Santa Doroteia (título cardinalício)


Santa Doroteia
Coat of arms of Franciscus.svg        Brasão de Javier Lozano Barragán
Título presbiterial
Santa Doroteia
Fachada de Santa Dorotea in Trastevere
Titular: Javier Lozano Barragán
criado: 12 de junho de 2014
Criado pelo Papa Francisco
Dados do Anuário Pontifício

Santa Doroteia (em latim: Sanctae Dorotheae) é um título presbiterial instituído em 12 de junho de 2014, pelo Papa Francisco. Sua igreja titular é Santa Dorotea in Trastevere.

HistóriaEditar

A paróquia foi ereta pela última vez pelo Papa Leão XIII em 1 de novembro de 1824 com a bula apostólica Super Universam e confiada aos Frades Menores Conventuais, que oficiava na igreja de Santa Dorotea desde 1730.[1]

A bula apostólica do Papa Calixto II de 7 de junho de 1123 renomeia a igreja com o nome de S. Silvestri juxta Portam Septimianam entre as paróquias de S. Maria in Trastevere. A paróquia certamente ainda existia durante o pontificado do Papa Leão X. O título paroquial foi suprimido pelo Papa Bento XIII em 29 de julho de 1727 com a constituição apostólica Redemptoris nostri vicis.[1]

O nome de S. Dorotea aparece pela primeira vez no catálogo espanhol do século XV anônimo "S. Silvestro y Dorothea". O catálogo das igrejas preparado em 1566 tinha S. Dorothea a porta Settignana. A Porta Settimiana foi aberta na Muralha Aureliana por Septímio Severo como parece ter indicado uma inscrição que existia no local antes da reconstrução do Papa Alexandre VI.[1] Os catálogos anteriores indicam que o nome da igreja era S. Silvestro. A igreja está localizada na Via di Santa Dorotea, 23, Roma.[2]

Titulares protetoresEditar

Referências

  1. a b c The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. Retirado de Parrochia de Santa Dorotea, Vicariatus Urbe, Diocesi di Roma

Ligações externasEditar