Abrir menu principal

Santana do Deserto

município brasileiro do estado de Minas Gerais

Santana do Deserto é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada para 2013 é de 3.997 habitantes.

Município de Santana do Deserto
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 12 de dezembro de 1963
Gentílico santanense
Padroeiro(a) Santa'Ana[1]
CEP 36620-000 a 36629-999[2]
Prefeito(a) Wallace Sebastião Vasconcelos Leite (DEM)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Santana do Deserto
Localização de Santana do Deserto em Minas Gerais
Santana do Deserto está localizado em: Brasil
Santana do Deserto
Localização de Santana do Deserto no Brasil
21° 57' 00" S 43° 09' 57" O21° 57' 00" S 43° 09' 57" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008[3]
Microrregião Juiz de Fora IBGE/2008[3]
Municípios limítrofes Juiz de Fora, Matias Barbosa, Simão Pereira, Chiador, Mar de Espanha, Pequeri e Comendador Levy Gasparian
Distância até a capital 306 km
Características geográficas
Área 182,655 km² [4]
População 3 860 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 21,13 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,744 alto PNUD/2000[6]
PIB R$ 20 081,690 mil IBGE/2010[7]
PIB per capita R$ 6 034,73 IBGE/2010[7]
Página oficial
Prefeitura www.santanadodeserto.mg.gov.br
Câmara santanadodeserto.cam.mg.gov.br

Índice

HistóriaEditar

Santana do Deserto, após ter vivido um período áureo durante o século XIX com a cultura do café, razão das inúmeras e belíssimas sedes de fazendas encontradas no município, atravessou um período de ostracismo econômico. O fim do ciclo do café, em decorrência do desaparecimento da mão de obra escrava e do desgaste do solo, acarretou o abandono das grandes fazendas do Vale do Paraíba.

A partir do final da década de 80, com a abertura da rodovia BR-040, e a facilidade de acesso a partir de centros urbanos importantes, como o Rio de Janeiro e Juiz de Fora, o município volta a ser centro de interesse para o desenvolvimento do turismo rural, local de veraneio e o desenvolvimento de atividade pecuária de elite, notadamente gado Brahman.

Santana do Deserto reúne, hoje, a maior concentração de criadores de gado Brahman na zona de influência do Estado do Rio de Janeiro. Dentre os principais criadores, destaca-se o criatório Brahman Mucugy, além de outros.

GeografiaEditar

DemografiaEditar

HidrografiaEditar

Principais RiosEditar

  • Rio Cagado
  • Ribeirão Zumbi
  • Rio Caguincho

BaciaEditar

RodoviasEditar

AdministraçãoEditar

Poder ExecutivoEditar

  • Prefeito: Wallace Sebastião Vasconcelos Leite
  • Vice-Prefeito: Ricardo Viana de Lima
  • Prefeitos Anteriores:
    • Valdesir Santos Botelho (2013 - 2016)
    • Gilson Geraldo Fraga Granzinoli (2005 - 2012)
    • Marco Antônio Lins Bastos (2001 - 2004)
    • Luiz Carlos Tavares da Silva (1997 - 2000)
    • Marco Antônio Lins Bastos (1993 - 1996)
    • Luiz Carlos Tavares da Silva (1989 - 1992)

Poder LegislativoEditar

  • Alessandro Andrade Pereira
  • Danilo Miguel de Oliveira
  • Fábio Joaquim Lopes Moreira
  • João Carlos Grossi de Oliveira
  • Leonardo dos Santos Henrique
  • Luiz Carlos Florentino de Souza
  • Marcus Vinícius Ferreira Justino
  • Roberta Palhares Rodrigues
  • Valdevino da Silva Mariano

Ver tambémEditar

Referências

  1. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 6. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar