Santiago do Cacém

município e cidade de Portugal

Santiago do Cacém é uma cidade no distrito de Setúbal, região do Alentejo e sub-região do Alentejo Litoral, com uma população residente de cerca 6 000 habitantes (2021). O seu nome deriva do Governador Mouro Kassim e da Ordem de Santiago.

Santiago do Cacém

Brasão de Santiago do Cacém Bandeira de Santiago do Cacém

Localização de Santiago do Cacém

Área 1 059,77 km²
População 27 773 hab. (2021[1])
Densidade populacional 26,2  hab./km²
N.º de freguesias 8[2]
Presidente da
câmara municipal
Álvaro Beijinha (PCP-PEV, 2021-2025)
Fundação do município
(ou foral)
1186 (Foral de Dom Dinis)
1512 (Confirmação)
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Alentejo Litoral
Distrito Setúbal
Província Baixo Alentejo
Orago Santiago
Feriado municipal 25 de julho
Código postal 7540-000 a 7540-999
Sítio oficial www.cm-santiagocacem.pt
Município de Portugal

É sede do município de Santiago do Cacém,[3] um dos maiores municípios de Portugal com 1 059,77 km² de área e 27 773 habitantes (2021), subdividido em 8 freguesias.[3] O município é limitado a norte pelo município de Grândola, a nordeste por Ferreira do Alentejo, a leste por Aljustrel, a sul por Ourique e Odemira e a oeste por Sines e tem litoral no oceano Atlântico.

É o único município de todo o Alentejo que contém duas cidades dentro do seu termo, Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André, nele existindo ainda três vilas, Cercal, Alvalade e Ermidas-Sado.

Freguesias editar

 
Freguesias do município de Santiago do Cacém, desde 2013.

As freguesias do município de Santiago de Cacém são as oito seguintes:[3]

Previamente à reforma administrativa de 2013, as freguesias de Santiago do Cacém eram as seguintes:

  1. A cidade de Vila Nova de Santo André que só recentemente tomou a capitalidade da freguesia, não corresponde à antiga aldeia ainda existente (204 habitantes segundo o INE): a povoação original dista 3 quilómetros do austero núcleo urbano criado nos anos 70 num antigo pinhal. A nova urbe que até 1991 não tinha sequer categoria ou existência regulamentada, é uma ilha urbana isolada com características de arredor metropolitano implantada em plena zona rural alentejana, predominantemente constituída por ex-colonos retornados do Ultramar Português que não possuíam raízes na região, na sua maioria trabalhadores qualificados. Foi inicialmente pensada para 100 000 habitantes, criada de raíz para servir de cidade-dormitório ao Complexo Industrial de Sines. A antiga povoação matriz (Santo André) é muitas vezes denominada de Aldeia de Santo André, rectroactiva e informalmente, para evitar uma confusão de nomes.

Cultura editar

 
Castelo de Santiago do Cacém

Arqueologia editar

Museus editar

  • Museu Municipal de Santiago do Cacém [1] [2]
  • Museu do Trabalho Rural de Abela [3]
  • Museu da Farinha, em São Domingos [4]

Instituições editar

Património edificado editar

Evolução da População do Município editar

★ Os Recenseamentos Gerais da população portuguesa, regendo-se pelas orientações do Congresso Internacional de Estatística de Bruxelas de 1853, tiveram lugar a partir de 1864, encontrando-se disponíveis para consulta no site do Instituto Nacional de Estatística (INE).

★★ Os resultados do censo de 1920 foram afetados pela desanexação da freguesia de Sines, que passou a constituir um concelho autónomo (lei nº 167, de 19 de maio de 1914)

Número de habitantes * [7]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
10 951 11 918 13 304 14 588 18 158 19 799 25 878 32 052 36 056 33 579 26 275 29 191 31 475 31 105 29 749 27 772
Número de habitantes por Grupo Etário ** [8][9]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
0–14 Anos 6 501 8 502 7 094 9 441 12 752 11 532 9 080 5 635 6 131 6 205 3 973 3 661 3 414
15–24 Anos 3 348 4 057 3 670 5 771 5 354 6 930 6 128 3 915 4 170 3 973 4 467 2 687 2 295
25–64 Anos 8 157 9 483 8 168 9 896 12 268 15 165 16 241 13 800 14 904 16 585 16 386 16 365 13 986
≥65 Anos 666 955 787 1 025 1 429 1 800 2 130 2 925 3 986 4 712 6 279 7 036 8 077
  • Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram
    • De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente
População do concelho de St. do Cacém
 
 
 
 
 
6854
1801
 
 
 
 
 
8045
1849
 
 
 
 
 
18576
1900
 
 
 
 
 
25878
1930
 
 
 
 
 
33579
1960
 
 
 
 
 
29191
1981
 
 
 
 
 
31475
1991
 
 
 
 
 
31105
2001
 
 
 
 
 
29749
2011
 
 
 
 
 
27773
2021


Meios de Comunicação editar

Jornais editar

Rádios locais editar

- Radiodifusão em FM:

  • Radio M24 (Antiga Antena Miróbriga) — 102.7 mHz (distritos de Setúbal e Beja) [6]

Agremiações culturais e recreativas editar

  • Associação de Radioamadores do Litoral Alentejano [7]
  • Escola de Voo de Santiago do Cacém [8]
  • Rancho Folclórico "Ninho de Uma Aldeia" de S. Bartolomeu da Serra, fundado em 19 de Fevereiro de 1978
  • Cofesmar — Comissão de Festas de Santa Maria, fundada no ano de 2000, organiza de dois em dois anos, as tradicionais Festas de Santa Maria onde as ruas da Vila de Ermidas-Sado são ornamentadas por flores de papel artesanalmente elaboradas pela população. [9] [10]

[11]

Política editar

Eleições autárquicas [10] editar

Data % V % V % V % V % V % V % V % V % V Participação
FEPU/APU/CDU PS PPD/PSD GDUP CDS-PP AD UDP/BE PSD-CDS CH
1976 45,77 4 34,39 3 9,93 - 3,99 - 1,86 -
71,68 / 100,00
1979 54,76 4 18,13 1 AD AD 23,71 2
76,23 / 100,00
1982 54,73 5 19,37 1 12,19 1 9,20 - 1,40 -
73,95 / 100,00
1985 49,86 4 45,34 3 1,69 -
67,71 / 100,00
1989 49,96 4 22,85 2 19,66 1 4,32 -
59,26 / 100,00
1993 50,56 4 23,32 2 18,07 1 4,70 -
65,55 / 100,00
1997 45,02 4 30,80 2 16,47 1 3,00 -
56,25 / 100,00
2001 40,07 3 36,27 3 17,31 1 2,39 -
56,80 / 100,00
2005 42,94 4 29,38 2 17,69 1 1,85 - 4,10 -
58,25 / 100,00
2009 48,98 4 27,97 2 10,92 1 2,86 - 5,99 -
57,32 / 100,00
2013 45,53 4 26,61 2 14,43 1 2,12 - 3,65 -
51,35 / 100,00
2017 45,61 4 27,20 2 CDS-PP PPD/PSD 6,87 - 15,37 1
54,52 / 100,00
2021 43,25 4 27,26 2 5,18 - 15,41 1 5,01 -
51,88 / 100,00

Eleições legislativas editar

Data %
PCP PS PSD CDS UDP APU/

CDU

AD FRS PRD PSN BE PAN PSD
CDS
L CH IL
1976 44,63 31,44 10,49 2,75 1,23
1979 APU 18,68 AD AD 1,66 48,47 24,78
1980 FRS 1,19 46,81 26,80 18,29
1983 26,45 13,38 6,81 0,61 48,06
1985 18,21 15,35 5,98 0,94 41,59 13,19
1987 CDU 17,71 29,83 3,01 0,58 36,46 6,02
1991 26,13 34,19 3,57 26,35 0,77 1,54
1995 43,30 18,90 6,69 0,98 23,29 0,20
1999 43,99 18,92 5,25 24,55 0,25 2,47
2002 40,40 25,15 5,70 20,86 3,52
2005 45,23 15,95 4,89 20,77 7,89
2009 31,15 17,47 7,11 23,11 13,78
2011 25,31 26,55 9,00 22,69 6,57 1,11
2015 32,51 CDS PSD 21,62 12,64 1,06 22,84 0,82
2019 35,16 15,31 2,99 19,16 12,55 2,82 0,95 1,46 0,57
2022[11] 43,55 18,37 1,32 12,19 5,95 1,23 1,04 8,01 3,80

Agremiações desportivas editar

Futebol editar

Andebol, Ginástica, Voleibol, Badmington e Futsal editar

Patinagem Artística editar

Hóquei em Patins editar

Instituições editar

Feriado Municipal editar

Relações Externas editar

A cidade de Santiago do Cacém encontra-se irmanada com:

Personalidades Ilustres editar

Ver também editar

Referências

  1. «Censos 2011» 
  2. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 19/05/2016.
  3. a b c Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  4. «Carta de foral outorgada pelo rei D. Manuel I à vila de Alvalade, em Santarém, a 20 de Setembro de 1510 e publicada na Câmara da mesma vila, em 26 de Setembro de 1515». Consultado em 28 de dezembro de 2007. Arquivado do original em 11 de agosto de 2007 
  5. «Já considerada oficialmente com a categoria de Vila em 1186, Santiago do Cacém recebe a sua primeira Carta de Foral com D. Dinis.». Consultado em 28 de dezembro de 2007. Arquivado do original em 12 de dezembro de 2007 
  6. «Miróbriga - IPPAR». Consultado em 8 de março de 2009. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2008 
  7. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  8. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  9. INE - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_indicadores&indOcorrCod=0011166&contexto=bd&selTab=tab2
  10. «Concelho de Santiago do Cacém : Autárquicas Resultados 2021 : Dossier : Grupo Marktest - Grupo Marktest - Estudos de Mercado, Audiências, Marketing Research, Media». www.marktest.com. Consultado em 28 de dezembro de 2021 
  11. «Eleições Legislativas 2022 - Santiago do Cacém». legislativas2022.mai.gov.pt. Consultado em 31 de dezembro de 2023 
  12. registados a 29.7.2013 no Real Colégio Nobiliárquico

Ligações externas editar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Santiago do Cacém