC+1/+2)
Localização de Sankt Georgen bei Salzburg
no estado de Flag of Salzburg.svg Salzburgo
Sankt Georgen bei Salzburg im Bezirk SL.png

Sankt Georgen bei Salzburg é uma freguesia na Áustria no estado de Salzburg-Umgebung com 2.838 habitantes (censo 1.1.2011)[1].

GeografiaEditar

 
Área protegida de Weidmoos

A freguesia fica nos Alpes austríacos, na margem direita do rio Salzach, muito perto do estado da Alta Áustria e da Alemanha. Sankt Georgen bei Salzburg é uma freguesia muito rural com muitas pequenas aldeias. A maior parte da região é usada para a agricultura. Além disso existem algumas áreas arborizadas. No Sudoeste da freguesia o rio Salzach constitui a fronteira com Alemanha. O segundo rio digno de ser mencionado é o Moosach. Sankt Georgen também tem uma porção de Weidmoos, uma área de natureza protegida por causa da sua diversidade de pássaros[2]. Sankt Georgen consiste em três Katastralgemeinden (sub-freguesias):

  • Holzhausen
  • Jauchsdorf
  • St. Georgen

As aldeias seguintes fazem parte da freguesia de Sankt Georgen bei Salzburg:

  • Aglassing
  • Au
  • Bruckenholz
  • Helmberg
  • Holzhausen
  • Irlach
  • Jauchsdorf
  • Königsberg
  • Krögn
  • Moospirach
  • Obereching
  • Ölling
  • Roding
  • Sankt Georgen bei Salzburg
  • Seethal
  • Untereching
  • Vollern


As freguesias vizinhas são St. Pantaleon, Lamprechtshausen, Bürmoos, Oberndorf bei Salzburg e Laufen (Baviera).

HistóriaEditar

Na área de Sankt Georgen bei Salzburg já foram descobertos restos da civilização da Idade do Bronze, um cemitério de cerca de 800 a. C., e campas bávaras dos séculos VI e VII a.C. A igreja foi mencionada pela primeira vez no ano 789. No dia 19 de Julho 1997 o artista alemão Gunter Demnig instalou duas pedras de tropeção para recordar os dois Testemunhas de Jeová Johann e Matthias Nobis, que foram executados pelos nacional-socialistas no ano 1940[3]. A instalação dessas duas pedras foi impulsionada por Andreas Maislinger, o fundador da Associação de Serviços Alternativos no Estrangeiro. Em 2009, a ponte que liga St. Georgen com St. Pantaleon e que é situada perto dum antigo campo dos nacional-socialistas, foi declarada uma ponte da recordação. A freguesia está bem ligada aos transportes públicos pelos comboios suburbanos de Salzburgo[4].

Atrações e turismoEditar

Em Sankt Georgen há um museu sobre a freguesia (Heimatmuseum) e um museu sobre Georg Reindl, um escritor austriaco. De 2003 a 2006 o "simpósio de Georg Rendl". Atrações turísticas são o Weidmoos, que faz parte do maior conjunto de pântanos na Áustria, e a reserva natural ao longo do rio Salzach.

Personalidades ilustresEditar

Pessoas ligadas à freguesia:

  • Georg Rendl (1903–1972), escritor, viveu desde 1938 até ao ano da sua morte em Sankt Georgen bei Salzburg
  • Franz Scharl (* 1958), Bispo-auxiliar de Viena, cresceu em Sankt Georgen bei Salzburg
  • Karlheinz Schönswetter (1941–2006), artista, viveu a partir do início dos anos 80 até a sua morte em Sankt Georgen bei Salzburg

ReferênciasEditar