Abrir menu principal

Santa Maria dei Miracoli

Disambig grey.svg Nota: Para a igreja de mesmo nome em Veneza, veja Santa Maria dei Miracoli (Veneza).
Igreja de Nossa Senhora dos Milagres
Santa Maria dei Miracoli
Vista da igreja
Estilo dominante Barroco
Arquiteto Carlo Rainaldi
Início da construção 1675
Fim da construção 1681
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Piazza del Popolo
Coordenadas 41° 54' 35" N 12° 28' 36.25" E

Santa Maria dei Miracoli ou Igreja de Nossa Senhora dos Milagres é uma igreja de Roma, Itália, localizada na Piazza del Popolo de frente para o portão norte da Muralha Aureliana na saída da Via del Corso. Ela e Santa Maria in Montesanto são geralmente citadas como "gêmeas" por terem a aparência externa similar, mas há, de fato, algumas diferenças, tanto na planta quanto nos detalhes da decoração.

Olhando a partir da praça, as duas igrejas definem o chamado "Tridente" de ruas partindo da Piazza del Popolo: começando da esquerda, Via del Babuino, Via del Corso e Via di Ripetta. As duas primeiras estão separadas por Santa Maria in Montesanto e as duas últimas, por Santa Maria dei Miracoli.

A origem das duas igrejas remonta à restauração, no século XVII, da principal porta de entrada de Roma durante a Idade Média e o Renascimento a partir da Via Flamínia (conhecida como Via Lata e Via del Corso no trecho urbano). O papa Alexandre VII encomendou o projeto monumental para a entrada da Via del Corso ao arquiteto Carlo Rainaldi e ele incluía duas igrejas de planta central idênticas. Porém, as áreas disponíveis para cada uma delas era distinto e forçou algumas importantes mudanças em cada uma delas. Assim como sua gêmea, Santa Maria dei Miracoli foi financiada pelo cardeal Girolamo Gastaldi, cujo brasão está presente nas duas.

ArquiteturaEditar

Santa Maria dei Miracoli começou a ser construída em 1675 e terminou em 1681. Com um plano circular, ostenta uma elegante torre sineira do século XVIII de Girolamo Theodoli e uma cúpula octogonal. O interior é ricamente decorado em estuque, obra de Antonio Raggi, pupilo de Bernini. Os monumentos aos cardeais Benedetto e Gastaldi foram projetados por Carlo Fontana, que também é autor do projeto da cúpula e lustre. Os bustos em bronze foram completados por Girolamo Lucenti[1].

No altar-mor está a imagem milagrosa da Virgem Maria que emprestou seu nome à igreja. A primeira capela à direita tem um altar dedicado a Nossa Senhora de Bétharram, chamada assim por conta de um pequeno santuário em Bétharram, perto de Lourdes, na França, e local de fundação da Sociedade dos Padres do Sagrado Coração. Lá encontra-se uma reprodução desta Madona feita por Renoir.

GaleriaEditar

Referências

  1. «Santa Maria dei Miracoli» (em inglês). Romecity 

BibliografiaEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Santa Maria dei Miracoli
  • Federico Gizzi, Le chiese barocche di Roma, 1998, Newton Compton, Rome.