Santiago Solari

futebolista argentino

Santiago Hernán Solari Poggio (Rosário, 7 de outubro de 1976) é um treinador e ex-futebolista argentino que atuava como meio-campista. Atualmente comanda o América do México.

Santiago Solari
Santiago Solari
Solari em 2019
Informações pessoais
Nome completo Santiago Hernán Solari Poggio
Data de nasc. 7 de outubro de 1976 (45 anos)
Local de nasc. Rosário, Argentina
Nacionalidade argentino
espanhol
Altura 1,84 m
canhoto
Informações profissionais
Equipa atual América
Posição ex-meia
Função treinador
Clubes de juventude
1994–1995
1995–1996
Newell's Old Boys
Renato Cesarini
Clubes profissionais
Anos Clubes
1996–1998
1998–2000
2000–2005
2005–2008
2008–2009
2009–2010
2010–2011
River Plate
Atlético de Madrid
Real Madrid
Internazionale
San Lorenzo
Atlante
Peñarol
Seleção nacional
1999–2004 Argentina
Times/Equipas que treinou
2013–2016
2016–2018
2018–2019
2020–
Real Madrid (base)
Real Madrid Castilla
Real Madrid
América
Última atualização: 10 de março de 2019

Carreira como jogadorEditar

Real MadridEditar

Quando jogador, foi um meia-esquerda muito habilidoso e de grande técnica. Foi contratado pelo Real Madrid em 2000, por indicação do ex-volante e ídolo Fernando Redondo, quando o mesmo estava de saída da equipe merengue.

Esteve presente no título da Liga dos Campeões da UEFA de 2001–02, tendo boa atuação na final e participando da jogada que terminou no segundo gol da equipe espanhola. Posteriormente, após as chegadas de Ronaldo e David Beckham, viria a fazer parte do time que ficou conhecido como Galácticos, que já contava com Luís Figo, Zinédine Zidane, Roberto Carlos e outras estrelas.

InternazionaleEditar

Depois de perder espaço na equipe, em 2005 foi contratado pela Internazionale. Em três temporadas no clube italiano, Solari atuou em 71 partidas e marcou sete gols. Deixou a Inter em agosto de 2008, rumo ao San Lorenzo.[1]

Carreira como treinadorEditar

InícioEditar

Iniciou sua carreira como técnico no Real, primeiro comandando as categorias de base e depois o Real Madrid Castilla. Assumiu interinamente a equipe principal do Real Madrid em 29 de outubro de 2018, depois da demissão de Julen Lopetegui.[2] No dia 12 de novembro Solari foi efetivado.[3]

Após resultados ruins na La Liga e eliminações na Copa do Rei e na Liga dos Campeões da UEFA, Solari não resistiu a pressão e foi demitido no dia 11 de março de 2019.[4][5] No total, o argentino comandou o Real em 32 jogos, com 22 vitórias, dois empates e oito derrotas.

América-MEXEditar

Foi anunciado pelo América do México no dia 4 de janeiro de 2021.[6]

EstatísticasEditar

Como treinadorEditar

Atualizadas até 17 de setembro de 2021

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Real Madrid Castilla 86 32 29 25 48.45%
Real Madrid 32 22 2 8 70.83%
América 30 20 5 5 72.22%

TítulosEditar

Como jogadorEditar

River Plate
Real Madrid
Internazionale

Como treinadorEditar

Real Madrid

Referências

  1. «Solari, da Inter, fecha acordo com o San Lorenzo». Trivela. 26 de agosto de 2008. Consultado em 19 de setembro de 2021 
  2. «Lopetegui é demitido do Real Madrid, e Solari assume como interino». GloboEsporte.com. 29 de outubro de 2018. Consultado em 19 de setembro de 2021 
  3. «Solari é confirmado como técnico do Real Madrid para temporada». Terra. 12 de novembro de 2018. Consultado em 19 de setembro de 2021 
  4. «Real Madrid demite Solari e anuncia retorno de Zidane como novo técnico». LANCE!. 11 de março de 2019. Consultado em 19 de setembro de 2021 
  5. Igor Galletti (11 de março de 2019). «Relembre as derrotas que sacramentaram a demissão de Solari». LANCE!. Consultado em 19 de setembro de 2021 
  6. Felipe Lobo (4 de janeiro de 2021). «Santiago Solari terá o desafio de comandar o gigante América do México». Trivela. Consultado em 19 de setembro de 2021 

Ligações externasEditar